menu
Partilhar

Botos - Características, tipos e habitats

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 12 março 2022
Botos - Características, tipos e habitats

Os mamíferos conquistaram diversos meios existentes, tais como o marinho, aéreo e terrestre. Neste artigo do PeritoAnimal apresentamos um artigo sobre uma das famílias de mamíferos aquáticos, os focenídeos, comumente conhecidos como botos ou toninhas.

Estes animais costumam ser confundidos com os golfinhos. No entanto, tanto do ponto de vista taxonômico como anatômico, eles apresentam diferenças. Aspectos como o tamanho, hábitos reprodutivos e características físicas são alguns dos traços nos quais estes mamíferos aquáticos diferem.

Convidamos você a continuar lendo para conhecer mais sobre os botos ou toninhas, suas principais características, tipos e habitats.

O que são os botos?

Os botos ou também chamados de golfinhos toninhas, são mamíferos aquáticos pertencentes, dentro do grupo dos cetáceos, aos odontocetos, que possuem dentes. Da mesma forma, correspondem à família Phocoenidae, onde estão as espécies menores dos cetáceos. O boto-cor-de-rosa, por exemplo, faz parte de outra família, Iniidae.

Diferença entre botos e golfinhos

Os botos e os golfinhos são comumente confundidos por seu aspecto similar, resultante do compartilhamento de boa parte dos níveis taxonômicos. No entanto, ambos os grupos divergem no ponto final de classificação, pertencendo a famílias distintas (Delphinidae para os segundos e Phocoenidae para os primeiros).

Geralmente, os botos são menores que os golfinhos e normalmente não alcançam os 2 metros de comprimento; eles também alcançam a maturidade sexual antes que os os folfinhos; enquanto os botos contam com uma barbatana dorsal pequena e com formato triangular, os golfinhos contam com essas barbatanas mais arredondadas. Outra diferença entre os botos e golfinhos é que o focinho dos botos é arredondado, em que com as extremidades da boca, parece que está sorrindo. Enquanto isso, os golfinhos geralmente possuem um focinho afilado, semelhante a um bico (o que não acontece com o boto-cor-de-rosa), por exemplo.

Botos - Características, tipos e habitats - O que são os botos?

Características dos botos

Os botos são indivíduos relativamente pequenos, se comparados com outros cetáceos. A faixa de tamanho pode variar de acordo com a espécie entre 1,5 e 2 metros de comprimento, embora possa encontrar indivíduos menores ou maiores que essas medidas. Em relação ao peso, vai de cerca de 50 até 220 kg aproximadamente.

Existe dimorfismo sexual em relação ao tamanho das fêmeas, que costumam ser maiores que os machos. O corpo é semelhante a um torpedo e possuem apenas um espiráculo ou orifício associado à respiração.

Embora o crânio tenha forma semelhante ao dos golfinhos, tem algumas protuberâncias que o diferenciam. A forma facial se estende para trás, o que dá um aspecto peculiar à cabeça, a qual resulta em uma estrutura avultada, sem orelhas.

Suas mandíbulas são curtas, por isso não possuem a forma alongada que caracteriza os golfinhos. As toninhas têm muitos dentes, com a peculiaridade que a extremidade da boca não cobre completamente as estruturas dentárias, o que dá a impressão de sempre estar sorrindo.

Com exceção do gênero Neophocaena, que não possuem barbatana dorsal, o restante possui essa estrutura, mas tende a ser pequena e triangular ou com forma pontiaguda. Além disso, tem duas nadadeiras dianteiras, mais a caudal. Geralmente são de cor cinza, preta e branca. Por outro lado, seu corpo é coberto por uma grossa camada de gordura que os auxilia na termorregulação, além de servir em alguns casos como proteção contra a predação.

Apesar de seus olhos não serem tão grandes em relação ao tamanho do corpo, possui bom desenvolvimento da visão. Além disso, contam com o sentido da ecolocalização, que como em outros cetáceos, está altamente desenvolvido permitindo se localizar e conheçam o ambiente ao redor, apoiando-se na emissão de sons de alta frequência conhecidos como cliques.

Botos - Características, tipos e habitats - Características dos botos

Tipos de botos

Existem três gêneros de botos, os quais contêm um total de sete espécies. Vamos conhecer quais são:

Gênero Neophocaena:

Neste estão localizadas duas espécies de botos:

  • Boto-do-índico (Neophocaena phocaenoides): é uma espécie que habita no oriente, em países como Bangladesh, Camboja, Índia, Irã, Singapura, Tailândia e Emirados Árabes, entre outros. É encontrado em águas pouco profundas de costas, manguezais e estuários. Está considerado em estado vulnerável.
  • Boto liso (Neophocaena asiaeorientalis): esta espécie é própria da China, Japão e República da Coreia. Habita em áreas costeiras, manguezais e grandes rios. Está classificada como em perigo crítico de extinção.

Gênero Phocoena:

É o gênero que agrupa a maior quantidade de espécies de botos, com um total de quatro:

  • Toninha-comum (Phocoena phocoena): possui uma ampla distribuição, ocupando algumas regiões na América, Europa e Ásia. Geralmente estão localizados em águas costeiras rasas, estuários e certos canais. É considerado na categoria de menor preocupação.
  • Vaquita-marinha (Phocoena sinus): esta espécie de boto é endêmica do México e habita águas marinhas pouco profundas e geralmente turvas. Está classificada em perigo crítico de extinção.
  • Boto-de-óculos (Phocoena dioptrica): é encontrado em águas frias, temperadas e subantárticas do hemisfério sul, com avistamentos em países como Argentina, Austrália, Brasil, Chile, Uruguai, entre outros. Está considerada na categoria de menor preocupação.
  • Boto-de-burmeister (Phocoena spinipinnis): sua área de distribuição ocupa a Argentina, Brasil, Chile, Peru e Uruguai. Habita em águas marinhas pouco profundas e costeiras, mas também em canais, áreas de algas e é capaz de mergulhar até cerca de 1000 m de profundidade. É considerado na categoria de quase ameaçada.

Gênero Phocoenoides:

Este gênero agrupa apenas uma espécie de boto:

  • Boto-de-dall (Phocoenoides dalli): distribui-se principalmente no norte do oceano pacífico, ocupando países como Canadá, Japão, República da Coreia, México, Rússia e Estados Unidos. Esta espécie tem como habitat águas marinhas profundas, que tenham temperaturas frias abaixo de 18°C. Está classificada como de menor preocupação.

Agora que você conhece os tipos de botos, não perca este outro artigo com 10 curiosidades sobre os golfinhos.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Botos - Características, tipos e habitats, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. Myers, P. (1999). "Phocoenidae". Animal Diversity Web. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Phocoenidae/>. Acesso em 7 de março de 2022.
  2. Wang, JY y Reeves, R. (2017). Neophocaena asiaeorientalis. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2017: e.T41754A50381766. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2017-3.RLTS.T41754A50381766.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.
  3. Wang, JY y Reeves, R. (2017). Neophocaena phocaenoides. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2017: e.T198920A50386795. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2017-3.RLTS.T198920A50386795.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.
Bibliografia
  • Braulik, G., Minton, G., Amano, M. y Bjørge, A. (2020). Phocoena phocoena. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2020: e.T17027A50369903. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2020-2.RLTS.T17027A50369903.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.
  • Dellabianca, N., Pitman, RL y Braulik, G. (2018). Phocoena dioptrica. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2018: e.T41715A50381544. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2018-2.RLTS.T41715A50381544.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.
  • Indefinido. (2020). Phocoena phocoena. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2020: e.T17027A50369903. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2020-2.RLTS.T17027A50369903.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.
  • Jefferson, TA y Braulik, G. (2018). Phocoenoides dalli. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2018: e.T17032A50370912. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2018-2.RLTS.T17032A50370912.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.
  • Rojas-Bracho, L. & Taylor, B.L. (2017). Phocoena sinus. The IUCN Red List of Threatened Species 2017: e.T17028A50370296. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2017-2.RLTS.T17028A50370296.en.>. Acesso em 7 de março de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Botos - Características, tipos e habitats
1 de 3
Botos - Características, tipos e habitats

Voltar ao topo da página