Partilhar

49 animais domésticos: definição e espécies

49 animais domésticos: definição e espécies

Animais domésticos podem ser animais de estimação, mas nem sempre são. Trata-se de um grupo de animais que ao longo história foram natural e geneticamente selecionados pelo seu convívio com humanos e algumas características comuns. O fato de um animal ser considerado doméstico, não significa que ele esteja apto para viver em uma casa, muito menos em uma gaiola. Neste post do PeritoAnimal explicamos o que são animais domésticos, as 49 espécies que fazem parte dessa categoria no Brasil e outros dados importantes sobre essa categorização.

Animais domésticos

Animais domésticos, na verdade, são animais que foram domesticados pelo ser humano, o que é diferente de domados. São todas aquelas raças e espécies selecionadas ao longo da história que foram natural ou geneticamente adaptadas para conviver com o ser humano. De acordo com estudo publicado pelo Programa Brasileiro de Conservação de Recursos Genéticos Animais [1], muitas das raças de animais domésticos no Brasil se desenvolveram a partir de espécies e raças que foram trazidas pelos invasores colonizadores portugueses e após um processo de seleção natural foram aperfeiçoando características adaptadas ao ambiente.

O IBAMA [2] considera como fauna doméstica:

Todos aqueles animais que através de processos tradicionais e sistematizados de manejo e/ou melhoramento zootécnico tornaram-se domésticas, apresentando características biológicas e comportamentais em estreita dependência do homem, podendo apresentar fenótipo variável, diferente da espécie silvestre que os originou.

Não existe uma escala de evolução exata de todos os animais domésticos já que esse processo teve início muitos anos antes das civilizações antigas. De acordo artigo publicado na revista científica Nature [3], os lobos são os antepassados dos cachorros e foram domesticados há pelo menos 33 mil anos, provavelmente ocupando o cargo de primeiro animal domesticado pelo ser humano, sucedido pelos animais de granja, segundo a reportagem publicada na National Geographic [4].

Já os gatos, por sua vez, também eram domesticados há milhares de anos, no período Neolítico, muito antes que o ser humano forçasse cruzamentos de raças para otimização de certas características. De acordo com artigo publicado na revista científica Nature [5], as evidências apontam que o seu cruzamento 'doméstico' intencional tenha começado apenas na Idade Média.

Os animais domésticos podem ser classificados em três sub-categorias:

Tipos de animais domésticos

  • Animais de estimação (ou animais de companhia);
  • Animai de fazenda e gado;
  • Animais de carga ou animais trabalhadores.

Ainda que não seja uma regra, existem características comuns que são encontradas em muitos animais domésticos:

  • Crescem rápido e têm um ciclo de vida relativamente curto;
  • Se reproduzem naturalmente em cativeiro;
  • São resistentes e têm alta capacidade de adaptação.

Animais domésticos e selvagens

Um animal selvagem pode até ser domado, mas não pode ser domesticado. Ou seja, seu comportamento pode até se adaptar às condições locais, mas ele não se torna um animal domesticado e nem é geneticamente disposto a isso.

Animais selvagens

Os animais selvagens, mesmo que sejam originários do país em que residimos, nunca devem ser tratados como animais de estimação. É ilegal manter animais selvagens como animais de estimação. Não é possível domesticá-los. A domesticação de uma espécie leva séculos e não é um processo que pode ser alcançado durante a vida de uma única amostra. Além do fato que assim iríamos contra a etologia das espécies e promoveríamos a caça furtiva e a privação de sua liberdade.

No Brasil e mundo afora, algumas espécies que podem ser encontradas como animais de estimação e que não deveriam ser são algumas espécies de tartarugas, sardões, ouriços-terrestres, dentre outros.

Acordo CITES

O tráfico ilegal de seres vivos que ocorre entre diferentes países do mundo é uma realidade. Animais e plantas são extraídos de seus habitats naturais, causando um desequilíbrio no ecossistema, na economia e na sociedade. Para combater o tráfico desses animais e plantas, o acordo da CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Flora e da Fauna Selvagens em Perigo de Extinção) nasceu na década de 1960 e visa proteger espécies ameaçadas ou em perigo devido, entre outras razões, ao tráfego ilegal. Ela abrange cerca de 5.800 espécies de animais e aproximadamente 30.000 espécies de plantas.

Animais exóticos

O tráfico e a posse de animais exóticos, ilegais na grande maioria dos casos, além de causar danos irreparáveis aos animais, podem causar sérios problemas de saúde pública, pois podem ser portadores de doenças endêmicas de seus locais de origem. Muitos dos animais exóticos que podemos comprar vêm do tráfego ilegal, já que essas espécies não se reproduzem em cativeiro.

Durante a captura e transferência, mais de 90% dos animais morrem. Como se isso não bastasse, se o animal sobreviver até chegar a nossa casa, ele ainda pode escapar e se estabelecer como uma espécie invasora, eliminando espécies nativas e destruindo o equilíbrio do ecossistema.

De acordo com o IBAMA[2], a fauna silvestre exótica:

são todos aqueles animais pertencentes às espécies ou subespécies cuja distribuição geográfica não inclui o Território Brasileiro e as espécies ou subespécies introduzidas pelo homem, inclusive domésticas em estado asselvajado ou alçado. Também são consideradas exóticas as espécies ou subespécies que tenham sido introduzidas fora das fronteiras brasileiras e suas águas jurisdicionais e que tenham entrado em Território Brasileiro

Perigosos como animais de estimação

Além da posse proibida, existem certos animais que são muito perigosos para as pessoas, devido ao tamanho que atingem ou à sua agressividade. Entre eles, podemos encontrar o quati e a iguana.

Lista de animais domésticos

A listagem de animais domésticos (fauna considerada doméstica para fins de operacionalização) do IBAMA é a seguinte:

  • Abelhas (Apis mellifera);
  • Alpaca (Lama pacos);
  • Bicho-da-seda (Bombyx sp);
  • Búfalo (Bubalus bubalis);
  • Cabra (Capra hircus);
  • Cachorro (Canis familiaris);
  • Calopsita (Nymphicus hollandicus);
  • Camelo (Camelus bactrianus);
  • Camundongo (Mus musculus);
  • Canário-do-reino ou canário-belga (Serinus canarius);
  • Cavalo (Equus caballus);
  • Chinchila (Chinchilla lanigera *somente se reproduzidas em cativeiro);
  • Cisne-negro (Cygnus atratus);
  • Cobaia ou porquinhoda-India (Cavia porcellus);
  • Codorna-chinesa (Coturnix coturnix);
  • Coelho (Oryctolagus cuniculus);
  • Diamante-de-gould (Chloebiagouldiae);
  • Diamante-mandarim (Taeniopygia guttata);
  • Dromedário (Camelus dromedarius);
  • Escargot (Helix sp);
  • Faisão-de-coleira (Phasianus colchicus);
  • Gado bovino (Bos taurus);
  • Gado zebuino (Bos indicus);
  • Galinha (Galus domesticus);
  • Galinha-d'angola (Numida meleagris *reproduzidas em cativeiro);
  • Ganso (Anser sp.);
  • Ganso-canadense (Branta canadensis);
  • Ganso-do-nilo (Alopochen aegypticus);
  • Gato (Felis catus);
  • Hamster (Cricetus cricetus);
  • Jumento (Equus asinus);
  • Lhama (Lama glama);
  • Manon (Lonchura striata);
  • Marreco (Anas sp);
  • Minhoca;
  • Ovelha (Ovis aries);
  • Pato-carolina (Aix sponsa);
  • Pato-mandarim (Aix galericulata);
  • Pavão (Pavo cristatus);
  • Perdiz-chucar (Alectoris chukar);
  • Periquito-australiano (Melopsittacus undulatus);
  • Peru (Meleagris gallopavo);
  • Phaeton (Neochmia phaeton);
  • Pomba-diamante (Geopelia cuneta);
  • Pombo-doméstico (Columba livia);
  • Porco (Sus scrofa);
  • Ratazana (Rattus norvegicus):
  • Rato (Rattus rattus)
  • Tadorna (Tadorna sp).
49 animais domésticos: definição e espécies - Lista de animais domésticos

Pássaros domésticos

Apesar da lista acima de animais domésticos sugerir espécies de aves como ganso, peru ou pavão, nem todas elas são ideais para se ter em uma casa convencional, a menos que você more em sítio ou fazenda. Aliás, para quem acredita que o lugar dos pássaros é na natureza, e não em uma gaiola, nenhuma espécie é ideal.

O PeritoAnimal tem um post sobre 6 espécies de pássaros domésticos para ter em casa e sugerimos que você dê uma olhada. Ao contrário do que muita gente pensa, arara, maritaca, tucano e outras espécies que não estão na lista não são pássaros domésticos e sua posse ilegal é considerada crime ambiental.[6]

De acordo com a lista apresentada anteriormente, os pássaros domésticos são:

  • Calopsita (Nymphicus hollandicus);
  • Canário-do-reino ou canário-belga (Serinus canarius);
  • Cisne-negro (Cygnus atratus);
  • Codorna-chinesa (Coturnix coturnix);
  • Diamante-de-gould (Chloebiagouldiae);
  • Diamante-mandarim (Taeniopygia guttata);
  • Faisão-de-coleira (Phasianus colchicus);
  • Galinha (Galus domesticus);
  • Galinha-d'angola (Numida meleagris *reproduzidas em cativeiro);
  • Ganso (Anser sp.);
  • Ganso-canadense (Branta canadensis);
  • Ganso-do-nilo (Alopochen aegypticus);
  • Manon (Lonchura striata);
  • Marreco (Anas sp);
  • Pato-carolina (Aix sponsa);
  • Pato-mandarim (Aix galericulata);
  • Pavão (Pavo cristatus);
  • Perdiz-chucar (Alectoris chukar);
  • Periquito-australiano (Melopsittacus undulatus);
  • Peru (Meleagris gallopavo);
  • Phaeton (Neochmia phaeton);
  • Pomba-diamante (Geopelia cuneta);
  • Pombo-doméstico (Columba livia);
  • Tadorna (Tadorna sp).
49 animais domésticos: definição e espécies - Pássaros domésticos

Roedores domésticos

O mesmo vale para os roedores, muitos fazem parte da lista, mas isso não quer dizer que sejam aconselhados como animais de estimação. De acordo com o IBAMA, a fauna considerada doméstica no Brasil é a seguinte:

  • Camundongo (Mus musculus)
  • Chinchila (Chinchilla lanigera *somente se reproduzidas em cativeiro);
  • Cobaia ou porquinhoda-India (Cavia porcellus);
  • Hamster (Cricetus cricetus);
  • Ratazana (Rattus norvegicus):
  • Rato (Rattus rattus).

Vale lembrar que os coelhos (Oryctolagus cuniculus) também são animais domésticos porém, taxonomicamente, não são considerados roedores, ao contrário do que muita gente pensa. Os coelhos são lagomorfos que têm hábitos de roedores. Para saber mais, sugerimos a leitura do artigo que explica 15 curiosidades sobre os coelhos.

Se deseja ler mais artigos parecidos a 49 animais domésticos: definição e espécies, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. ALBUQUERQUE, M. S. M.; EGITO, A. A.; MARIANTE, A. S. Programa brasileiro de conservação de recursos genéticos animais. Archivos de zootecnia, v. 51, n. 193, p. 7, 2002. Disponível em: <https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=279936/>. Acesso em 10 de março de 2020.
  2. IBAMA. PORTARIA Nº 93 ,DE 07 DE JULHO 1998. Disponível em: <http://www.institutohorus.org.br/download/marcos_legais/Portaria%20IBAMA%2093%20-%201998%20animais%20domesticos.pdf/>. Acesso em 10 de março de 2020.
  3. CALLAWAY, Ewen. Dog's dinner was key to domestication. Nature News. Disponível em: <https://www.nature.com/news/dog-s-dinner-was-key-to-domestication-1.12280/>. Acesso em 10 de março de 2020.
  4. DALY, Matasha. National Geographic. Domesticated animals, explained. Disponível em: <https://www.nationalgeographic.com/animals/reference/domesticated-animals/>. Acesso em 10 de março de 2020.
  5. OTTONI, Claudio et al. The palaeogenetics of cat dispersal in the ancient world. Nature Ecology & Evolution, v. 1, n. 7, p. 1-7, 2017. Disponível em: <https://www.nature.com/articles/s41559-017-0139.epdf?referrer_access_token=FPSFiDYZ16mwk8A9TCee89RgN0jAjWel9jnR3ZoTv0P1-hlCK4xw03Oq1bTQkuMRxu0CVri32-8BYKho-FYR13zfxre5GLJcd4_0LmLN4VEXjB6NSx3DrZ2P--bES4XzdX8f6vgAk7S5GxG11GPRIW5F1R-kzl0blu7b5vt-r5GEN4XUgzKHwP_y9r0JtvwWoOZkxPkuaHHrPvaxFv7Mhg%3D%3D&tracking_referrer=www.nationalgeographic.com/>. Acesso em 10 de março de 2020.
  6. LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998. Lei de Crimes Ambientais. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9605.htm/>. Acesso em 10 de março de 2020.

Vídeos relacionados com 49 animais domésticos: definição e espécies

1 de 3
Vídeos relacionados com 49 animais domésticos: definição e espécies

Escrever comentário sobre 49 animais domésticos: definição e espécies

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Nazareno N Felix
As aves conhecidas como codorna-comum (https://pt.wikipedia.org/wiki/Codorniz-comum) e burguesa (https://pt.wikipedia.org/wiki/Rola-turca) são consideradas domésticas e podem ser criadas em casa sem necessidade de autorização do IBAMA?
Sds.,
Nazareno Félix

49 animais domésticos: definição e espécies
1 de 3
49 animais domésticos: definição e espécies

Voltar ao topo da página