menu
Partilhar

Animais monogâmicos - Características e exemplos

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 23 dezembro 2021
Animais monogâmicos - Características e exemplos

A monogamia é um tipo de comportamento que geralmente associamos aos seres humanos, no entanto, no mundo animal também existem espécies monogâmicas que mantêm um único parceiro por tempo indefinido. Este comportamento tem sido amplamente estudado e considera-se que podem existir múltiplas vantagens que explicam a monogamia em animais, mas também há algumas desvantagens.

Convidamos você para ler este artigo do PeritoAnimal para conhecer as características dos animais monogâmicos, as vantagens deste tipo de relação e alguns exemplos.

O que são animais monogâmicos

Os animais monogâmicos são aqueles que optam por formar casais por um período indefinido a fim de desenvolver sua atividade reprodutiva e, geralmente, para o cuidado de sua cria. Entretanto, existem certas nuances que são importantes de se conhecer, já que dois tipos de monogamia foram estabelecidos entre os animais:

  • Monogamia social: o casal é exclusivo e coopera nas tarefas de alimentação, cuidado e proteção da cria, mas, em certos casos, um dos dois copula com outro indivíduo da espécie. Um exemplo de animal que pratica este tipo de monogamia são algumas aves, como as araras.
  • Monogamia sexual: além dos hábitos acima mencionados, a cópula só ocorre entre o casal. Um exemplo de animais com monogamia sexual são os cavalos-marinhos.

Vantagens e desvantagens da monogamia em animais

A monogamia em animais ocorre por várias razões. Em geral, isso acontece devido às muitas vantagens para as espécies que a praticam. No entanto, vale destacar que há também desvantagens:

Vantagens da monogamia

Em princípio, podemos dizer que a monogamia ocorre devido à necessidade de ter descendentes viáveis para garantir a continuidade dos genes na dinâmica populacional da espécie. A monogamia também é importante para que o casal permaneça unido para os cuidados da prole, pois é algo que requer muito tempo e esforço para ser realizado por apenas um dos pais, especialmente quando a cria é totalmente dependente deles. Neste sentido, a cooperação dos pais é decisiva para a sobrevivência da prole, o que sem dúvida lhes dá uma vantagem reprodutiva.

Outra vantagem que tem sido encontrada associada à monogamia em certas espécies é porque ela ajuda a evitar o infanticídio. Nos mamíferos, enquanto as fêmeas amamentam suas crias, elas ficam sem se reproduzir novamente até o desmame, que em alguns casos pode durar longos períodos de tempo. Esta situação frequentemente leva a que um macho mate a prole de outro quando ele não está presente, a fim de trazer a fêmea, quando ela deixa de amamentar, de volta a um período fértil. É por isso que a permanência do macho e da fêmea (monogamia) nestes animais é uma estratégia que procura garantir a sobrevivência de novos membros do grupo familiar.

Desvantagens da monogamia

Quanto às desvantagens da monogamia, por um lado, encontramos o número de descendentes. Criando sempre com o mesmo parceiro, a probabilidade de ter descendência é menor do que quando o mesmo macho procria com várias fêmeas e vice-versa. Também é possível que o par estabelecido não seja compatível ou que um dos membros não seja fértil.

Por outro lado, a variabilidade genética da prole é mais limitada em pares monogâmicos do que quando a prole é produzida por vários casais.

Exemplos de animais monogâmicos

Os principais grupos em que a monogamia em animais tem sido estudada têm sido aves e mamíferos. No primeiro grupo, foi determinado que cerca de 90% têm um dos dois comportamentos monogâmicos mencionados, enquanto no segundo, apenas 5% têm ambos.

Vejamos alguns exemplos de animais monogâmicos:

Pinguins

Estas são aves pertencentes à ordem dos Sphenisciformes, que inclui uma diversidade de espécies, tendem a ser monogâmicas. Além disso, também é comum que os pinguins utilizem o mesmo ninho já utilizado em gestações anteriores.

Corvos (Corvus corax)

Essas aves peculiares também tendem a ter um comportamento monogâmico por um certo período de tempo e a se reproduzir no mesmo lugar. Entretanto, na ausência do macho, a fêmea pode copular com outro.

Cisnes (Cygnus)

Em geral, estas belas aves são monogâmicas, a menos que uma delas morra. Se isto acontecer e o outro ainda estiver em idade de reprodução, um novo par é formado. O cisne mudo (Cygnus olor) é uma exceção, pois pode ter vários companheiros.

Araras (Psittacoidea)

As araras são um grupo diversificado de belas aves caracterizadas por sua plumagem colorida. Embora sejam frequentemente animais sociais que viajam em bandos, eles são animais monogâmicos e formam pares duradouros.

Pombos (Columbidae)

Outro grupo de aves monogâmicas são os pombos, que têm até uma alta taxa reprodutiva com este sistema de acasalamento.

Lobos (Canis)

Um dos poucos grupos de mamíferos que apresentam comportamento monogâmico é o dos lobos. Além de estabelecer companheiros de longo prazo, ambos participam dos cuidados de seus descendentes.

Neste outro artigo você confere uma curiosidade sobre esses animais monogâmicos: por que os lobos uivam para a lua?

Gibões (Hylobatidae)

Outro exemplo de monogamia em animais é encontrado nos gibões, entre os quais existem várias espécies de primatas que formam pares estáveis e pequenos grupos familiares.

Castores (Castor)

Estes mamíferos semi-aquáticos, dos quais existem três espécies, caracterizam-se por formar grupos familiares com um casal monogâmico reprodutor. É um dos exemplos típicos de cooperação entre machos e fêmeas.

Sapo-imitador-venenoso (Ranitomeya imitator)

Esta é a exceção entre os anfíbios, pois eles são geralmente promíscuos e poligâmicos. Este sapo peruano é monogâmico e o macho participa ativamente dos cuidados dos girinos.

Antílopes dik dik (Madoqua)

Estas são várias espécies de antílopes pequenos que vivem na África e são outro exemplo de animais monogâmicos que formam pares duradouros, ficando muito próximos um do outro durante a maior parte do dia.

Animais monogâmicos - Características e exemplos - Exemplos de animais monogâmicos

Outros animais monogâmicos

Além dos animais monogâmicos que já mencionamos, também podemos citar estes outros:

  • Gruiformes (Gruiformes)
  • Gansos (Anser)
  • Aves-do-Amor (Agapornis)
  • Albatrozes (Diomedeidae)
  • Torda-mergulheira (Aca torda)
  • Cavalos-marinhos (Hippocampus)
  • Cão-selvagem-africano (Lycaon pictus)
  • Chacal-comum (Canis aureus)
  • Águia-de-cabeça-branca (Haliaeetus leucocephalus)
  • Pelicano-branco-americano (Pelecanus erythrorhynchos)

Agora que você conheceu melhor os tipos de monogamia em animais e viu diversos animais monogâmicos, recomendamos a leitura deste outro artigo em que mostramos os 10 animais mais fiéis ao seu parceiro.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais monogâmicos - Características e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Ceccarelli, E. (2021). Naturalmente fieles (conductas monogámicas). Disponível em: <https://www.uv.mx/cienciauv/blog/naturalmentefielesconductasmonogamicas/>. Acesso em 15 de dezembro de 2021.
  • Gabbatiss, J. (2016). ¿Existen animales verdaderamente monógamos? Disponível em: <https://www.bbc.com/mundo/noticias/2016/02/160217_vert_earth_monogamia_animales_yv>. Acesso em 15 de dezembro de 2021.
  • WWF (2021). El deseo del amor. Disponível em: <https://www.worldwildlife.org/descubre-wwf/historias/el-deseo-del-amor>. Acesso em 15 de dezembro de 2021.
  • Walker, M. (2010). Rana peruana revela secreto de la fidelidad. Disponível em: <https://www.bbc.com/mundo/ciencia_tecnologia/2010/02/100223_1250_ranas_fidelidad_sao>. Acesso em 15 de dezembro de 2021.
  • BBC News. ¿Existen animales verdaderamente monógamos?. Disponível em: <https://www.bbc.com/mundo/noticias/2016/02/160217_vert_earth_monogamia_animales_yv>. Acesso em 15 de dezembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Animais monogâmicos - Características e exemplos
1 de 2
Animais monogâmicos - Características e exemplos

Voltar ao topo da página