Curiosidades do mundo animal

Curiosidades sobre porquinhos-da-índia

 
Cristina Pascual
Por Cristina Pascual, Veterinária. 14 dezembro 2022
Curiosidades sobre porquinhos-da-índia
Porquinho-da-índia

Ver fichas de  Porquinho-da-índia

O porquinho-da-índia (Cavia porcellus), também conhecido como cobaia em alguns países, é um pequeno roedor nativo da América do Sul. Inicialmente era utilizado para a produção de carne, mas com o tempo passou a ser domesticado e tratado com animal de companhia e como animal de testes de laboratório.

Você já deve ter tido contato com algum nesses amigáveis animais, mas o que você sabe sobre eles? Neste artigo do PeritoAnimal apresentamos uma série de curiosidades sobre os porquinhos-da-índia que vão te surpreender!

Também lhe pode interessar: Como os porquinhos-da-índia enxergam?

Índice

  1. Foram domesticados há milhares de anos
  2. São muito sociáveis
  3. Nascem bastante desenvolvidos
  4. Crescem muito rápido
  5. Têm uma temperatura mais alta que a nossa
  6. Têm boa memória
  7. Podem dormir com os olhos abertos
  8. Seus dentes nunca param de crescer
  9. Não sintetizam a vitamina C
  10. Comem as próprias fezes
  11. Têm tendência à obesidade
  12. Possuem ouvidos muito sensíveis
  13. Outras curiosidades sobre os porquinhos-da-índia
Ver mais >>

1. Foram domesticados há milhares de anos

Os porquinhos-da-índia são animais originários da América do Sul, especificamente dos Andes do Peru, Bolívia, Chile e Argentina. Estes pequenos roedores começaram a ser domesticados há 5.000 anos a.C. Entretanto, não eram originalmente utilizados como animais de estimação, mas sim para a produção de carne. Além de serem utilizados para alimentação, também eram usados em cerimônias religiosas e para o diagnóstico de doenças.

Estes roedores foram introduzidos na Europa há cerca de 400 anos, onde se estabeleceram como animais de estimação e animais de testes em laboratório, mas não para consumo de carne.

2. São muito sociáveis

Outra curiosidade sobre os porquinhos-da-índia é que eles são, naturalmente, animais gregários que vivem em grupos. Eles geralmente formam famílias de mais de 10 porquinhos, consistindo de várias fêmeas e um ou dois machos. O fato de viverem em grupo os torna animais bastante sociáveis, que geralmente gostam da companhia de outros porquinhos-da-índia, e podem até ficar deprimidos quando ficam sozinhos.

3. Nascem bastante desenvolvidos

O período de gestação dos porquinhos-da-índia é relativamente longo (entre 58 e 75 dias). Isto significa que, ao contrário de outros roedores, os porquinhos-da-índia nascem altamente desenvolvidos, com os olhos abertos, cobertos de pelo e com seus dentes permanentes erupcionados. Além disso, embora como bons mamíferos, eles têm um período de lactação, começam a consumir alimentos sólidos nos dias seguintes ao nascimento. Todas estas características ajudam a proteger os jovens do ataque dos predadores.

Curiosidades sobre porquinhos-da-índia - 3. Nascem bastante desenvolvidos

4. Crescem muito rápido

Outra curiosidade sobre os porquinhos-da-índia é que eles são animais de crescimento muito rápido. Durante as primeiras semanas de vida eles ganham até 50 gramas por semana, o que é bastante notável considerando o pequeno tamanho destes animais. Depois disso, o crescimento desacelera. Mas quando o porquinho-da-índia para de crescer? Usualmente, ele atinge o tamanho adulto aos 14-15 meses de idade.

5. Têm uma temperatura mais alta que a nossa

Você provavelmente já ouviu dizer que cães e gatos têm uma temperatura corporal um pouco mais alta do que nós. Bem, isto também é verdade para porquinhos-da-índia, cuja faixa de temperatura normal está entre 37,2 e 39,7ºC. Abaixo desta faixa o animal é considerado hipotérmico, e acima desta faixa significa que ele está com febre.

6. Têm boa memória

Em particular, os porquinhos-da-índia têm uma grande capacidade de memorizar os ambientes que habitam e mapeá-los em suas cabeças. Isto significa que, embora não tenham grande visão noturna, são capazes de navegar em seus ambientes com grande precisão, mesmo durante a noite.

Você sabia deste curioso fato sobre os porquinhos-da-índia? Bem, continue investigando neste outro artigo: Como os porquinhos-da-índia enxergam?

Curiosidades sobre porquinhos-da-índia - 6. Têm boa memória

7. Podem dormir com os olhos abertos

Uma curiosidade sobre os porquinhos-da-índia bastante interessante diz respeito ao seu sono: apesar de terem pálpebras móveis que lhes permitem fechar os olhos, muitos porquinhos-da-índia dormem com os olhos abertos. Alguns o fazem com regularidade, outros apenas esporadicamente. Este é simplesmente um mecanismo de defesa que eles desenvolveram para serem capazes de agir rapidamente em qualquer situação de risco, mesmo quando estão dormindo.

8. Seus dentes nunca param de crescer

Os porquinhos-da-índia têm uma dentição de raiz aberta, o que faz com que seus dentes cresçam continuamente ao longo de suas vidas. Em condições normais, a taxa de erosão e erupção dos dentes é equilibrada, permitindo que estes roedores mantenham seus dentes em perfeitas condições. Entretanto, quando eles não recebem um alimento abrasivo (como o feno) que lhes permita desgastar gradualmente os dentes, ocorre um crescimento excessivo, levando a doenças dentárias.

Neste outro artigo, ajudamos você a escolher o melhor feno para o seu porquinho-da-índia, não perca!

9. Não sintetizam a vitamina C

Assim como ocorre com os humanos, primatas e algumas espécies de morcegos, os porquinhos-da-índia são incapazes de produzir vitamina C por si só, porque lhes falta a enzima L-gluconolactona oxidase, que é necessária para a síntese da vitamina C. Por esta razão, é essencial fornecer a estes animais uma dieta rica em vitamina C para satisfazer suas necessidades nutricionais (entre 5-30 mg de vitamina C por kg de peso corporal). Isto pode ser fornecido por vegetais frescos ricos em vitamina C (como pimentão verde ou frutas cítricas) ou por suplementos na ração.

Se você também não conhecia esta curiosidade sobre os porquinhos-da-índia, não perca este outro post: "Importância da vitamina C para os porquinhos-da-índia".

Curiosidades sobre porquinhos-da-índia - 9. Não sintetizam a vitamina C

10. Comem as próprias fezes

Outro fato curioso sobre os porquinhos-da-índia é que eles são coprófagos, o que significa que eles ingerem regularmente suas próprias fezes. Embora possa parecer uma prática anti-higiênica, eles realmente fazem isso para obter vitaminas B e para otimizar a ingestão de proteínas.

11. Têm tendência à obesidade

A obesidade é uma das doenças mais comuns nestes roedores. Portanto, uma curiosidade sobre os porquinhos-da-índia que serve como alerta é a necessidade de se monitorar seu peso semanalmente e fornecer-lhes uma dieta equilibrada combinando ração, forragem e alimentos frescos em uma proporção apropriada. Como referência, sua porção diária de alimentos deve ser composta de:

  • 70% feno.
  • 20% de alimentos frescos (principalmente vegetais de folha e, em menor extensão, outros vegetais e frutas).
  • 10 % de ração.
Curiosidades sobre porquinhos-da-índia - 11. Têm tendência à obesidade

12. Possuem ouvidos muito sensíveis

Os ouvidos do porquinho-da-índia são capazes de perceber frequências entre 12 e 60.000 Hz, enquanto o ouvido humano só capta frequências entre 20 e 20.000 Hz, o que é outra das curiosidades sobre os porquinhos-da-índia mais surpreendentes. Eles têm um senso de audição particularmente sensível, de modo que são capazes de perceber o espectro audível e a faixa ultra-sônica. Portanto, é importante evitar ruídos altos nos lares onde vivem, pois podem causar-lhes grande estresse.

Outras curiosidades sobre os porquinhos-da-índia

Além das curiosidades sobre porquinhos-da-índia que descrevemos nas seções anteriores, existem outros fatos curiosos sobre eles que talvez você ainda não saiba:

  1. Em português são conhecidos como porquinhos-da-índia; em inglês, são chamados de guinea pig. Porém, não vêm da Guiné nem da Índia e nem possuem qualquer relação com porcos.
  2. Há porquinhos-da-índia de pelo longo, de pelo curto e também sem pelo (como as raças skinny e baldwin).
  3. Têm uma longa tradição como animais de estimação no Reino Unido, na Irlanda, na Alemanha e nos EUA.
  4. Na América do Sul são utilizados para a produção de carne, pois possuem pouca gordura são ricos em proteínas.
  5. São animais inteligentes. Apesar de seu pequeno tamanho, são capazes de aprender truques e gostam de resolver problemas.
  6. Sua expectativa de vida é de 4-5 anos, embora em alguns casos eles possam viver até 8-9 anos.
  7. São animais crepusculares, o que significa que são mais ativos de manhã e à noite.
  8. Usam seu olfato para se reconhecerem mutuamente, especificamente, se reconhecem pelo cheiro emitido pelas glândulas sebáceas que eles têm no traseiro.
  9. Têm um ângulo de visão de 340º, o que lhes dá um alcance de visão quase completo, com apenas dois pontos cegos (um na frente e outro atrás).
  10. Têm visão colorida, embora seja um pouco mais pobre que a nossa. Eles percebem principalmente os tons azul, violeta e ligeiramente esverdeado.
  11. Seu olfato é excepcional: foi estimado que eles têm um olfato cerca de 1.000 vezes superior ao olfato humano.
  12. Há porquinhos-da-índia albinos com pelagem totalmente branca e olhos vermelhos ou rosados. Entretanto, deve-se notar que nem todos os porquinhos-da-índia brancos com olhos cor-de-rosa são necessariamente albinos.
  13. São animais muito vocais: são capazes de se comunicar com uma grande variedade de sons (rangidos, assobios, gemidos, ronronados, rangidos de dentes, etc.).
  14. Se assustam facialmente: sendo animais presas, geralmente ficam sempre atentos ao que está acontecendo ao seu redor. Quando assustados, permanecem imóveis para não serem percebidos e fogem em alta velocidade quando o perigo está próximo.
  15. São animais ágeis: podem correr a 9 km/h e saltar até 30 cm de altura.

Se você já compartilha sua vida com um porquinho-da-índia ou está pensando em fazer isso, não perca as fichas de animais que temos com guias completos sobre diferentes raças de porquinhos-da-índia!

Abaixo, deixamos um vídeo no qual falamos sobre os diferentes sons que eles emitem!

Se deseja ler mais artigos parecidos a Curiosidades sobre porquinhos-da-índia, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Britannica. Guinea Pig. Disponível em: <https://www.britannica.com/animal/guinea-pig>. Acesso em 5 de dezembro de 2022.
  • Humane Rescue Alliance. Everything You Need to Know About Guinea Pigs. Disponível em: <https://www.humanerescuealliance.org/blog/posts/everything-you-need-to-know-about-guinea-pigs>. Acesso em 5 de dezembro de 2022.
  • RSPCA. Nine facts you need to know before getting guinea pigs. https://www.rspca.org.uk/-/blog-nine-guinea-pig-facts>. Acesso em 5 de dezembro de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 5
Curiosidades sobre porquinhos-da-índia