Partilhar

Kerry Blue Terrier

Atualizado: 24 agosto 2020
Kerry Blue Terrier

Animado, alegre, enérgico, protetor e afetuoso, sem dúvida todos esses adjetivos podem descrever a raça canina que estamos te apresentando aqui no PeritoAnimal. Trata-se do Kerry Blue Terrier, um cachorro originário da Ilha Esmeralda, mas que hoje pode ser visto em praticamente qualquer país e região do mundo.

O Kerry Blue Terrier, como integrante do grupo dos terriers, possui uma personalidade forte, marcada por grande teimosia e força. Às vezes pode ser difícil de adestrar, mas nada que não possa ser resolvido seguindo algumas das dicas que damos aqui. Além disso, é uma das raças de cachorros mais inteligentes do mundo! Continue lendo para aprender todas as características do Kerry Blue Terrier.

Origem
  • Europa
  • Irlanda
Classificação FCI
  • Grupo III
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Recomendações
  • Arnês
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do Kerry Blue Terrier

O Kerry Blue Terrier é um cachorro irlandês, pois se originou no condado de Kerry, no sudoeste da província irlandesa de Munster. Esta raça era muito típica na região, e exercia a função de um cão de caça. Se destacavam especialmente por suas habilidades para a árdua caça de lontras, mesmo quando submersas em águas profundas, e dos texugos, que perseguiam em seus túneis subterrâneos.

Apesar de ser uma raça tão comum, não há dados que datam com precisão quando ocorreu a origem do Kerry Blue. Contudo, acredita-se que esteja presente na Irlanda há vários séculos. As primeiras referências datam do ano de 1847, mas foi somente em 1920 que foi criado o primeiro clube da raça, o Dublin Blue Terrier Club. Desta forma, a raça se popularizou em toda a Irlanda, cruzando suas fronteiras em 1928, quando passou a ser conhecida em outras partes do mundo. Eles se tornaram um dos cachorros de companhia do momento, sendo definidos como companheiros e trabalhadores ideais.

Características do Kerry Blue Terrier

O Kerry Blue Terrier é um cachorro de tamanho médio. Os machos pesam entre 15 e 18 kg, e as fêmeas ficam um pouco abaixo disso. No caso dos machos, a altura na cernelha costuma variar entre 45 e 49,5 centímetros, enquanto nas fêmeas é entre 44 e 48 centímetros, por isso há um certo dimorfismo sexual. A expectativa de vida da raça Kerry Blue Terrier varia entre 12 e 15 anos.

Tem um corpo compacto e musculoso com linhas retas e um peito largo e profundo. A cauda, ​​de inserção média, é fina e parece ereta quase o tempo todo. Seus membros são ágeis, leves e com musculatura muito desenvolvida, terminando em patas compactas, com unhas pretas e almofadas redondas e resistentes. A cabeça é larga e forte, principalmente nos machos, e é coberta por muitos pelos. Apresenta um leve stop com um grande nariz preto. Seus olhos são de tamanho médio e escuros, geralmente pretos, castanhos ou avelã, e têm uma aparência astuta.

Agora, dentro das características do Kerry Blue Terrier, se há algo que o destaca dos demais, é sua pelagem. Ela é densa e espessa, com um toque macio e forma ondulada. Além disso, o kerry blue terrier é um dos chamados cachorros hipoalergênicos, e é um dos cachorros com menos odor corporal. Por último, destaca-se a tosa particular que costuma ser feita nesta raça de cachorro, em que se mostra a pelagem curta com uma longa barba e "sobrancelhas" também bastante compridas.

Cores do Kerry Blue Terrier

As cores incluídas no padrão oficial do Kerry Blue Terrier são o azul em qualquer uma das tonalidades, com ou sem manchas pretas. Em exemplares com menos de 18 meses, é aceita a presença de leves tons avermelhados, ou que sejam pretos.

O filhote de Kerry Blue Terrier

Um filhote da raça Kerry Blue Terrier requer certas atenções, além da atenção básica que qualquer filhote deve receber. Algumas delas são, por exemplo, a socialização precoce e brincadeiras ou atividades que o estimulem física e mentalmente todos os dias.

Com foco na socialização, é importante realizá-la precocemente, pois esses cachorros possuem um temperamento forte, além de serem frequentes os episódios de agressividade ou rejeição a outros cães. É por isso que os Kerry Blue requerem atenção nesta área. Você pode ver algumas dicas úteis sobre a socialização precoce neste artigo interessante que explica como socializar um filhote de cachorro corretamente.

Personalidade do Kerry Blue Terrier

Os Kerry blues se destacam por serem cachorros extremamente ativos, exigindo atividade física intensa ou pelo menos moderada diariamente. Mas eles não são apenas fisicamente ativos, como também são mentalmente inquietos e curiosos, como os cachorros terriers que são, e se destacam por seu permanente estado de alerta e sua astúcia. Também se destacam por serem verdadeiros amantes de suas famílias. Gostam de se dedicar à família e de passar momentos em companhia, de que necessitam para evitar sofrer alterações no comportamento, como a ansiedade por separação. Por esta razão, o Kerry Blue Terrier não é adequado para a vida solitária.

Como dissemos no início, esses cachorros são muito inteligentes. Sua sagacidade pode deixar qualquer um perplexo. Portanto, são excelentes caçadores de lontras e texugos, pois não são apenas cães fortes e velozes, mas também utilizam sua inteligência para criar estratégias para este e praticamente todos os outros aspectos de suas vidas.

Além de tudo isso, destacam-se pela teimosia e territorialidade, o que, como mostraremos ao falar sobre seu adestramento, torna essa uma raça difícil para pessoas que não tiveram contato prévio com ela ou carecem de experiência em adestramento canino.

Cuidados do Kerry Blue Terrier

Como mencionamos acima, o Kerry Blue Terrier é um cachorro extremamente ativo e enérgico, que precisa se exercitar todos os dias para evitar ficar inquieto e ansioso. Ele precisa fazer várias caminhadas diárias, mas também outras atividades de intensidade alta ou moderada, como correr, nadar ou praticar um esporte que permita essa movimentação de que precisa.

Quanto aos cuidados com a pelagem, é necessário escová-la pelo menos quatro vezes por semana, caso contrário se formam emaranhados e nós que são praticamente impossíveis de desfazer. Geralmente, é recomendável fazer uma tosa a cada 2-3 meses, embora isso não seja essencial e dependa, entre outros aspectos, do clima em que vive cada espécime. Sobre isso, o ambiente também influencia se o animal pode trazer algum parasita ou sujeira grudada na pelagem após suas saídas, por isso é altamente recomendável verificar sua pelagem ao retornar para casa.

Por outro lado, por ser muito inteligente, dentro dos cuidados do Kerry Blue Terrier está o enriquecimento ambiental adequado, composto por jogos de inteligência que lhe permitam estar bem estimulado. É claro que não podemos esquecer que este cachorro precisa de atenção, por isso é aconselhável brincar com ele, evitar deixá-lo sozinho por muitas horas em casa e, acima de tudo, ensiná-lo a administrar essa solidão.

Educação do Kerry Blue Terrier

Um Kerry Blue Terrier geralmente tem, como vimos, uma personalidade bastante poderosa, o que pode dificultar sua educação em determinados momentos. Sem dúvida, os momentos mais críticos são aqueles em que o animal, determinado a fazer o que quer ou a não fazer o que lhe é pedido, não dá o braço a torcer e não cede às exigências do treinador. Portanto, se você não tem experiência em adestramento de cães, é aconselhável procurar um adestrador profissional. É claro que a reação do cachorro às sessões de educação e adestramento também estará intimamente relacionada aos métodos usados. Se você usar o reforço positivo, embora em alguns momentos possa parecer que o Kerry Blue Terrier não está disposto a cooperar, é mais provável que ele responda corretamente e mostre vontade de aprender.

Alguns dos aspectos mais trabalhados com essa raça são aqueles relacionados à territorialidade, intimamente ligados à possessividade e agressividade, além da socialização. Nesse sentido, em geral o contato com diferentes animais e pessoas, bem como a movimentação por diferentes ambientes no início de seu desenvolvimento, pode facilitar o treinamento à medida que o filhote de Kerry Blue Terrier cresce.

Saúde do Kerry Blue Terrier

O Kerry Blue Terrier não se destaca como uma raça delicada, longe disso. Contudo, se os cruzamentos forem feitos de forma descuidada, alterações realmente graves podem surgir. Em geral, os responsáveis ​​por um Kerry blue terrier destacam a resistência desses cachorros, que não exigem mais do que cuidados básicos como as visitas regulares ao veterinário, com as respectivas vacinações e vermifugações.

No entanto, se os cruzamentos não forem realizados de forma adequada, podem surgir alterações como a perigosa doença de Von Willebrand, que seria comparável ao que conhecemos como hemofilia em humanos, ou a mielopatia degenerativa, ou síndrome de Wobbler, que afeta a saúde das vértebras do animal. Ambas afetam o funcionamento do sistema nervoso, sendo degenerativos e de origem genética, ou seja, são herdadas.

Onde adotar um Kerry Blue Terrier?

Se você está procurando um Kerry Blue Terrier para adoção, é sempre recomendável ir aos canis e associações de animais que podem ter um espécime para adoção. Se não encontrar nenhum, você pode expandir a área de pesquisa ou aguardar até que um espécime apareça.

Mas, sem dúvida, o mais importante não é onde encontrá-lo, mas ter a certeza de que você pode assumir o compromisso e a responsabilidade de ter um Kerry Blue Terrier ou qualquer outro animal. Antes da adoção, é imprescindível saber tudo o que envolve acolher um novo integrante em sua casa, com suas próprias necessidades e exigências.

Fotos de Kerry Blue Terrier

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Kerry Blue Terrier

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Kerry Blue Terrier
1 de 4
Kerry Blue Terrier

Voltar ao topo da página