Partilhar

Cetáceos - Significado, Tipos e Características

 
Por Ana Diaz Maqueda. Atualizado: 18 maio 2020
Cetáceos - Significado, Tipos e Características

Os cetáceos são os animais marinhos mais famosos por causa de sua presença em histórias e lendas antigas. São animais que sempre despertaram grande interesse por parte dos seres humanos. Estes animais são, de forma geral, grandes desconhecidos que, pouco a pouco, vão desaparecendo sem que nós aparentemente façamos nada.

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos falar sobre os cetáceos - o que são, suas características, onde vivem e outras curiosidades. Você quer saber mais sobre esses habitantes das profundezas marinhas? Continue lendo!

Também lhe pode interessar: Tipos de moscas: espécies e características

O que são cetáceos

A ordem dos cetáceos é composta por duas subordens, os misticetos, formados pelas baleias barbadas, e os odontocetos, compostos por cetáceos dentados, como cachalotes, golfinhos e orcas.

A evolução dos cetáceos tem levado a uma semelhança entre estas duas subordens vivas, sendo o resultado da convergência evolutiva. As características estruturais comuns entre os dois grupos, como a forma do corpo, a posição da narina ou espiráculo acima da cabeça, a ausência de cordas vocais e a forma semelhante dos pulmões sugerem que estas espécies evoluíram de ancestrais diferentes para animais muito semelhantes entre si.

Portanto, os mamíferos cetáceos são animais pulmonares que habitam nossos mares e oceanos, embora certas espécies vivam em rios.

Cetáceos - Significado, Tipos e Características - O que são cetáceos

Características dos cetáceos

Os cetáceos são caracterizados por sua anatomia, morfologia, fisiologia e habitat. As principais características dos cetáceos são:

  • Eles exibem uma gama de massa corporal excepcionalmente ampla que influencia suas capacidades de armazenamento e utilização de oxigênio. Isso evita o aparecimento de hipoxia ou falta de oxigênio em seus tecidos.
  • Durante o mergulho, seu coração desvia o sangue para o cérebro, pulmões e músculos para permitir a natação e o funcionamento contínuo do corpo.
  • A traquéia é mais curta do que nos mamíferos terrestres e não se comunica com o esôfago. Está ligada ao espiráculo, onde eles absorvem e expulsam o ar.
  • Possuem grandes reservatórios de gordura para evitar a hipotermia quando mergulham a grandes profundidades.
  • O formato hidrodinâmico de seu corpo permite uma maior velocidade de natação e evita os danos de grandes mudanças de pressão.
  • Não têm cordas vocais. Em vez disso, eles têm um órgão chamado melão que usam para se comunicar ou caçar por ecolocalização.
  • Têm pele muito espessa cuja camada mais externa, a epiderme, é continuamente renovada em grande velocidade.
  • Ao nascer, os filhotes têm pelo, mas este desaparece após alguns meses de vida.
  • O número de barbatanas depende da espécie, embora todos eles tenham nadadeiras peitorais e caudal.
  • Algumas espécies têm dentes, todos do mesmo tamanho e forma. Outros têm barbas que usam para filtrar a água.

Onde os cetáceos vivem

O habitat dos cetáceos é o ambiente aquático. Sem ele, a pele deles secaria e eles morreriam. Alguns cetáceos vivem em águas circumpolares, por exemplo a baleia beluga (Delphinapterus leucas) ou a baleia narval (Monodon monoceros), pelo que estão adaptados às baixas temperaturas. Outros têm uma distribuição mais tropical, como a baleia-piloto-de aleta-longa (Globicephala melas) e a baleia-piloto-de-aleta-curta (Globicephala macrorhynchus).

Alguns desses animais vivem em água doce e são espécies de cetáceos altamente ameaçadas, principalmente devido à poluição dos rios, construção de barragens e caça discriminada. A lista de cetáceos que vivem nos rios é:

  • Golfinho boliviano (Inia boliviensis)
  • Boto-do-araguaia (Inia araguaiaensis)
  • Boto cor-de-rosa (Inia geoffrensis)
  • Toninha (Pontoporia blainvillei)
  • Baiji (Lipotes vexillifer)
  • Golfinho-do-indo (Platanista menor)
  • Golfinho-do-ganges (Platanista gangética)

A grande maioria dos cetáceos faz migrações anuais dos seus locais de alimentação para os seus locais de reprodução. Este é o momento em que estes animais estão mais desprotegidos.

Na imagem podemos ver um boto cor-de-rosa:

Cetáceos - Significado, Tipos e Características - Onde os cetáceos vivem

Tipos de cetáceos

Os cetáceos são classificados em dois grandes grupos: os misticetos e os odontecetos.

1. Misticetos

Os misticetos, comumente chamados de baleias, são menos numerosos e se caracterizam principalmente por possuírem placas de barbas em vez de dentes. São animais de um tamanho enorme que geralmente vivem em águas frias. Algumas de suas espécies não são vistas durante os avistamentos de cetáceos há décadas. As espécies mais comuns de misticetos são:

  • Baleia Franca do Pacífico (Eubalaena japonica)
  • Baleia da Groenlândia (Balaena mysticetus)
  • Baleia-comum (Balaenoptera physalus)
  • Baleia azul (Balaenoptera musculus)
  • Baleia jubarte (Megaptera novaeangliae)
  • Baleia cinzenta (Eschrichtius robustus)
  • Baleia-franca-pigmeia (Caperea marginata)

Na imagem podemos ver uma baleia-comum:

Cetáceos - Significado, Tipos e Características - 1. Misticetos

2. Odontocetos

Os odontocetos são cetáceos com dentes reais, em maior ou menor número. Eles são muito numerosos e incluem uma boa variedade de espécies. Todos eles são animais carnívoros. As espécies de odontocetos mais conhecidas são:

  • Baleia-piloto-de aleta-longa (Globicephala melas)
  • Golfinho-do-sul (Lagenorhynchus australis)
  • Orca (Orcinus orca)
  • Golfinho-listrado (Stenella coeruleoalba)
  • Golfinho-roaz (Tursiops truncatus)
  • Golfinho-de-laterais-brancas-do-atlântico (Lagenorhynchus acutus)
  • Golfinho-do-crepúsculo (Lagenorhynchus obscurus)
  • Toninha-comum (Phocoena phocoena)
  • Vaquita (Phocoena sinus)
  • Toninha-de-óculos (Phocoena dioptrica)
  • Cachalote (Physeter macrocephalus)
  • Cachalote-pigmeu (Kogia breviceps)
  • Cachalote anão (Kogia sima)
  • Baleia-bicuda-de-blainville (Mesoplodon densirostris)
  • Baleia-bicuda-de-gervais (Mesoplodon europaeus)
  • Baleia-bicuda-de-gray (Mesoplodon grayi)

Na imagem podemos ver uma baleia piloto comum:

Cetáceos - Significado, Tipos e Características - 2. Odontocetos

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cetáceos - Significado, Tipos e Características, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Geisler, J. H., & Sanders, A. E. (2003). Morphological evidence for the phylogeny of Cetacea. Journal of Mammalian Evolution, 10(1-2), 23-129.
  • Noren, S. R., & Williams, T. M. (2000). Body size and skeletal muscle myoglobin of cetaceans: adaptations for maximizing dive duration. Comparative Biochemistry and Physiology Part A: Molecular & Integrative Physiology, 126(2), 181-191.
  • Yablokov, A. V. (1965). Convergence or parallelism in the evolution of cetaceans. International Geology Review, 7(8), 1461-1468.

Vídeos relacionados com Cetáceos - Significado, Tipos e Características

Vídeos relacionados com Cetáceos - Significado, Tipos e Características

Escrever comentário sobre Cetáceos - Significado, Tipos e Características

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cetáceos - Significado, Tipos e Características
1 de 5
Cetáceos - Significado, Tipos e Características

Voltar ao topo da página