menu
Partilhar

O que as moscas comem?

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 4 outubro 2021
O que as moscas comem?

As moscas são insetos da ordem dos Dípteros (que possuem duas asas). Esses animais possuem uma ampla classificação com milhares de espécies descritas. Muitas moscas não têm impacto algum sobre a dinâmica das pessoas, no entanto, um diverso grupo destes animais gera problemas de saúde, visto que são vetores de várias doenças de importância médica.

Não são poucas as espécies desses insetos que são sinantrópicas - em outras palavras, que se adaptaram e dependem das condições que as pessoas desenvolvem em habitats urbanos ou na criação de animais para sua reprodução e alimentação. Aqui no PeritoAnimal, trazemos um artigo explicando o que as moscas comem, uma vez que em muitos casos a sua alimentação está especificamente associada aos problemas de saúde que geram nas pessoas ou em outros animais.

Também lhe pode interessar: Como espantar moscas

Moscas herbívoras

Iniciamos este artigo sobre o que as moscas comem falando da espécie Drosophila melanogaster, pertencente à família Drosophilidae, um dos exemplos clássicos destes insetos. Ela se alimenta de frutas em processo de fermentação, daí vem seu nome comum de mosca-da-fruta. Habita praticamente todo o mundo, com exceção da Antártica e regiões de desertos ou cadeias de montanhas.

Os hábitos alimentares deste díptero são constituídos por matéria vegetal. Quando adultas, elas consomem frutas e algumas plantas em decomposição. Os ovos, por sua vez, são colocados em frutas não muito maduras, para que estejam maduras na altura em que as larvas emergirem e possam então servir de alimento. A espécie é capaz de danificar uma grande quantidade dos produtos de que se alimenta ao consumi-los.

Mosca-da-fruta

A mosca-da-fruta é uma espécie muito utilizada para estudos científicos ligados à genética. Assim, quando essas moscas são reproduzidas em laboratório com essas finalidades, muitas vezes são alimentadas com meios de cultura nutritivos e açucarados, que suprem suas necessidades nutricionais.

Mosca-de-enxame

A mosca-de-enxame (Pollenia rudis) é outra espécie que se alimenta de seiva, flores e frutos quando está em sua fase adulta. Porém, na fase larval ela é carnívora e se alimenta de vermes, como por exemplo Lumbricus rubellus e Lumbricus terrestris, entre outros. Esta espécie é típica da América do Norte e Europa; causa alguns incômodos porque tende a se agrupar dentro de casas quando as temperaturas externas diminuem.

Mosca-do-Mediterrâneo

Outro exemplo destes insetos que se alimentam de forma herbívora é a mosca-do-mediterrâneo (Ceratitis capitata). É nativa da África Ocidental, mas atualmente tem uma distribuição bastante global. As fêmeas desta espécie perfuram vários tipos de frutas e colocam seus ovos dentro delas. Assim que as larvas emergem, elas se alimentam da polpa da fruta, mas em muitos casos são vetores de fungos patogênicos que também causam danos significativos. Na fase adulta, a espécie continua se alimentando de frutas, como damascos, ameixas-amarelas, pêssegos, figos, frutas cítricas, entre outras. Esta mosca é considerada prejudicial a diversos cultivos.

Outras moscas herbívoras são as do gênero Graphomya, pertencentes à família Muscidae. Embora sejam predadoras na fase larval, na fase adulta elas se alimentam de néctar. Podemos citar também a família Anthomyiidae, que inclui várias espécies totalmente herbívoras e que se alimentam de várias partes das plantas tanto em suas fases larvais quanto adultas, causando danos significativos à agricultura.

O que as moscas comem? - Moscas herbívoras

Moscas que se alimentam de sangue

Existe um grupo variado de espécies de moscas que baseiam sua alimentação no sangue de pessoas ou animais. Ao mesmo tempo em que o extraem, elas são capazes de transmitir certos patógenos que causam doenças na vítima afetada. Vamos conhecer alguns exemplos dessas moscas:

Mosca-dos-chifres

A mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), embora nativa da Europa, foi introduzida na América do Norte, sendo considerada uma praga capaz de causar danos significativos ao gado. Seus ovos são depositados nas fezes desses animais, de onde as larvas vão emergir e permanecer até o desenvolvimento do adulto. As larvas se alimentam do esterco, aproveitando as bactérias e os produtos formados neste material. No entanto, quando adultas, voam procurando um membro adequado do rebanho para se alimentar absolutamente de seu sangue.

Esta espécie permanecerá toda a sua vida no mesmo grupo de animais, e as fêmeas só o abandonam momentaneamente para botar os ovos. Quando um animal é afetado por muitas moscas-dos-chifres, sua saúde se deteriora significativamente. Por um lado, pela perda de sangue, e por outro lado, pelas feridas que esta espécie provoca. Como efeito secundário, outros dípteros podem aproveitar essas feridas e colocar seus ovos nelas, causando miíase no animal.

Flebotomíneos

Adicionalmente, podemos mencionar o gênero Phlebotomus, que agrupa várias espécies comumente conhecidas como flebotomíneos, que habitam áreas mediterrâneas e tropicais. Nesta espécie, é a fêmea que se alimenta de sangue, podendo transmitir certas doenças como a leishmaniose, entre outras.

Mosca-de-estábulo

Por último, podemos mencionar a mosca-de-estábulo (Stomoxys calcitrans), que, embora tenha se originado na Europa e na Ásia, atualmente possui uma ampla distribuição global. Tanto os machos quanto as fêmeas desta espécie se alimentam de sangue, principalmente de gado e cavalos, embora também se alimentem de outros animais e de pessoas. A espécie é um vetor do grupo Trypanosoma, que causa doenças sérias podendo gerar outras patologias em humanos e animais.

O que as moscas comem? - Moscas que se alimentam de sangue

Moscas que se alimentam de matéria em decomposição

Você já viu que algumas moscas são herbívoras e, outras, se alimentam de sangue. Mas o que outras moscas comem? Existem algumas moscas que se alimentam exclusivamente de matéria decomposta, de modo que podem ser consideradas moscas carniceiras. Podemos encontrar alguns exemplos na familia Fanniidae, que está distribuída pela Ásia, África e Austrália. Também encontramos na família Scathophagida, grupo conhecido como moscas do esterco, já que suas larvas se alimentam de matéria fecal de animais. Por sua vez, os adultos também podem se alimentar da mesma forma ou consumir matéria vegetal em decomposição.

O que as moscas comem? - Outras fontes de alimento

Não podemos deixar de mencionar neste artigo o representante mais emblemático destes insetos, a mosca-comum ou mosca-doméstica (Musca domestica). Está distribuída mundialmente e habita muitas casas urbanas. É capaz de transmitir diversos patógenos que afetam significativamente a saúde das pessoas e de alguns animais, causando doenças como a cólera, salmonelose, febre tifóide e disenteria.

Precisamente por conviver com humanos, a dieta da mosca comum ou doméstica é muito variada, incluindo praticamente tudo o que as pessoas consomem, e esse contato com os alimentos causa sua contaminação biológica. Eles também podem consumir matéria em decomposição e fezes de animais domésticos. Da mesma forma, podemos encontrar espécies predadoras e carnívoras, como é o caso do grupo pertencente à família Asilidae, comumente chamadas de moscas-assassinas, uma vez que os indivíduos adultos são bastante agressivos e se alimentam de outros insetos.

Uma espécie peculiar é a Musca autumnali, que tem uma ampla distribuição na Ásia e na Europa. Na idade adulta, caracteriza-se por se alimentar de esterco e açúcares vegetais, mas também de secreções ao redor dos olhos, nariz e boca, tanto de cavalos quanto de gado, alimentando-se ainda do sangue desses animais. Esta mosca é capaz de transmitir certas doenças aos hospedeiros dos quais se alimenta.

Foi possível constatar que, assim como as moscas são um grupo muito diversificado, sua alimentação também é, de modo que é possível encontrar desde grupos especializados em seu consumo alimentar até aqueles que têm uma dieta variada.

As moscas geralmente são animais bastante repudiados pelas pessoas, pois podem ser desde incômodas até causadoras de doenças sérias em pessoas e outros animais. Porém, muitas vezes sua presença em determinados locais, bem como sua alta taxa de reprodução, são nossa responsabilidade por tê-las introduzido em habitats onde antes não existiam ou por oferecer a elas as condições ideais para que se reproduzam de forma massiva.

Em todo caso, é sempre pertinente procurar regular sua presença utilizando repelentes naturais ou controles biológicos, e minimizar ao máximo o uso de inseticidas químicos que são prejudiciais à saúde das pessoas, dos animais e do meio ambiente em geral.

Mas afinal, o que as moscas comem? Agora que você já sabe responder a esta pergunta, recomendamos a leitura deste outro artigo sobre os tipos de moscas: espécies e características.

Se deseja ler mais artigos parecidos a O que as moscas comem?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Bermejo, J. (2011). Información sobre Ceratitis capitata. Agrecológica. Disponível em: <http://www.agrologica.es/informacion-plaga/mosca-fruta-ceratitis-capitata/>. Acesso em 30 de setembro de 2021.
  • Miller, C. (2000). "Drosophila melanogaster" (en línea), Animal Diversity Web. University of Michigan, Museum of Zoology. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Drosophila_melanogaster/>. Acesso em 30 de setembro de 2021.
  • U.C.V. (2009). Entomología. Facultad de Agronomía, Departamento de Zoología Agrícola. Disponível em: <http://www.ucv.ve/fileadmin/user_upload/facultad_agronomia/Imagenes/Entomologia_2009_-_III_Unidad_-_13ra_Clase_Diptera.pdf>. Acesso em 30 de setembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

O que as moscas comem?
1 de 3
O que as moscas comem?

Voltar ao topo da página