Partilhar

Tipos de felinos - Características e exemplos

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 13 agosto 2020
Tipos de felinos - Características e exemplos

Geralmente, conhecemos como felinos os integrantes da família dos felídeos (Felidae). Esses animais tão chamativos podem ser encontrados em todo o mundo, exceto nas regiões polares e no sudoeste da Oceania. Obviamente isso só é verdade se excluirmos o gato doméstico (Felis catus), que foi distribuído por todo o mundo com a ajuda do ser humano.

A família dos felídeos inclui 14 gêneros e 41 espécies descritas. Você quer conhecê-las? Nesse caso, não perca este artigo de PeritoAnimal sobre os diferentes tipos de felinos, suas características e alguns exemplos.

Características dos felinos

Todos os tipos de felinos ou felídeos possuem uma série de características em comum que permite agrupá-los. Essas são algumas delas:

  • Mamíferos placentários: possuem o corpo coberto por pelos, dão à luz aos seus filhotes já formados e os alimentam com o leite que secretam por suas mamas.
  • Carnívoros: dentro dos mamíferos, os felinos pertencem à ordem Carnivora. Como o restante dos integrantes dessa ordem, os felinos se alimentam de outros animais.
  • Corpo estilizado: todos os felinos possuem uma forma corporal muito similar que lhes permite correr a grande velocidade. Apresentam uma musculatura potente e uma cauda que lhes proporciona um grande equilíbrio. Em sua cabeça se destaca seu focinho curto e suas presas afiadas.
  • Garras grandes: possuem unhas fortes e alongadas que ficam dentro de uma bainha. Eles as tiram apenas quando as utilizam.
  • Tamanho muito variável: os diferentes tipos de felinos podem pesar desde 1 kg, no caso do gato ferrugem (Prionailurus rubiginosus), até 300 kg, no caso do tigre (Panthera tigris).
  • Predadores: todos esses animais são muito bons caçadores. Capturam suas presas através da espreita ou perseguindo-as.
Tipos de felinos - Características e exemplos - Características dos felinos

Classes de felinos

Atualmente, existem apenas duas subfamílias de felídeos:

  • Felinos verdadeiros (subfamília Felinae): inclui as espécies de porte pequeno e médio que não podem rugir.
  • Panterinos (subfamília Pantherinae): inclui os grandes felinos. A estrutura de suas cordas vocais lhes permite emitir rugidos.

Ao longo deste artigo, repassamos todos os tipos de felinos encontrados em cada um desses grupos.

Tipos de felinos verdadeiros

Os integrantes da subfamília Felinidae são conhecidos como felinos verdadeiros. Trata-se de 34 espécies de porte pequeno ou médio. Sua principal diferença com os felinos panteras está na sua fonação. Suas cordas vocais são mais simples que as das panteras, por isso não podem emitir verdadeiros rugidos. No entanto, podem ronronar.

Dentro deste grupo podemos encontrar diferentes tipos de felinos ou linhagens. Seu agrupamento é baseado em seu parentesco genético. São os seguintes:

  • Gatos
  • Gatos leopardo
  • Puma e parentes
  • Gatos indo-malaios
  • Linces
  • Leopardos ou gato do mato
  • Caracal e parentes

Gatos (Felis spp.)

Os gatos formam o gênero Felis, que inclui algumas das menores espécies de todos os tipos de felinos. Por este motivo, se alimentam de animais de tamanho reduzido, como roedores, aves, répteis e anfíbios. Também tendem a comer insetos de tamanho grande, como os gafanhotos.

Todos os tipos de gatos selvagens caracterizam-se por caçar à espreita e de noite, graças a uma visão noturna muito desenvolvida. São distribuídos pela Eurásia e África, com exceção do gato doméstico (Felis catus), um felino que foi selecionado pelo ser humano a partir do gato silvestre africano (F. lybica). Desde então, tem acompanhado nossa espécie durante as viagens ao longo de todos os continentes e ilhas.

O gênero Felis é formado por 6 espécies:

  • Gato da selva ou lince do pântano (F. chaus)
  • Gato bravo de patas pretas (F. nigripes)
  • Gato do deserto ou do Saara (F. margarita)
  • Gato chinês do deserto (F. bieti)
  • Gato montês europeu (F. sylvestris)
  • Gato silvestre africano (F. lybica)
  • Gato doméstico (F. catus)
Tipos de felinos - Características e exemplos - Tipos de felinos verdadeiros

Gatos leopardo

Os gatos leopardos são as espécies do gênero Prionailurus, com exceção do gato Manul (Otocolobus manul). Todos estão distribuídos pelo sudeste asiático e o arquipélago malaio.

Esses gatos também são de costumes noturnos, embora tenham um tamanho e comportamento muito variados. Entre eles encontra-se o menor tipo de felino do mundo, conhecido como gato ferrugem (P. rubiginosus). Mede apenas 40 centímetros. Também se destaca o gato pescador (P. viverrinus), o único felino que baseia sua dieta no consumo de peixes.

No grupo dos gatos leopardos podemos encontrar as seguintes espécies:

  • Gato manul ou de Pallas (Otocolobus manul)
  • Gato ferrugem ou ferrugem pintado (Prionailurus rubiginosus)
  • Gato de cabeça chata (P. planiceps)
  • Gato pescador (P. viverrinus)
  • Gato leopardo (P. bengalensis)
  • Gato leopardo Sunda (P. javanensis)

Puma e parentes

Neste grupo encontram-se 3 espécies que, apesar das aparências, estão muito relacionadas geneticamente:

  • Guepardo (Acinonyx jubatus)
  • Gato mourisco ou jaguarundi (Herpailurus yagouaroundi)
  • Puma ou onça-parda (Puma concolor)

Essas três espécies são alguns dos maiores tipos de felinos. São predadores muito ágeis de hábitos diurnos. O guepardo prefere os ambientes áridos e secos, onde espera suas presas, muito perto das fontes de água. O puma, no entanto, é mais comum nas montanhas altas.

Se esses tipos de felinos se destacam por algo, é pela velocidade que podem alcançar, graças ao seu corpo alongado e estilizado. O animal mais rápido do mundo é o guepardo, que ultrapassa facilmente os 100 km/h. Isso lhes permite caçar suas presas por meio da perseguição.

Gatos indo-malaios

Esses gatos são um dos tipos de felinos mais desconhecidos devido a sua escassez. Habitam a região indo-malaia do sudeste asiático e são caracterizados pela sua singular beleza e suas cores douradas. Seus padrões de cores lhes permitem se camuflar com a folhagem do solo e a casca das árvores.

Neste grupo encontramos 3 espécies ou tipos de felinos:

  • Gato marmorado (Pardofelis marmorata)
  • Gato vermelho de Bornéu (Catopuma badia)
  • Gato dourado asiático (C. temminckii)

Linces

Os linces (Lynx spp.) são felídeos de porte médio com manchas de cor preta no corpo. Caracterizam-se, principalmente, por ter a cauda curta. Além disso, apresentam orelhas grandes e pontiagudas, terminando em um penacho de cor preta. Isso lhes dá uma ótima audição que utilizam para detectar suas presas. Alimentam-se principalmente de mamíferos de porte médio, como os coelhos ou lagomorfos.

Neste tipo de felinos estão incluídas 4 espécies:

  • Lince vermelho americano (L. rufus)
  • Lince do Canadá (L. canadensis)
  • Lince euroasiático (L. lynx)
  • Lince ibérico (L. pardinus)

Leopardos ou gatos do mato

Comumente, conhecemos como gatos do mato os felinos do gênero Leopardus. Estão distribuídos pela América do Sul e Central, exceto a jaguatirica, que tem populações no sul da América do Norte.

Esses tipos de felinos são caracterizados por terem manchas escuras sobre um fundo marrom amarelado. Seu porte é médio e se alimentam de animais, como os gambás e pequenos macacos.

Neste grupo podemos encontrar as seguintes espécies:

  • Gato andino o gato das montanhas dos andes (L. jacobita)
  • Ocelote ou jaguatirica (L. pardalis)
  • Gato maracajá ou maracajá (L. wiedii)
  • Gato palheiro ou dos Pampas (L. colocolo)
  • Gato tigre do sul (L. guttulus)
  • Gato tigre do norte (L. tigrinus)
  • Gato do mato (L. geoffroyi)
  • Gato chileno (L. guigna)

Caracal e parentes

Neste grupo de felinos estão incluídas 3 espécies relacionadas geneticamente:

  • Serval (Leptailurus serval)
  • Gato dourado africano (Caracal aurata)
  • Caracal (C. caracal)

Todos esses tipos de felinos vivem na África, exceto o caracal, que também é encontrado no sudoeste da Ásia. Este e o serval preferem as áreas áridas e semidesérticas, enquanto que o gato dourado africano habita florestas bem fechadas. Todos são conhecidos por serem predadores furtivos de animais de porte médio, especialmente aves e grandes roedores.

Tipos de felinos panterinos

As panteras são as integrantes da subfamília Pantherinae. Esses animais carnívoros diferem do restante dos tipos de felinos que existem por apresentar cordas vocais longas, grossas e fortes. Sua estrutura lhes permite emitir verdadeiros rugidos. Embora seja sua principal característica, algumas das espécies que veremos não podem rugir.

Essa subfamília de felinos é menos diversa que a anterior, pois a maior parte de suas espécies está extinta. Atualmente, podemos encontrar apenas duas linhagens:

  • Panteras
  • Felinos grandes

Panteras

Embora sejam conhecidos comumente como panteras, esses animais não pertencem ao gênero Panthera, mas ao Neofelis. Como muitos dos felinos que vimos, as panteras vivem no sul da Ásia e nas ilhas indo-malaias.

Esse tipo de felinos pode alcançar um porte bem grande, embora não tão grande como seus parente mais próximos. São fundamentalmente arbóreos. Sobem em árvores para caçar primatas ou saltam das árvores para capturar animais terrestres de médio porte.

O gênero Neofelis inclui 2 espécies conhecidas:

  • Pantera nebulosa (N. nebulosa)
  • Pantera nebulosa de Bornéu (N. diardi)
Tipos de felinos - Características e exemplos - Tipos de felinos panterinos
Imagem: pantera nebulosa

Grandes felinos

Os integrantes do gênero Panthera são os maiores tipos de felinos do mundo. Seus corpos robustos, dentes afiados e garras potentes permitem que se alimentem de animais de grande porte, como os cervos, os porcos selvagens e até os crocodilos. As lutas entre estes últimos e o tigre (P. tigris), que é o maior felino do mundo e pode atingir 300 quilos, são muito famosas.

Quase todos os grandes felinos vivem na África e no sul da Ásia, onde habitam a savana ou a selva. A única exceção é a onça-pintada (P. onca): o maior felino da América. Todos são muito conhecidos, exceto o leopardo das neves (P. uncia) que vive nas áreas montanhosas mais remotas da Ásia Central. Isso se deve à sua particular cor branca, que serve para se camuflar na neve.

Dentro do gênero Panthera podemos encontrar 5 espécies:

  • Tigre (Panthera tigris)
  • Onça ou leopardo das neves (Panthera uncia)
  • Onça-pintada (P. onca)
  • Leão (P. leo).
  • Leopardo ou pantera (P. pardus)

Felinos extintos

Parece que atualmente existem muitos tipos de felinos, no entanto, no passado existiram muito mais espécies. Nesta seção, contaremos um pouco mais sobre as espécies de felinos extintas.

Tigres dentes de sabre

Os tigres dentes de sabre são os mais conhecidos de todos os felinos extintos. Apesar do seu nome, esses animais não são parentes dos tigres atuais. De fato, constituem seu próprio grupo: a subfamília Machairodontinae. Todos eles eram caracterizados por terem dentes muito grandes que saiam de suas bocas.

Os dentes de sabre eram distribuídos por quase todo o globo. As últimas espécies foram extintas no final do Pleistoceno, apenas cerca de 10.000 anos. Como os felinos atuais, esses animais tinham tamanhos muito variáveis, embora algumas espécies pudessem ter alcançado 400 kg. É o caso do Smilodon populator, um dente de sabre sul-americano.

Outros exemplos de felinos machairodontinae são:

  • Machairodus aphanistus
  • Megantereon cultridens
  • Homotherium latidens
  • Smilodon fatalis

Outros felinos extintos

Além dos machairodontinae, existiram muitos outros tipos de felinos que foram extintos. Esses são alguns deles:

  • Gato de cara curta (Pratifelis martini)
  • Gato de Martellis (Felis lunensis)
  • Jaguar europeu (Panthera gombaszoegensis)
  • Guepardo americano (Miracinonyx trumani)
  • Guepardo gigante (Acinonyx pardinensis)
  • Pantera de Owen (Puma pardoides)
  • Leão da toscana (Panthera toscana)
  • Tigre Longdan (Panthera. zdanskyi)

Muitas subespécies ou variedades dos felídeos que existem atualmente também estão extintos. É o caso do leão americano (Panthera leo atrox) ou o tigre de Java (Panthera tigris sondaica). Alguns deles foram extintos nas últimas décadas como consequência da perda de seu habitat e da caça discriminada pelo ser humano. Por causa disso, muitas subespécies e espécies atuais também estão em perigo.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tipos de felinos - Características e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Kitchener, A. C. et al. (2017). A revised taxonomy of the Felidae: The final report of the Cat Classification Task Force of the IUCN Cat Specialist Group. Cat News.
  • Christiansen, P., & Harris, J. M. (2005). Body size of Smilodon (Mammalia: Felidae). Journal of Morphology, 266(3), 369-384.
  • Paijmans, J. L. et al. (2017). Evolutionary history of saber-toothed cats based on ancient mitogenomics. Current Biology, 27(21), 3330-3336.
  • Hunt Jr, R. M. (1998). Evolution of the aeluroid Carnivora. Diversity of the earliest aeluroids from Eurasia (Quercy, Hsanda-Gol) and the origin of felids. American Museum novitates; no. 3252.

Escrever comentário sobre Tipos de felinos - Características e exemplos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de felinos - Características e exemplos
Imagem: pantera nebulosa
1 de 11
Tipos de felinos - Características e exemplos

Voltar ao topo da página