menu
Partilhar

Raças de gatos sem rabo

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 20 fevereiro 2021
Raças de gatos sem rabo

Ver fichas de  Gatos

As raças mais conhecidas de gatos sem rabo são os gatos Manx e os Bobtails, no entanto, elas não são as únicas. Você já parou para pensar por que existe gato sem rabo? As raças de gatos sem cauda existem devido a genes mutantes responsáveis ​​por causar o encurtamento ou desaparecimento da cauda.

Esses genes possuem, em sua maioria, uma herança dominante. Isso significa que, de dois alelos que o gene carrega, se apenas um dos dois for dominante para essa característica da cauda, ​​o gatinho nascerá sem ela. Dependendo da raça, essa característica vai se manifestar mais ou menos, e em algumas está inclusive relacionada a sérios problemas de saúde e até mesmo à morte do gato.

Na rua, podemos ver gatos que têm caudas curtas e até dobradas, mas isso não quer dizer que seja uma das raças que vamos discutir aqui. As mutações que provocam cauda curta podem ocorrer espontaneamente em gatos comuns ou ao cruzar um gato de raça pura sem cauda com outro de cauda longa. Sem cauda ou não, os gatos são seres maravilhosos e, neste artigo do PeritoAnimal, vamos falar das raças de gatos sem rabo que existem no mundo. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Porque os cachorros abanam o rabo

1. Manx

Os gatos da raça Manx apresentam um dos alelos do gene mutado M de forma dominante (Mm), uma vez que se tiverem os dois alelos dominantes (MM), morrem antes de nascer e apresentam graves lesões ao nível do sistema nervoso. Devido a isso, deve-se evitar a todo custo que uma gata Manx possa parir um gatinho MM, por isso, elas devem cruzar com outras raças sem cauda ou com cauda que sejam recessivas no gene M (mm) e cuja descendência não será, de maneira alguma, MM. Contudo, é sempre recomendado esterilizá-la.

Gatos Manx às vezes têm uma pequena cauda, mas na maioria das vezes, são gatos sem rabo. Essa mutação vem da Ilha de Man, no Reino Unido, daí o nome da raça. Entre suas características físicas estão:

  • Cabeça grande, larga e redonda.
  • Bochechas bem desenvolvidas.
  • Olhos grandes e redondos.
  • Orelhas pequenas.
  • Pescoço forte, mas curto.
  • Pernas traseiras mais longas que as dianteiras.
  • Torso redondo e curvado.
  • Corpo musculoso.
  • Costas curtas.
  • Pelagem macia em camada dupla.
  • As camadas podem ser diversas, sendo frequentemente bicolores e até tricolores.

São gatos calmos, sociáveis, inteligentes e carinhosos, e são considerados excelentes caçadores. No que diz respeito à saúde, geralmente são gatos saudáveis ​​e de vida longa. No entanto, durante o crescimento do gatinho, o desenvolvimento de sua coluna deve ser monitorado de perto para garantir que ele não sofra de má-formações ou doenças provocadas justamente por ser um gato sem rabo.

Dentro da raça Manx, existe uma variedade de pelo comprido conhecida como Cymric que, embora tenha pelo comprido e espesso, não apresenta tendência à formação de nós.

Raças de gatos sem rabo - 1. Manx

2. Bobtail Japonês

Esta raça de gato sem rabo chegou ao continente asiático há mais de 1.000 anos. A mutação de sua cauda é recessiva, portanto, se o gato tiver os dois alelos para o gene, sua cauda será mais curta do que se tiver apenas um. Ao contrário dos gatos Manês, a presença dos dois alelos para a mutação do gene não leva a nenhum problema de saúde, muito menos à morte do felino.

O Bobtail Japonês se caracteriza por ter:

  • Cauda encurtada e retorcida que forma um pompom na ponta.
  • Cara triangular.
  • Orelhas separadas e um pouco arredondas na ponta.
  • Maçãs do rosto marcadas.
  • Nariz comprido com uma pequena fenda.
  • Focinho bem desenvolvido.
  • Olhos grandes e ovalados.
  • Corpo comprido e musculoso que lhe permite dar bons saltos.
  • Pernas longas, as traseiras um pouco mais longas que as dianteiras.
  • Os machos costumam ser bicolores e as fêmeas, tricolores.
  • Pelagem macia de camada única, que pode ser longa ou curta.

Eles são gatos curiosos, extrovertidos, inteligentes, brincalhões, ativos e sociais. Não são barulhentos, mas são caracterizados por sua necessidade de comunicação e expressão, especialmente com as pessoas, para quem costumam miar em diferentes tons para se comunicar.

Em relação à saúde, esse gato sem rabo é forte, mas sua dieta deve ser compatível com seu nível de atividade, que geralmente é superior ao de outras raças.

Raças de gatos sem rabo - 2. Bobtail Japonês

3. Bobtail Americano

Esta raça apareceu espontaneamente no Arizona, nos Estados Unidos, no final dos anos 1960, devido a uma mutação genética dominante. Não está de forma alguma geneticamente relacionado à raça Bobtail Japonês, embora se assemelhem fisicamente, e nem é o resultado da mistura com outra raça de cauda curta.

Se caracterizam por apresentar:

  • Cauda curta, entre um terço e a metade do comprimento padrão.
  • Corpo robusto.
  • Orelhas pontudas.
  • Perfil côncavo.
  • Focinho largo.
  • Mandíbula forte.
  • Pernas traseiras um pouco mais longas que as dianteiras.
  • Pelo curto e comprido e abundante.
  • Sua pelagem pode ser de diversas camadas de cores.

Gatos dessa raça geralmente são fortes e saudáveis. São brincalhões, enérgicos, muito inteligentes e afetuosos, mas não são muito independentes. São muito adaptáveis ​​a novas casas e costumam até mesmo tolerar bem as viagens.

Raças de gatos sem rabo - 3. Bobtail Americano

4. Bobtail Kurilian

Não é necessariamente um gato sem rabo, mas sim, uma raça de gato com cauda muito curta originária das Ilhas Sakhalin e Curilhas, entre a Rússia e o Japão, que iniciou a sua popularidade no final da década de 1980. Acredita-se que foi produzida devido a um cruzamento de gatos japoneses sem rabo com gatos siberianos.

Os gatos Bobtail Kurilian se caracterizam por:

  • Cauda curta (2-10 vértebras), esponjosa enrolada com um pompom.
  • Cabeça grande em forma de cunha e arredondada.
  • Olhos ovalados a arredondados em forma de noz.
  • Orelhas médias de formato triangular, largas na base.
  • Perfil curvo.
  • Focinho largo e de tamanho médio.
  • Queixo forte.
  • Corpo robusto, de médio a grande, dado que os machos podem chegar a pesar 7 kg.
  • A área próxima ao quadril (garupa) costuma ser um pouco inclinada para cima.
  • Pele grossa devido às baixas temperaturas da área de sua origem.
  • Patas fortes, as traseiras mais compridas que as dianteiras.
  • Pelo macio e denso, curto ou semilongo.

Os Bobtails Kurilian são gatos alegres, inteligentes, pacientes, dóceis, tolerantes e excelente caçadores, principalmente de peixes, por isso toleram a água melhor do que outras raças de gatos.

É uma raça acostumada a climas extremos, muito forte, que geralmente é muito saudável, de modo que as visitas ao veterinário possivelmente serão de rotina e para vacinação e desparasitação.

Raças de gatos sem rabo - 4. Bobtail Kurilian

5. Bobtail Mekong

É uma raça desenvolvida principalmente na Rússia com gatos trazidos de vários países do Sudeste Asiático; se encontra amplamente distribuída nesta última área. Foi criado a partir da raça do gato Siamês, podendo ser considerado sua variedade de cauda curta.

As características físicas desse que podemos considerar outro gato sem rabo são as seguintes:

  • De corpo atlético com formato retangular e elegante.
  • Pernas magras e de comprimento médio.
  • Unhas posteriores sempre expostas.
  • Cauda curta em formato de pincel ou pompom.
  • Cabeça um pouco plana com contornos arredondados.
  • Mandíbula forte.
  • Focinho fino e ovalado.
  • Orelhas grandes, largas na base e arredondadas na ponta.
  • Olhos grandes e ovalados de color azul, com olhar expressivo.
  • Pelo curto, sedoso e brilhante.

Apresentam o mesmo padrão de "pontos de cor" que os siameses, bege mas de cor mais escura nas extremidades, cauda, ​​nariz e orelhas, onde a temperatura é mais baixa. São animais silenciosos, com um miado muito mais sutil que o comum. Eles têm uma boa personalidade, são afetuosos, brincalhões e muito inteligentes. São uma raça de gatos com facilidade para aprender comandos e estão continuamente alertas para qualquer presa com que possam brincar ou caçar.

É uma raça em geral saudável, sem problemas genéticos. Às vezes exigem controles veterinários devido ao estrabismo que alguns indivíduos podem manifestar, mas não é algo hereditário.

Raças de gatos sem rabo - 5. Bobtail Mekong

6. Pixie Bob

Os gatos Pixie Bob tiveram origem na Cordilheira das Cascatas de Washington no final da década de 1960. Alguns especialistas acreditam que surgiram devido a um cruzamento entre Bobcats, gatos domésticos, e linces selvagens americanos.

As características dessa raça felina são:

  • Cauda curta e grossa (de 5-15 cm), embora a de alguns exemplares possa ser mais longa.
  • Raça de tamanho médio a grande.
  • Desenvolvimento lento, completo aos 4 anos.
  • Esqueleto e musculatura forte.
  • Peito largo.
  • Cabeça comprida.
  • Testa proeminente.
  • Focinho largo e comprido.
  • Olhos ovais, um pouco encovados, com sobrancelhas espessas.
  • Mandíbula forte.
  • Orelhas de base larga e ponta arredonda, com tufos de pelo similares aos dos linces.
  • Mais de 50% dos gatos apresentam polidactilia (6-7 dedos nas patas dianteiras e 5-6 nas patas traseiras).
  • A pelagem vai desde tons vermelhos aos marrons, com pontos de cor mais escura.

Quanto à personalidade, são gatos muito pacíficos, calmos, sociáveis, dóceis, afetuosos, fiéis, inteligentes e caseiros, pois adoram viver em ambientes fechados. Ao contrário de outras raças de gatos sem rabo, ​​eles não mostram tanto interesse em explorar o ar livre, embora possam tolerar passeios com coleira.

A saúde dos gatos Pixie Bob geralmente é boa, mas eles podem sofrer distúrbios reprodutivos nas fêmeas (distocia no parto ou hiperplasia endometrial cística), e nos machos criptorquidia (um dos dois testículos não desce para o escroto aos dois meses de idade, mas fica dentro do abdômen ou região inguinal do gato), bem como problemas cardíacos, como cardiomiopatia hipertrófica.

Raças de gatos sem rabo - 6. Pixie Bob

Gatos Lynx

Durante a década de 90, foi desenvolvido um grupo de gatos sem rabo que foram agrupados dentro da categoria "lynx" ou lince. Mais especificamente, existem as seguintes variedades de raça:

7. American Lynx

São gatos cuja aparência lembra a dos linces, com uma cauda curta e fofa, aspecto forte, musculoso e robusto. Esses gatos têm uma cabeça bastante grande, nariz largo, bochechas altas, queixo firme e barba bem definida. As pernas são robustas, sendo as traseiras um pouco mais longas que as dianteiras. A pelagem é média e vai de tons leopardo a diferentes tonalidades avermelhadas. Eles podem se acostumar a viver em uma casa, mas devem ter a possibilidade de ficar ao ar livre para que possam gastar sua alta energia.

8. Desert Lynx

Também chamados de Caracal ou Lince do deserto, embora sejam mais estilizados e não possuam os pelos ao redor do rosto, como os linces. Esse tipo de gato sem rabo podem ser encontrados na África, Sudeste Asiático e Oriente Médio. São felinos que podem atingir até 98 cm de comprimento, 50 cm de altura e 18 kg de peso. Sua cauda é mais comprida que a dos gatos que já mencionamos, mas ainda é curta. O pelo é de cor areia avermelhada e com o ventre branco. Possuem orelhas e manchas de cor preta nos olhos e bigodes e em ambos os lados do focinho, e uma faixa preta que vai do olho até o nariz. Seus olhos são grandes e amarelados, as pernas são longas e finas e seu corpo é atlético.

9. Alpine Lynx

São gatos brancos, de tamanho médio, com cauda curta e pelos longos ou curtos, muito semelhantes aos de linces. Sua cabeça é de tamanho médio a grande, com um focinho quadrado e bem desenvolvido, olhos grandes e expressivos de várias cores, orelhas com tufos nas pontas que podem ser retos ou encaracolados, sendo esses últimos maiores e dominantes. Suas patas possuem tufos nos dedos.

10. Highland Lynx

Foi desenvolvido nos Estados Unidos através do cruzamento da raça Desert Lynx com Jungle Curls para obter orelhas encaracoladas como as desse último. São gatos com pelo curto ou semilongo e de cores diferentes. São gatos de tamanho médio, corpo musculoso e robusto e alguns apresentam polidactilia. Eles têm uma testa longa e inclinada, olhos largos, um focinho grande e mais grosso, e um nariz largo. É um gato muito ativo, inteligente, carinhoso e brincalhão.

E aí, você já viu um gato sem rabo? Conte para nós e, se viver com um, poste uma foto dele nos comentários deste artigo!

Raças de gatos sem rabo - Gatos Lynx

Se deseja ler mais artigos parecidos a Raças de gatos sem rabo, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Migatapersa. 7 razas de gatos sin cola. Disponível em: <https://www.migatapersa.com/gatos-sin-cola/>. Acesso em 18 de fevereiro de 2021.
  • J. Metz. (2011). Razas de gatos. Editorial Hispano Europea, S.A.
  • Todo sobre mi gato. (2016). Gatos sin cola. Disponível em: <http://www.todosobremigato.com/2016/02/gatos-sin-cola.html>. Acesso em 18 de fevereiro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Raças de gatos sem rabo
1 de 8
Raças de gatos sem rabo

Voltar ao topo da página