Partilhar

Socializar um cão adulto

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 15 julho 2016
Socializar um cão adulto

Ver fichas de  Cachorros

Socializar um cão adulto é um processo muito mais complicado do que socializar um filhote. Antes de começar é fundamental que se informe adequadamente e sempre com um profissional pois muitos casos precisam de um atenção especializada.

É importante saber que socializar um cão adulto apenas porque é agressivo, para se relacionar com um filhote, gato ou bebê não é a melhor opção. Um cão adulto deve se socializar de forma genérica com tudo aquilo que o rodeia, o meio, pessoas, pets e objetos.

Continue lendo este artigo do PeritoAnimal e saiba como deve socializar um cão adulto.

Também lhe pode interessar: Socializar um gato adulto

Cada caso de socialização é único

Na internet encontrará uma infinidade de tutoriais e páginas de informação repletas de conselhos mais ou menos eficientes para socializar um cachorro, mas a verdade é que cada caso é único e cada cão reage de uma forma diferente. Por este motivo podemos afirmar que nem todos os conselhos que encontrar são válidos para o seu cachorro.

Os cachorros devem se socializar quando são filhotes, uma vez que nesta etapa da sua vida não têm ainda uma personalidade definida e não têm medos nem lembranças que os façam recusar ou aceitar certas situações.

Entendemos como socialização o processo no qual o cachorro se relaciona como o meio que o rodeia (que pode ser muito diverso). Para que o processo esteja completo deve aceitar e relacionar positivamente:

  • cidade
  • campo
  • floresta
  • cachorros
  • ônibus
  • adultos
  • barulho
  • crianças
  • adultos
  • idosos
  • jovens
  • cachorros
  • gatos
  • brinquedos
  • etc
Socializar um cão adulto - Cada caso de socialização é único

Analisar a situação em particular

A socialização de um cachorro adulto costuma ser mais difícil uma vez que o cão adulto tem lembranças que o fazem reagir de certa forma. Por isso, é fundamental que analise os aspetos que deve trabalhar com ele antes de começar:

  • Pets
  • Pessoas
  • Meio

Uma vez analisado o problema em particular, devemos nos perguntar porque o nosso cachorro age dessa forma, seja agressividade ou timidez. Se o cachorro for adotado é provável que nunca chegue a descobrir o fator que desencadeou esse comportamento.

Para tratar o problema deve elaborar uma lista com todos os comportamentos que lhe inquietam e que provocam estresse no cachorro. É fundamental conhecer o seu pet e observar o que faz para resolver isso.

Socializar um cão adulto - Analisar a situação em particular

O especialista, a verdadeira fórmula do êxito

Depois de fazer a lista, deve consultar um etólogo ou educador canino pois são as únicas pessoas que podem resolver esta situação.

Estas pessoas têm conhecimentos avançados e formação real no comportamento dos cachorros e, é por esta ração que o que nós podemos interpretar como agressividade seja talvez medo ou ansiedade, depende de cada caso.

Além de resolver a situação, o educador canino ou o etólogo responderá às suas dúvidas e irá orientá-lo de forma individualizada. Embora isto signifique um custo, o benefício no futuro será muito maior.

Socializar um cão adulto - O especialista, a verdadeira fórmula do êxito

Conselhos para melhorar o processo de socialização

No PeritoAnimal conhecemos o comportamento de alguns cachorros e as dificuldades que representa a convivência com este tipo de problema. Por este motivo não nos cansamos de repetir que é importante consultar o especialista, tal como faria consigo se tivesse um problema.

Durante este processo deve prestar atenção a alguns aspetos para que o cachorro note um benefício real no seu dia a dia e aceite este processo de forma adequada.

Alguns conselhos que irão melhorar a qualidade deste processo são:

  • Cumprir as cinco liberdades do bem-estar animal com: alimentação adequada e de qualidade, conforto no seu dia a dia, consultar o veterinário quando for preciso, deixar se expressar com naturalidade e evitar a tudo o custo medos ou estresse.
  • Passear de duas a três vezes por dia: É fundamental que o seu cachorro tenha as suas doses diárias e adequadas de passeio pois não o fazer repercute diretamente no processo de socialização, tornando-se um cachorro que vive isolado, com medo e nervoso.
  • Fazer exercício com o seu pet: É uma excelente opção para cães nervosos e com grandes doses de energia, além disso, socializar um cachorro depois de fazer exercício é muito mais eficiente uma vez que o cachorro se encontra relaxado e costuma aceitar melhor novas situações.
  • Usar o reforço positivo como única ferramenta na sua educação: É fundamental que utilize este processo se estiver socializando um cachorro adulto. Conseguirá resultados muito mais eficazes e rápidos.
  • Não bater ou dar bronca sob qualquer circunstância: Levar a cabo este tipo de ações apenas irá piorar o processo de socialização e criará no seu pet inseguranças e mal-estar. Deixe de ficar irritado por aquilo que faz mal e elogie o que fizer bem.
  • Antecipar a atitude do cão: É importante conhecer o seu pet e antecipar-se a situações nas quais o cachorro possa sentir estresse.
  • Praticar sempre com pessoas ou pets calmos e que tenham uma atitude positivo para o seu cachorro sentir confiança.
  • Ter paciência: Nem todos os cães superam um medo ou uma carência, outros demoram anos e outros simplesmente duas ou três semanas. É algo que dependerá do caso em concreto e que apenas um especialista pode determinar, por este motivo se o seu cachorro tem medo e não quer se relacionar com outros cães não o force, é preferível esperar que ele dê o primeiro passo.
  • Não exponha o seu pet a uma situação se o especialista não tiver recomendado, pois pode ter um encontro desagradável.
  • Aceitar o seu cachorro tal como é, é o melhor conselho que lhe podemos dar, pois se não conseguir resolver o problema terá de aprender a conviver com ele e torná-lo o mais leve possível para toda a família.
Socializar um cão adulto - Conselhos para melhorar o processo de socialização

Se deseja ler mais artigos parecidos a Socializar um cão adulto, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação avançada.

Escrever comentário sobre Socializar um cão adulto

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Socializar um cão adulto
1 de 5
Socializar um cão adulto

Voltar ao topo da página