menu
Partilhar

Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter?

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 12 novembro 2023
Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter?

Para seu desenvolvimento e sobrevivência, os animais precisam ter a capacidade de perceber o que ocorre em seu ambiente, já que este está repleto de informações relevantes para eles. Além disso, a comunicação, principalmente entre animais da mesma espécie, é um processo igualmente de extrema importância. Nesse sentido, tanto a percepção do ambiente quanto a comunicação estão associadas a aspectos como reprodução, alimentação e possíveis perigos, todos essenciais para qualquer animal. Uma das formas de perceber o ambiente e de se comunicar com indivíduos da mesma espécie é por meio de substâncias químicas, de modo que os animais possuem diversas adaptações para interpretar esse tipo de informação.

Nesse sentido, algumas espécies captam mensagens químicas por meio de um mecanismo conhecido como o reflexo de Flehmen. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para descobrir tudo sobre reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter.

Também lhe pode interessar: Que animal é o Bambi?

O que é o reflexo de Flehmen?

O reflexo de Flehmen, também conhecido como resposta ou efeito Flehmen, é um mecanismo que alguns animais possuem para perceber feromônios e outros tipos de odores, transportando-os até o órgão vomeronasal. Esse mecanismo leva os animais a retraírem o lábio superior, ou seja, curvá-lo para trás, expondo os dentes da frente e as gengivas; além disso, enrugam o nariz, fazem uma respiração profunda e, em certos casos, inclinam ou levantam a cabeça para cima. Esse comportamento dura alguns segundos e o animal pode realizá-lo sobre uma substância presente no solo ou diretamente ao aproximar seu nariz de outro indivíduo. Dessa forma, executa-se o reflexo de Flehmen para que o animal possa perceber de maneira mais eficaz os feromônios e outros odores.

Qual é a função do reflexo de Flehmen?

Inicialmente, acreditava-se que essa reação fazia parte do comportamento sexual dos machos, que a usavam para identificar se uma fêmea estava no cio, seja cheirando seus excrementos ou seus genitais. Assim, acreditava-se que era um processo quimiossensorial realizado no órgão vomeronasal. No entanto, foi descoberto que tanto machos como fêmeas têm essa reação denominada "reflexo de Flehmen", portanto, não pode ser considerado um comportamento exclusivamente sexual dos machos. Um estudo[1], por exemplo, determinou que cavalos (Equus caballus) têm o reflexo de Flehmen com mais frequência durante seu primeiro mês de vida, e embora seja mais comum em potros machos do que em fêmeas, as diferenças não são significativas.

Nas ovelhas, é possível observar o reflexo de Flehmen após um macho cheirar a urina da fêmea, mas tanto a duração quanto a intensidade podem variar. Além disso, não há correlação entre a fase do ciclo reprodutivo da fêmea e a duração do reflexo. No entanto, reflexos podem ocorrer quando o macho cheira a vulva da fêmea e, além disso, eles podem ser mais intensos se ocorrerem alguns dia antes do cio. Assim, neste caso específico, há evidências que apoiam a ideia de que o reflexo de Flehmen é usado pelo macho para confirmar se a fêmea está em estado reprodutivo.

Assim, podemos concluir que embora o reflexo de Flehmen ocorra em certos animais e seja usado pelos machos para confirmar o estado reprodutivo das fêmeas, não é exclusivo para isso, uma vez que as próprias fêmeas adultas e os filhotes também têm essa reação. Portanto, é usado para obter informações químicas, diferentes das relacionadas a questões sexuais, sobre outros indivíduos de sua espécie.

Resumidamente, entre as funções do reflexo de Flehmen, encontramos:

  • Indicar aos machos o estado reprodutivo das fêmeas;
  • Sincronização reprodutiva entre fêmeas de algumas espécies;
  • Verificação de recém-nascidos para obter informações sobre seu estado;
  • Comunicação entre espécies, por exemplo, para marcar território.
Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter? - O que é o reflexo de Flehmen?

Animais que apresentam reflexo de Flehmen

O reflexo de Flehmen ocorre em mamíferos, mas não neles todos. No entanto, alguns dos animais que apresentam o reflexo de Flehmen são:

  • Gatos;
  • Tigres;
  • Leões;
  • Elefantes;
  • Girafas;
  • Bisontes;
  • Antas;
  • Cabras;
  • Ovelhas;
  • Cavalos;
  • Lhamas;
  • Antílopes;
  • Hipopótamos;
  • Rinocerontes.

É importante notar que o órgão vomeronasal também está presente em alguns répteis e anfíbios, como serpentes e salamandras. No entanto, embora eles também o utilizem como um receptor quimiossensorial, o reflexo de Flehmen é o conjunto de movimentos realizado apenas por certos mamíferos para ativar o processamento do órgão, uma vez que, por exemplo, as serpentes precisam estender suas línguas para ativá-lo.

Como funciona o órgão vomeronasal?

Já sabemos que o reflexo de Flehmen faz parte da comunicação química entre os indivíduos de uma espécie. É de natureza quimiossensorial e é processado pelo órgão vomeronasal. Agora vejamos: o que é esse órgão, onde está localizado e como funciona?

O órgão vomeronasal, também chamado de órgão de Jacobson, faz parte do sistema olfativo dos animais que o possuem, sendo, portanto, um órgão sensorial. Como explicamos, a função principal desse órgão é detectar e analisar feromônios e outros odores que os indivíduos da mesma espécie deixaram no ambiente e que chegam até ele por meio do reflexo de Flehmen. Este órgão está presente na cavidade nasal em ambos os lados da base do septo nasal, localizados na parte superior do palato, perto do osso vômer, daí o seu nome.

O funcionamento do órgão vomeronasal ou de Jacobson é o seguinte:

  1. O animal se aproxima da área com a sinalização olfativa, abre a boca, levanta o lábio superior e inspira para conduzir o ar até o órgão vomeronasal. Portanto, se você observar seu gato abrindo a boca quando cheira algo, saiba que ele está iniciando esse mecanismo;
  2. Devido à sua função sensorial secundária relacionada ao olfato, o órgão é capaz de perceber e processar feromônios, bem como outros odores específicos que fornecem informações ao animal.

O órgão vomeronasal não detecta compostos químicos voláteis, ou seja, aqueles que evaporam facilmente no ambiente. É por isso que o animal deve se aproximar da fonte do odor para captar diretamente o sinal químico e processá-lo. E é por isso que é normal observar um macho cheirando a urina ou a vulva da fêmea, ou mesmo uma mãe cheirando o filhote por meio do reflexo de Flehmen (boca aberta, inspirando, etc.).

Agora que você sabe o que é o reflexo de Flehmen em gatos, cavalos e outros animais, e como funciona o órgão de Jacobson, não deixe de conferir nosso artigo sobre quais são os animais com os sentidos mais desenvolvidos.

Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter? - Como funciona o órgão vomeronasal?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. Weeks, J. W., Crowell-Davis, S. L., & Heusner, G. (2002). Preliminary study of the development of the Flehmen response in Equus caballus. Applied Animal Behaviour Science, 78(2-4), 329-335.
Bibliografia
  • Hart, B. L. (1983). Flehmen behavior and vomeronasal organ function. In Chemical signals in vertebrates 3 (pp. 87-103). Boston, MA: Springer US.
  • Bland, K. P., & Jubilan, B. M. (1987). Correlation of flehmen by male sheep with female behaviour and oestrus. Animal behaviour, 35(3), 735-738.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter?
1 de 3
Reflexo de Flehmen - o que é e que animais costumam ter?

Voltar ao topo da página