Partilhar

Broholmer

Atualizado: 25 setembro 2019
Broholmer

O Broholmer, também conhecido como Mastim Dinamarquês, é uma raça de cachorro bastante antiga que era utilizada para caçar cervos e como cão de guarda das terras dos senhores feudais durante a Idade Média. Porém, não foi até o século XVIII que esse tipo de cachorro, proveniente da região de Broholm-Funen, na Dinamarca, foi reconhecido oficialmente.

Essa raça de cachorro é tranquila, mas cheia de energia e, por isso, esses animais precisam gastá-la de alguma maneira, principalmente através de atividades físicas e mentais. Assim, para os Broholmers, os longos passeios diários são indispensáveis. Além disso, essa raça de cachorro não precisa de muitos cuidados especiais. No entanto, deve-se levar em conta que o Mastim Dinamarquês perde muito pelo, o que faz com que esse cachorro não seja muito recomendado para pessoas alérgicas.

Se você tem interesse em adotar um Broholmer, continue lendo essa ficha do PeritoAnimal e descubra tudo sobre essa raça e se combina com o seu estilo de vida.

Origem
  • Europa
  • Dinamarca
Classificação FCI
  • Grupo II
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Caráter
Recomendações
  • Arnês
Clima recomendado
Tipo de pelo

Broholmer: origem

Os ancestrais do Broholmer eram usados no norte da Europa durante a Idade Média para caçar cervos. Em pouco tempo, esse cachorro passou a ser usado como guardião das terras feudais e granjas. No entanto, foi só no final do século XVIII que esse animal passou a ser conhecido como é atualmente. Naquela época, o conde Neils Sehested, da casa senhorial Broholm, na ilha dinamarquesa de Funen, começou a transformar esses cachorros em uma raça única e específica. O nome dessa raça, aliás, provém dessa famosa propriedade localizada no centro da Dinamarca.

Como a maioria dos tipos de cães já descobertos pelo homem em séculos anteriores ao XX, o Broholmer foi esquecido durante as duas grandes guerras mundiais e praticamente desapareceu. Foi na década de 1970 que um grupo de pessoas da sociedade dinamarquesa apaixonada por cães, com apoio do Kennel Club do país, reconstruiu e recuperou a raça, tanto em número quanto em renome. Atualmente, essa raça de cachorro continua não sendo muito conhecida internacionalmente, mas tem destaque na sua região de origem.

Broholmer: características

O Broholmer é uma raça de cachorro grande e impressionante. O padrão de tamanho do animal é de aproximadamente 75 cm da cernelha ao chão nos machos e de 70 cm nas fêmeas. Já o peso ideal dos machos está entre os 50 e 70 kgs e das fêmeas, entre os 40 e 60 kgs.

A cabeça do animal é maciça e larga, o pescoço é grosso, forte e com certa papada. O nariz do animal é preto e os olhos, arredondados, não muito grandes e donos de uma expressão que gera confiança, são de tons de âmbar. As orelhas são médias, de inserção alta e se penduram na altura das bochechas.

O corpo dessa raça de cachorro é retangular, ou seja, a distância da cernelha ao chão do animal é menor que a dos ombros às nádegas. A linha superior do corpo do cachorro é reta e o peito é profundo e forte. A cauda é achatada na base, de inserção baixa e é levantada até a horizontal quando o cachorro está em ação, mas nunca enrosca em si mesma em cima das costas do animal.

A pelagem do Broholmer é curta e densa e essa raça de cachorro ainda conta com uma grossa camada interna de pelo. Já em relação às cores, a pelagem do animal pode ser de tons de amarelo, dourado-avermelhado ou preto. Nos cães de cor amarela ou dourada, a região do focinho é mais escura, na maioria das vezes preta. As manchas brancas no peito, patas e ponta da cauda são permitidas por entidades internacionais, como a Federação Cinológica Internacional (FCI), em cachorros de qualquer tom.

Broholmer: personalidade

O Broholmer é um excelente guardião, já que está sempre alerta e pode ser um pouco reservado e desconfiado com desconhecidos. No entanto, esse cachorro costuma ser tranquilo e amigável, aproveita muito a companhia da família que o adotou e atividades ao ar livre ou em espaços grandes.

Mesmo que essa raça de cachorro não costume ser agressiva, mas sim mais serena, ela tende a ser, como já mencionamos, mais reservada com estranhos e muito territorial em relação a outros cachorros. Por isso, é importante educar e socializar um Broholmer filhote desde as primeiras semanas de vida do animal. Isso fará com que, quando adulto, o cachorro possa se relacionar bem com demais.

Broholmer: cuidados

Para cuidar da pelagem do seu Broholmer basta escová-la semanalmente. No entanto, vale ressaltar que essa raça de cachorro perde muito pelo e, por isso, nas épocas de troca de pelagem (2 vezes por ano), pode ser preciso escovar o pelo do seu bichinho diariamente.

Os Broholmers são cachorros de temperamento tranquilo, mas têm muita energia e necessitam liberá-la. Sendo assim, esses cachorros precisam de longos passeios diários e um tempo reservado para brincadeiras e jogos. As atividades com cachorro ou esportes caninos poderão ser de grande utilidade para que eles se cansem e durmam bem. Contudo, é importante tomar cuidado com brincadeiras com saltos ou movimentos bruscos quando os cachorros são filhotes, já que essas atividades podem prejudicar as articulações dos animais.

Pelo tamanho que tem, essa raça de cachorro não se adapta a uma vida em apartamentos e casa pequenas. Por isso, esses animais precisam viver em casas com quintais, jardins grandes ou em propriedades rurais, nas quais terão mais liberdade e chances de se divertir ao ar livre.

Broholmer: educação

O Broholmer não é uma das raças de cachorro mais fáceis de se adestrar, mas é possível conseguir bons resultados quando utilizada a técnica do adestramento positivo. A perseverança é um dos conceitos-chave para se ter um cachorro bem educado.

No entanto, especialmente no caso desse animal, é recomendado que pessoas que já tenham mais experiência em ter, treinar e educar cachorros o adotem. Ter ideia dos comportamentos caninos é muito importante, já que o Broholmer não é uma raça fácil de se educar. Outra boa solução também é, em muitos casos, recorrer a um adestrador profissional.

Em geral, esse cachorro não apresenta problemas de comportamento quando tem espaço, exercício e companhia suficientes. Como já dissemos, mesmo que seja um cachorro tranquilo, e até silencioso, um Broholmer precisa se exercitar diariamente.

Broholmer: saúde

Não se têm registros de doenças próprias do Broholmer como raça. No entanto, é altamente recomendável tomar precauções para patologias comuns em raças de cachorro de porte grande. Nesses casos, as principais doenças costumam ser:

Além disso, como em grande parte das raças de cachorro, é necessário levar o seu Broholmer ao veterinário a cada 6 meses para poder prevenir e detectar qualquer problema de saúde que o animal possa estar desenvolvendo. E como para todo cachorro, seu bichinho de estimação deve sempre estar com os calendários de vacinação e desparasitação (interna e externa) em dia.

Bibliografia
  • Imagem 7: Reprodução/Confederação Brasileira de Cinofilia

Fotos de Broholmer

Vídeos de Broholmer

1 de 3
Vídeos de Broholmer
Artigos relacionados

Suba a sua foto de Broholmer

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Broholmer

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Broholmer
1 de 7
Broholmer

Voltar ao topo da página