menu
Partilhar

Mastim inglês ou mastiff

Atualizado: 2 março 2021
Mastim inglês ou mastiff

O mastim inglês, também conhecido como mastiff, é uma raça de cachorro molossóide, ou seja, caracterizado por seu corpo robusto, músculos fortes e uma cabeça grande com focinho curto. O mastim inglês é muito parecido com o dogo, embora o tamanho do primeiro possa se tornar muito grande e até são chamados de gigantes. É muito marcante devido a sua estrutura, que, ao ser musculoso, apresenta muita força, sendo um excelente guardião. É um cachorro que há muito tempo é companheiro do humano, que antigamente era utilizado em lutas com outros animais, algo que com o tempo mudou para se tornar guardião de rebanhos, tarefa que permanece até hoje.

Se você quer conhecer todas as características do mastim inglês, não perca este artigo de PeritoAnimal, onde contaremos tudo sobre esta raça de cachorro.

Origem
  • Europa
  • Reino Unido
Classificação FCI
  • Grupo II
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do mastim inglês

A história dessa raça remonta à época dos romanos na Bretanha, possivelmente já no século VI a.C. Existem registros que demonstram que os fenícios foram os que introduziram os primeiros indivíduos do mastim inglês e do mastim napolitano, raça muito parecida com o mastiff. Foi desde então que esta raça foi utilizada em arenas de combate devido ao seu grande porte e força, além disso, já nessa época era um guardião e excelente companheiro devido ao seu temperamento afável.

No século XIX foi introduzido nos Estados Unidos, o que foi fundamental para que a raça não se extinguisse, já que com o fim da segunda guerra mundial, o mastim inglês havia praticamente desaparecido de toda Inglaterra. Hoje em dia, é uma raça vista como guardiã de rebanhos e é muito fácil encontrá-la na maioria dos países. Neste post, explicamos quais são os tipos de mastim.

Características do mastim inglês

A denominação de gigante para o mastim inglês não é infundada, já que se trata de um cão que pode chegar a medir entre 70 cm e 1 metro de altura, enquanto seu peso é de cerca de 100 kg nas fêmeas e quase 120 kg nos machos. Essas dimensões fazem dela uma das maiores raças de cães que existem atualmente.

Seu corpo é largo e musculoso. Sua cabeça se destaca por ser maior em relação ao corpo, larga e quadrada. Em contraste, o focinho é bem mais curto. Possui mandíbulas fortes, que reflete em uma mordida muito potente que raramente pode ser vista devido ao temperamento tranquilo dessa raça. Suas patas são bastante longas e muito robustas, estando bem separadas uma da outra.

Outra das características mais representativas do mastim inglês é sua pelagem curta e bem aderida ao corpo, além de ser dura ao toque. Sua coloração pode variar desde marrom, fulvo ou canela em todo o corpo, mas seu focinho, nariz e orelhas são geralmente pretas.

Temperamento do mastim inglês

Ao contrário do que suas origens mostram e o que podemos pensar ao ver sua forte e enorme tez, o mastim inglês se destaca por seu temperamento tranquilo e dócil. É muito importante educá-lo desde filhote, já que tende a ser um pouco desobediente e manuseá-lo pode facilmente se tornar uma aventura. É uma raça extremamente protetora e tranquila, destacando-se também por ser um cão muito carinhoso e muito corajoso. Não se destaca por ser de grande inteligência, já que costuma agir por instinto e é um tanto desajeitado, por isso mais uma vez ressaltamos a importância de uma boa educação precoce, além da socialização, outro fator vital para que nosso companheiro seja um cão tranquilo e respeitoso.

Ressalta-se que é um companheiro leal para crianças maiores, tendo muita paciência com elas e com as brincadeiras, principalmente se tiver um espaço apropriado para seu tamanho, o que lhe permitirá fazer exercícios. Seu instinto protetor é muito evidente, podendo ser desconfiado com estranhos, mas não agressivo, por isso também é muito importante transmitir confiança quando alguém desconhecido vem a nossa casa ou se aproxima pela rua. Em geral, não apresenta problemas de comportamento, mas pode ser muito destrutivo quando entediado.

Cuidados do mastim inglês

Este cão precisa fazer exercícios diariamente, de pelo menos uma hora, pois pode ficar preguiçoso. Quando são filhotes não é recomendado exercícios excessivos, pois são propensos a desenvolver problemas ósseos, o que durante a época de crescimento pode trazer problemas como entorses ou lesões.

Sua pelagem, por ser curta e dura, não precisa de muita escovação, embora seja recomendado um banho completo a cada mês e meio aproximadamente. Também é importante manter limpo seu focinho, pois é uma raça que tende a babar muito e que pode ser de grande desconforto. Além disso, verificar suas orelhas e mantê-las limpas é de vital importância para evitar infecções.

E como mencionamos, oferecer uma educação (principalmente positiva) desde filhote pode evitar que ele seja desobediente quando se tornar adulto, já que sendo um animal de grande porte, pode ser muito difícil controlá-lo. Da mesma forma, combinar exercícios com a educação ajudará nosso mastim inglês a não ficar entediado. Por último, o espaço onde nosso mastim viverá é realmente um fator muito importante, pois são cachorros que necessitam de muito espaço para se mover e correr.

Educação do mastim inglês

Educar o mastim inglês desde filhote é fundamental para ter uma boa convivência, para conseguir que ele aprenda a se relacionar de maneira positiva com outros animais e pessoas e, finalmente, conseguir um cão fisicamente e mentalmente equilibrado. Para isso, deve-se recorrer ao esforço positivo, recompensando os bons comportamentos e corrigindo os inadequados oferecendo alternativas corretas. O castigo ou a violência fará com que o mastiff se estresse e tenha medo, o que poderia desenvolver atitudes agressivas, algo negativo em todos os cães, mas especialmente preocupante em cães com um tamanho e uma mordida como a do mastim inglês.

Por ser um cachorro um pouco teimoso, a paciência e a constância são fundamentais. Além disso, as guloseimas ou pedaços de comida suculenta serão seus maiores aliados, já que essa raça não costuma mostrar interesse por brinquedos ou bolas. Claro, ele adora brincar com sua família humana e outros cachorros.

Saúde do mastim inglês

Esta raça, por sua natureza, é propensa a certas doenças, como a displasia de quadril ou torsão gástrica, também muito comuns em outros cães. A obesidade também é outra patologia que pode ser comum nos mastins, isso devido à sua estrutura robusta, por isso é extremamente importante que façam exercícios diariamente. Por outro lado, pode desenvolver problemas nos olhos, como por exemplo, atrofia nas retinas. Se tiverem uma dieta adequada e realizar bons exercícios, o mastim inglês tem uma média de vida de cerca de 12 anos. O ectropion, a hiperplasia vaginal, a displasia de cotovelo e a atrofia progressiva de retina também são comuns, mas menos frequentes.

Os mastins não são os mais ativos dos cães, mas precisam de uma boa dose de exercícios todos os dias. Os saltos e exercícios muito intensos não são aconselháveis, principalmente antes dos 2 anos de idade, pois podem danificar as articulações desses cães pesados. Os passeios diários são uma necessidade, tanto para exercitar o cão, como para manter sua boa socialização.

Tenha em mente que o mastim inglês não tolera bem os climas muito quentes. Pode viver ao ar livre em climas temperados e um tanto frios (não excessivamente frios), mas prefere viver dentro de casa junto com sua família e usar o jardim apenas para se exercitar.

Embora o mastiff possa viver em áreas urbanas, vive melhor em subúrbios e propriedades rurais.

Onde adotar um mastim inglês

Se você decidiu incorporar um mastim inglês à sua família, primeiro de tudo você deve se informar muito bem sobre a raça e todos seus cuidados e exigências para depois procurar saber sobre os locais mais recomendados sobre onde poder adotá-lo. Atualmente, existem muitos protetores e associações em quase todas as cidades, e estas se dedicam ao resgate e cuidado de cães e gatos. Mesmo assim, existem muitas que se dedicam exclusivamente ao resgate e recuperação dessa raça, por isso aconselhamos a buscar neste tipo de lugares, para que você esteja colaborando com as protetoras e dando um novo lar a um cachorrinho.

Fotos de Mastim inglês ou mastiff

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Mastim inglês ou mastiff

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Mastim inglês ou mastiff
1 de 2
Mastim inglês ou mastiff

Voltar ao topo da página