menu
Partilhar

Cachorro roendo madeira - Causas e o que fazer

 
Por Marta Sarasúa, Etóloga e auxiliar veterinária. 15 fevereiro 2022
Cachorro roendo madeira - Causas e o que fazer

Ver fichas de  Cachorros

Ver cachorros brincando e roendo madeiras e pedaços de pau no parque ou na rua é algo muito comum e, de fato, muitos tutores utilizam os galhos das árvores como brinquedo improvisado quando saem para passear com o peludo. No entanto, existem certos riscos que é necessário avaliar antes de permitir que nosso amigo canino mordisque madeira, pois pode engolir um pedaço ou sofrer uma lesão que nos obriga a ir ao veterinário.

Se o cachorro tende a roer madeira, móveis e a comer galhos, neste artigo do PeritoAnimal contamos quais podem ser as causas e quais consequências deste comportamento. Da mesma forma, explicamos o que fazer em caso de um cachorro roendo madeira.

Também lhe pode interessar: Cachorro comendo pedra: causas e o que fazer

Causas para um cachorro roendo madeira

Por que os cachorros gostam roer madeira, galhos ou pedaços de pau? São vários os motivos pelos quais um cachorro pode mastigar e até comer fragmentos de madeira e, antes de iniciar qualquer tratamento de mudança comportamental, é importante identificar com maior precisão possível qual é a causa do seu comportamento. Estas são as mais frequentes:

1. Comportamento exploratório

Os filhotes e cachorros jovens são muito curiosos e exploram o mundo através da sua boca, portanto, é normal que carreguem, mordam ou dilacerem tudo aquilo que lhes chama a atenção. Além disso, a partir dos quatro meses de idade é iniciada a mudança de dentição, o que pode aumentar a frequência dos comportamentos destrutivos e da necessidade de morder objetos. Um cachorro roendo madeira, por exemplo, é um comportamento normal e não devemos castigá-los ou nos preocupar excessivamente por isso, pois corresponde a uma etapa do desenvolvimento natural dos cachorros.

2. Brinquedo e/ou demanda de atenção

Um erro muito frequente que cometemos quando um cachorro pega algo com a boca que não queremos que morda ou que coma é sair correndo atrás para tentar tirar dele. Como uma das brincadeiras favoritas da maioria dos cachorros consiste em perseguir ou ser perseguido por alguém, pegar um objeto e escapar de nós se torna uma atividade muito divertida que, além disso, pode aprender a fazer para chamar nossa atenção.

3. Estresse ou falta de estimulação ambiental

Mastigar durante um tempo prolongado estimula a secreção de serotonina e endorfinas no cérebro e tem efeito relaxante, por isso muitos cães recorrem à mastigação para lidar com uma situação estressante. Este é o motivo pelo qual não é raro ver um cachorro roendo madeira ou comendo grama quando está em algum lugar desconhecido ou que gera certa tensão e insegurança. Por outro lado, a falta de estimulação ambiental pode levar facilmente ao tédio e à frustração, que também são desencadeadores deste tipo de comportamento de mastigação inapropriados.

4. Síndrome de pica

A picaou alotriofagia é um transtorno comportamental que consiste na ingestão de materiais que não são considerados alimento como, por exemplo, plástico, pedras ou paus. Um cachorro pode desenvolver uma síndrome de pica por vários motivos, a ansiedade crônica, a alimentação inadequada ou as patologias orgânicas são alguns dos mais comuns.

Faz mal um cachorro ficar roendo madeira?

Para um cachorro, morder um galho ou madeira que acaba de encontrar no parque, brincar com ele ou destruí-lo completamente pode ser uma atividade estimulante e divertida e, na maioria dos casos, é um comportamento espontâneo ou condicionado, mas que não está necessariamente relacionado com uma desordem ou com uma patologia prévia.

No entanto, brincar com madeira, paus, pedras, pinhas ou qualquer outro elemento similar tem seus riscos. É comum que, à medida que a madeira é mastigada e quebrada, o cachorro engula um ou outro pedaço, acidentalmente ou deliberadamente. É possível que os fragmentos da madeira passem pelo trato digestivo do cão e sejam evacuados com as fezes, no pior dos casos, podem causar asfixia, lacerações, perfuração dos órgãos, mal-estar estomacal, obstrução intestinal ou gastrointestinais, entre outros problemas que requerem uma visita obrigatório (e às vezes muito urgente) ao veterinário.

Além disso, algumas lascas pequenas podem ficar presas na língua, gengivas, palato ou outras áreas da boca do cachorro sem que percebamos, causando muita dor, infecção e, em muitos casos, o aparecimento de um abscesso purulento que deve ser tratado por um profissional. Por todas essas razões, não é recomendado deixar um cachorro roendo madeira, galhos e paus livremente.

Cachorro roendo madeira - Causas e o que fazer - Faz mal um cachorro ficar roendo madeira?

Cachorro roendo madeira: o que fazer

A melhor maneira para prevenir qualquer possível lesão em caso de um cachorro roendo madeira é evitar que o peludo, seja filhote ou adulto, morda e mastigue paus e substituí-los por brinquedos mais apropriados. Se costumamos brincar com nosso amigo canino utilizando paus como mordedor ou jogá-los para que corra atrás deles, é possível que ele acabe desenvolvendo certa obsessão por buscar e pegar todo tipo de galhos que encontra na rua.

Acabar com esse comportamento pode ser difícil em alguns casos, mas, aos poucos, devemos ensinar ao cachorro que gravetos não serão mais utilizados como brinquedos. Para isso, o ideal é que, durante os passeios, levemos um mordedor ou isca de borracha, fibra ou algum outro material resistente que não seja prejudicial para o cachorro e pelo qual possamos trocar os paus que ele apanha.

Outra boa opção se o cachorro fica roendo madeira é ensinar o comando "deixa" ou "solta" para inibir seu impulso de mastigar a madeira. Para isso, podemos começar treinando em casa e ir dificultando o exercício à medida que o cão vai compreendendo. Para conseguir isso, sempre podemos contar com a ajuda de um profissional de educação canina que utiliza técnicas respeitosas e baseadas no reforço positivo. Mesmo assim, recomendamos consultar este artigo como ensinar o cachorro a soltar objetos.

Realizar passeios por locais tranquilos e/ou novos, estimular o uso do olfato, oferecer lanches apropriados para promover uma mastigação saudável ou proporcionar mais estimulação ambiental em casa podem ser ações úteis para reduzir o nível de estresse do cachorro, o qual, em algumas ocasiões, está diretamente relacionado com o comportamento de destruir e ingerir galhos.

Por fim, se o cachorro costuma mastigar paus e observamos qualquer indício de desconforto, dor ou o cão começa a apresentar comportamentos estranhos, devemos ir imediatamente ao veterinário.

No vídeo a seguir, você aprenderá como fazer um brinquedo mordedor caseiro para cachorro:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro roendo madeira - Causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro roendo madeira - Causas e o que fazer
1 de 2
Cachorro roendo madeira - Causas e o que fazer

Voltar ao topo da página