Partilhar

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer

 
Por Liliana Ramos, Jornalista especializada em mundo animal. Atualizado: 1 fevereiro 2018
15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer

Ver fichas de  Cachorros

O vínculo entre o homem o cachorro durante toda a história da humanidade mostra que os cães são, sem qualquer dúvida, os melhores amigos do homem. Geralmente, pensamos que retribuímos toda a entrega e dedicação que o cachorros nos oferece. Contudo, será que isso é verdade ou tem algo que não estamos vendo?

Continue lendo este artigo do PeritoAnimal e descubra 15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer nunca. Se você cumpre todos os pontos dessa lista, fique sabendo que é um tutor exemplar!

Também lhe pode interessar: Coisas que deve saber sobre os cachorros

1. Ofereça todo o seu afeto ao dog

Entregar todo o seu amor fará com que o cachorro retribua ainda com mais força. Além disso, se você se esforçar para criar um bom vínculo, conseguirá respostas melhores no adestramento e na confiança do cachorro, além de ganhar um amigo para toda a vida.

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 1. Ofereça todo o seu afeto ao dog

2. Eduque o cachorro para que ele saiba como conviver

É importante socializar o cachorro, ensinando os comandos básicos de obediência e qualquer coisa que seja útil para promover uma boa convivência com outras pessoas e outros animais. Assim, você pode deixar o cachorro em casa de um amigo por alguns dias ou garantir que ele corre para você quando você chamar o nome dele. Confira esse artigo para saber mais sobre a socialização do cachorro.

3. Não esqueça que ele precisa de você

Passear, brincar no parque ou encher o cachorro de beijos podem ser coisas pouco importantes para você. Contudo, para o seu cachorro cada um desses detalhes é um mundo!

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 3. Não esqueça que ele precisa de você

4. Tenha paciência ao ensinar

A maioria dos cachorros necessita entre 15 e 30 repetições para conseguir associar um comando. Contudo, alguns podem demorar mais ou menos tempo. Não se preocupe, ele vai acabar por aprender o comando, apenas necessita de tempo. Seja paciente!

5. Seja digno do amor dele

Não faz qualquer sentido bater ou intimidar o cachorro para que ele siga as suas orientações. Se você for consistente, reforçará o bom comportamento dele e ele entenderá o que você está tentando ensinar.

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 5. Seja digno do amor dele

6. Ajude o cachorro a superar obstáculos

O medo, a agressividade e a hiperatividade são problemas que podem ser trabalhados com um profissional como um etólogo ou um educador canino. Nunca é tarde para tratar os problemas de comportamento do seu cachorro ou qualquer outra dificuldade que possa surgir.

7. Cuide da sua saúde

Consultar o veterinário a cada 6 ou 12 meses, seguir o calendário de vacinação e fazer desparasitações internas e externas regularmente são rotinas que ajudam a detectar e a prevenir problemas de saúde. Não ignore estas medidas!

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 7. Cuide da sua saúde

8. Recorde que ele não faz nada para te incomodar

Sabemos que não é agradável encontrar o sofá mordiscado, cocô na entrada, pelos na almofada ou lixo por toda a casa, mas você deve saber que nunca é intenção dele incomodar o tutor. Os filhotes, os cachorros estressados ou os cachorros idosos podem fazer estas traquinices de vez em quando, mas você deve ser um amigo paciente.

9. Aprenda coisas sobre ele

Quem diz que não podemos comunicar com os cachorros? Aprender a linguagem canina ajuda a saber o que o seu melhor amigo está tentando expressar em cada momento. Se ele se está lambendo, bocejando ou afastando a cabeça, por exemplo, pode ser interpretado como "chega" ou "me deixe em paz". Saiba mais no artigo Linguagem do cachorro e os sinais de calma - guia completo.

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 9. Aprenda coisas sobre ele

10. Fique preocupado quando ele se mostra diferente

Se o seu cachorro não corre para você quando você sacode um saco de plástico, toca na coleira dele por acidente ou tropeça no brinquedo favorito dele, algo não está bem. Observe o cachorro durante algum tempo pois ele pode estar mal ou ter medo de algo.

11. Deixe o cachorro ser ele próprio

Uma das 5 liberdades de bem-estar animal diz que o cachorro deve ser livre para se expressar. Você deixa que ele se relacione com outros cachorros quando quer? Você obriga o cachorro a brincar com crianças quando ele não quer? Deixe o seu cachorro se expressar como ele deseja para descobrir a verdadeira personalidade dele!

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 11. Deixe o cachorro ser ele próprio

12. Estímulo físico e mental

Para exercitar o cachorro e fazer com que ele fique cansado, você não necessita de uma hora de bolinha no parque. É muito mais benéfico dar um passeio de qualidade, tão longo quanto possível, que permita que o cachorro use o olfato e que ele esteja solto por 5 minutos sem trela. Ao mesmo tempo, você estará estimulando o cérebro dele com exercícios de inteligência para que ele aprenda e ganhe confiança nele mesmo.

13. Compartilhe a sua vida com ele

Existem mil e uma formas de desfrutar da companhia do seu cachorro. Porque você não leva o cachorro com você nas suas férias ou a brincar com os seus amigos no parque? Viva todos os dias com o cachorro intensamente e não deixe de acumular memórias, fotografias e bons momentos.

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 13. Compartilhe a sua vida com ele

14. Procure um lugar cômodo

Qualquer cachorro deve poder desfrutar de um lugar cômodo para dormir, um teto sob o qual ele se possa refugiar e calor no inverno, especialmente se ele for filhote, idoso ou doente. Alguns cachorros, como o galgo ou o boxer, podem até desenvolver calos quando passam demasiado tempo em locais duros.

15. Acompanhe o cachorro nos piores momentos

O seu dog necessita de você, especialmente quando algo não está bem. Demonstre que sofrer de uma doença ou condição não é um obstáculo, assim como envelhecer ou ter algum dos sentidos afetados. Ele se sentirá amado!

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer - 15. Acompanhe o cachorro nos piores momentos

Se deseja ler mais artigos parecidos a 15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre 15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer
1 de 9
15 coisas que os tutores de cachorros não devem esquecer

Voltar ao topo da página