menu
Partilhar

Urso-de-óculos

Atualizado: 28 junho 2021
Urso-de-óculos

O urso-de-óculos (Tremarctos ornatus) também é conhecido como urso andino, urso frontin, urso sul-americano, jukumari ou ucumari. De acordo com a IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza) vivem em liberdade atualmente entre 2.500 e 10.000 exemplares de ursos-de-óculos. Devido ao contínuo desmatamento das florestas tropicais onde vivem, poluição das águas e caça furtiva, são considerados uma espécie vulnerável à extinção.

Existem várias espécies de ursos, mas nesta ficha do PeritoAnimal falaremos em detalhes sobre o urso-de-óculos, a única espécie de urso da América do Sul. Se você quiser saber mais sobre o urso-de -óculos, te convidamos a continuar lendo.

Origem
  • América
  • Bolívia
  • Colômbia
  • Peru
  • Venezuela

Origem do urso-de-óculos

O urso-de-óculos ou urso andino (Tremarctos ornatus) é nativo da América do Sul e é a única espécie de urso que habita esta parte do continente, sendo endêmico dos Andes tropicais. A distribuição do urso-de-óculos é bastante ampla, pois está presente desde as montanhas da Venezuela até a Bolívia , estando também localizado na Colômbia, Equador e Peru. Em 2014 indivíduos foram vistos no norte da Argentina, embora se acredite que fossem animais de passagem e não população residente.

Características do urso-de-óculos

Sem dúvida, a característica mais marcante do urso-de-óculos é a presença de pelos brancos ao redor dos olhos, de formato circular, que lembra o formato de óculos. Em muitos exemplares esse pelo branco se estende até o peito. O resto do pelo em seu corpo é marrom escuro ou preto.

São ursos de porte muito pequeno: os machos adultos podem alcançar entre 100 e 200 quilos que, em comparação com o urso-de-Kodiak, que pode pesar mais de 650 quilos, é muito pouco. Ursos-de-óculos fêmeas adultas pesam apenas entre 30 e 85 kg. Esta diferença de peso é o dimorfismo sexual mais aparente nesta espécie. Outra característica importante desses ursos é o pelo fino, adaptado para climas quentes. Eles também têm longas garras que usam para subir em árvores.

Habitat do urso-de-óculos

Os ursos de óculos vivem em uma ampla variedade de ecossistemas localizados ao longo dos Andes tropicais. Eles podem viver a uma altura de até 4.750 metros acima do nível do mar e não costumam descer abaixo de 200 metros. A grande variedade de habitats inclui florestas tropicais secas, planícies úmidas, florestas tropicais úmidas, arbustos secos e úmidos e pastagens de alta altitude.

Eles tendem a mudar seu habitat de acordo com a época do ano e a disponibilidade de alimentos. As áreas gramadas e com arbustos normalmente são apenas locais de passagem, pois acredita-se que esses animais precisam da presença de árvores para viver, pois são excelentes escaladores, pois as utilizam para dormir e armazenar alimentos.

Alimentação do urso-de-óculos

Os ursos de óculos são animais onívoros e possuem adaptações para esse tipo de dieta, como o formato especial do crânio, dentes e um pseudo-polegar que facilita o manuseio de alimentos fibrosos, como vegetais duros, por basearem sua dieta em palmeiras, cactos e bulbos de orquídeas. Quando certas árvores começam a dar frutos, os ursos se alimentam delas e até constroem seus ninhos para comer logo após o descanso. As frutas fornecem uma grande quantidade de carboidratos, proteínas e vitaminas.

Por ser um animal onívoro, também come carne. Isso geralmente vem de animais mortos, como coelhos e antas, mas também de gado. Sempre há fontes de alimento disponíveis para eles em seus habitats domésticos, e é por isso que os ursos-de-óculos não hibernam .

Reprodução do urso-de-óculos

As ursas-de-óculos são poliéstricas sazonais, o que quer dizer que têm vários cios ao longo do ano, especialmente entre os meses de março e outubro. Elas também têm o que é conhecido como implantação retardada ou diapausa embrionária. Isso significa que, depois que o óvulo é fertilizado, leva vários meses para se implantar no útero e começar seu desenvolvimento.

As fêmeas constroem seu ninho em uma árvore onde darão à luz entre um e quatro filhotes, gerando gêmeos em muitas ocasiões. A quantidade de filhotes que uma fêmea vai ter ou se são gêmeas ou não vai depender do peso dela, que está relacionado à abundância e disponibilidade de alimento.

Segundo alguns estudos, o parto ocorre entre dois e três meses antes do pico de produção de frutos pelas árvores. Acredita-se que isso permite que as mães saiam do abrigo acompanhadas de seus filhotes, quando os frutos são abundantes. Os ursos-de-óculos machos atingem a maturidade sexual aos quatro anos de idade e podem cruzar com várias fêmeas a cada ano.

Fotos de Urso-de-óculos

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Urso-de-óculos

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
Urso-de-óculos
1 de 6
Urso-de-óculos

Voltar ao topo da página