menu
Partilhar

Ornitorrinco - Características e habitat

 
Por Paula Martinez, Auxiliar técnica Veterinária e psicóloga mestra em neurociência cognitiva. 11 novembro 2021
Ornitorrinco - Características e habitat

Originário da Austrália, o ornitorrinco, cujo come científico é Ornithorhynchus anatinus, é um dos animais mais interessantes, especiais e únicos do mundo. Sua aparência é caracterizada por ser uma mistura entre um castor e um pato, algo realmente fascinante considerando as notáveis diferenças entre essas espécies.

Outra das características mais marcantes do ornitorrinco é seu modo de vida, entre água e terra, mas não é a mais distinta. Sem dúvida, o traço mais notável deste animal é sua reprodução. Você saberia dizer se o ornitorrinco é um mamífero? O ornitorrinco põe ovos? A seguir, falamos das características do ornitorrinco, do seu habitat, reprodução, alimentação e muito mais. Você encontrará todas as informações sobre ele aqui!

Também lhe pode interessar: Curiosidades sobre o ornitorrinco

Características do ornitorrinco

Os ornitorrincos são animais realmente exóticos e especiais, pertencentes à ordem dos monotremados, nos quais atualmente sobrevivem apenas 5 espécies, 4 delas de equidnas. Todas elas se caracterizam por serem mamíferos que põem ovos. Assim, atualmente só existe uma única espécie de ornitorrinco.

Seu nome científico é Ornithorhynchus anatinus e suas particularidades são realmente interessantes. São os únicos mamíferos venenosos que existem, já que os ornitorrincos machos apresentam um esporão que libera um veneno capaz de provocar uma dor intensa nas pessoas. Mas o veneno do ornitorrinco é mortal? Para animais pequenos sim, para os humanos não.

Continuando com as características do ornitorrinco, cada uma das partes do seu corpo pode lembrar outras espécies de animais, por exemplo, sua cauda se assemelha à de um castor, enquanto seu bico é semelhante ao de um pato. Esta morfologia única fez com que o ornitorrinco seja amplamente estudado pelos taxonomistas e biólogos, pois é uma fonte de informações vitais para a biologia evolutiva. Durante anos, foi caçado devido a sua pelagem espessa e isolante, mas atualmente essa caça está completamente proibida. Esta pelagem é de cor castanho forte na cabeça e no corpo, sendo loiro ou cinza na barriga.

Suas patas apresentam membranas que utilizam para nadar, como a cauda, que serve de leme. Embora a capacidade do seu sistema olfativo seja limitada, conseguem cheirar estando debaixo d'água.

O ornitorrinco é um mamífero?

O ornitorrinco é um animal mamífero, no entanto, não pertence ao grupo dos monotremados por acaso. A característica compartilhada desse grupo é que, apesar de serem mamíferos, seus filhotes nascem de ovos, sendo animais ovíparos.

Por que o ornitorrinco é um mamífero diferente? Quando os ornitorrincos realizam a postura dos ovos, eles os incubam, mas, depois que os filhotes nascem, eles são amamentados por sua mãe durante um determinado período de tempo. Curioso, não é? Vamos continuar conhecendo mais características do ornitorrinco.

Onde o ornitorrinco vive? - Habitat

Esses animais são semiaquáticos, de modo que vivem tanto na água como na terra. Seus habitats geralmente são pequenos rios e riachos espalhados por diversos tipos de ecossistemas. Esses rios encontram-se espalhados pelas extensas florestas tropicais de Queensland, mas também em climas frios, como as montanhas dos Alpes australianos ou a região da Tasmânia, montanhosa e de clima frio. Lembre-se que o ornitorrinco é um dos animais da Austrália, e é por isso que seu habitat só é encontrado naquele país.

Anteriormente, existiam populações de ornitorrincos na Austrália Meridional, mas elas foram reduzidas até a sua extinção. Apenas uma população reduzida sobrevive na ilha Kangaroo.

Nestes locais, os ornitorrincos cavam tocas, semelhantes às de um castor, que são aquáticas, ou seja, estão debaixo d'água, mas mesmo assim têm fácil acesso ao exterior. Nessas tocas é onde as mães ornitorrincos têm seus filhotes e onde permanecem após o nascimento durante um tempo, como falaremos na seção de reprodução.

O que o ornitorrinco come? - Alimentação

Os ornitorrincos são caçadores implacáveis, porque apresentam um complexo sistema de eletrolocalização. Apenas os monotremados apresentam este sistema e se baseia na localização de suas presas graças aos campos elétricos que são gerados quando seus músculos se contraem. Os eletrorreceptores estão localizados no bico, distribuídos na forma de fileiras, e também estão localizados ali os mecanorreceptores, que são responsáveis pelo tato. Diversos estudos demonstraram a forte associação neuronal de ambos tipos de receptores.

Continuando com as características do ornitorrinco, ele é um animal completamente carnívoro, de modo que sua alimentação é baseada no consumo de outros animais, fundamentalmente caranguejos, insetos, camarões e diversas espécies de anelídeos que habitam em seus respectivos habitats. Assim, a alimentação do ornitorrinco consiste nesses pequenos seres vivos.

Ornitorrinco - Características e habitat - O que o ornitorrinco come? - Alimentação

Reprodução do ornitorrinco

A reprodução do ornitorrinco é, apesar da sua aparência especial, o que o torna mais único, já que foi debatido durante muito tempo nos círculos científicos mais importantes sobre questões como se a fêmea põe ovos ou não. Atualmente, está mais do que provado que sim, o ornitorrinco é um animal que nasce através dos ovos, embora uma vez que eles eclodam se dá também um período de lactação. As fêmeas também se tornam férteis a partir dos dois anos de idade.

Acasalamento do ornitorrinco

Ao longo do ano, ocorre apenas um único ciclo de acasalamento, que acontece entre os meses de junho e outubro. O cortejo do ornitorrinco é muito complicado e árduo, especialmente para os machos, que precisam conquistar as fêmeas. A última parte do cortejo consiste em uma dança na água na qual o casal se move entrelaçado, enquanto se move em círculos, o macho agarra-se à cauda da fêmea com o bico.

Período de incubação do ornitorrinco e nascimento

Outra das características dos ornitorrincos relacionadas à reprodução é que, normalmente, cada ninhada é composta de 1 a 3 ovos de ornitorrinco, com tamanho entre 10 e 11 milímetros. Esses ovos são incubados pelas mães durante um período de tempo que varia entre 10 e 15 dias, após terem sido gestado em seu ventre durante aproximadamente 28 dias.

Quando esses ovos eclodem depois desse tempo, nascem lindos bebês ornitorrincos, que são de um tamanho realmente pequeno, já que esses bebês medem cerca de 3 centímetros de comprimento no total. Esses bebês são vulneráveis, não têm pelo e seus olhos ainda não estão totalmente desenvolvidos, por isso são cegos. Além disso, nascem com dentes, mas os perdem logo após o nascimento, deixando apenas algumas placas córneas que servem para triturar a comida.

Ornitorrinco bebê - Alimentação

Os filhotes de ornitorrinco se alimentam exclusivamente de leite materno até atingirem os 3-4 meses de idade. Um dado curioso sobre os ornitorrincos é que, embora tenham mamas, as fêmeas de ornitorrinco não têm mamilos, então o leite emana diretamente da sua pele.

Durante o período de lactação, a mãe cuida dos bebês ornitorrinco durante praticamente o dia inteiro, saindo apenas para buscar alimento. Após cerca de 4-5 semanas, os filhotes vão ganhando independência, saindo gradualmente da toca onde estavam até então. Aos 3-4 meses, quando a lactação termina por completo, o pequeno ornitorrinco tem que se virar sozinho e procurar seu próprio alimento.

Imagem: hipertextual.com

Ornitorrinco - Características e habitat - Ornitorrinco bebê - Alimentação

Estado de conservação do ornitorrinco

De acordo com a lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), o ornitorrinco é uma espécie considerada como quase ameaçada de extinção. Isto significa que o ornitorrinco não está em perigo de extinção, mas pode entrar em perigo se sua população continuar diminuindo. Neste sentido, a UICN observa que a tendência dessa espécie é, precisamente, decrescente, um dado realmente alarmante considerando que se trata de um animal único.

As principais ameaças do ornitorrinco, e que estão fazendo com que sua população diminua aos poucos são:

  • Destruição do seu habitat para a construção de moradias
  • Corte de árvores
  • Contaminação da água
  • Mudanças climáticas

Atualmente, de acordo com a UICN, não existe um plano de recuperação estabelecido para a espécie, embora haja um acompanhamento para agir quando for necessário.

Agora que você sabe mais características do ornitorrinco, não perca o vídeo a seguir para saber mais curiosidades sobre este mamífero:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Ornitorrinco - Características e habitat, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Australia museum (2019). Platypus.Ornithorhynchus anatinus. Disponível em: <https://australianmuseum.net.au/learn/animals/mammals/platypus/>. Acesso em 4 de novembro de 2021.
  • Grant, T., P. Temple-Smith. (1998). Field biology of the platypus (Ornithorhynchus anatinus): historical and current perspectives. The Royal Society, 353: 1081-1091.
  • Lin, M., & Jones, R. C. (2000). Spermiogenesis and spermiation in a monotreme mammal, the platypus, Ornithorhynchus anatinus. Journal of Anatomy, 196(2), 217–232.
  • Woinarski, J. & Burbidge, A.A. (2016). Ornithorhynchus anatinus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T40488A21964009.

Fotos de Ornitorrinco - Características e habitat

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Ornitorrinco - Características e habitat
1 de 7
Ornitorrinco - Características e habitat

Voltar ao topo da página