menu
Partilhar

Por que meu cachorro me segue até o banheiro?

 
Por Ricardo Luis Bruno Cazeaux, Veterinário e etólogo. 28 junho 2021
Por que meu cachorro me segue até o banheiro?

Ver fichas de  Cachorros

Muitas pessoas, mesmo que gostem da situação, se perguntam por que seu cachorro as segue até o banheiro. O apego de um cachorro ao seu companheiro humano é um fato natural e denota uma boa relação entre os dois. No entanto, esta situação sempre suscita algumas dúvidas e, por isso, é totalmente normal se fazer esta pergunta.

Quando um cachorro acompanha seu tutor ao banheiro, ele certamente também deve acompanhá-lo a muitos outros lugares aonde vai pela casa, mas este fato, que nesses casos é quase imperceptível para o tutor, fica evidente quando ele vai ao banheiro. Isso se deve à conotação que ir para aquele lugar de absoluta privacidade representa para as pessoas. Por esse motivo, neste artigo do PeritoAnimal, vamos responder à sua indagação: por que meu cachorro me segue até o banheiro?

Características comportamentais caninas

Os cachorros pertencem a uma espécie gregária. Isso significa que eles estão evolutivamente adaptados a viver dentro de um grupo social. No início, essa era uma condição indispensável para a sobrevivência do indivíduo em questão, e é por isso os cachorros têm tão arraigada em seu cérebro a tendência a se aproximar de outro indivíduo de seu grupo social com o qual, obviamente, têm um bom vínculo afetivo.

Existem estudos estatísticos de observação comportamental em comunidades caninas que mostram que um cachorro pode passar mais da metade do dia a menos de 10 metros de algum outro membro de seu grupo social. Algo semelhante também foi observado em grupos de lobos.

É fácil entender, conhecendo estes conceitos anteriores, a resposta para a pergunta que muitos tutores de cachorros se fazem, dizendo "meu cachorro não se separa de mim", “meu cachorro me segue por toda parte” ou, especificamente, "meu cachorro me segue até o banheiro", que detalharemos a seguir.

Por que meu cachorro me segue até o banheiro?

Tudo o que já foi dito não explicaria, por si só, por que os cachorros te seguem até o banheiro, uma vez que há muitos cães que têm um excelente relacionamento e um vínculo afetivo muito bom com seu companheiro humano mas não estão atentos a ele o tempo todo, nem seguindo-o por onde quer que vá na casa em que ambos habitam.

O comportamento da espécie nos ajuda a entender que nossos cachorros querem ficar ao nosso lado em todas as áreas da casa, pois são animais acostumados a viver em grupos e também são muito protetores. Assim, pode ser que ele te siga ao banheiro para te proteger, assim como se sente protegido por você. É também por isso que é comum seu cachorro te olhar quando faz cocô. Nesse momento, os cães estão vulneráveis ​​e buscam o apoio de seu grupo social.

Então, o que significa quando o cachorro te segue até o banheiro? Além do que já falamos, apresentamos outros motivos:

Comportamento adquirido desde filhote

O que a explicação anterior permite é começar a entender a base genética que dá origem e mantém o comportamento do animal. Então, por que, se há tantos cachorros que se dão bem com seus tutores humanos, nem todos os seguem até o banheiro? Nos primeiros estágios da vida do cachorro, ou seja, quando filhotinho, o animal encontra-se em uma fase de seu desenvolvimento comportamental que é e será fundamental em sua vida atual e, principalmente, na sua vida futura como um cachorro adulto.

É uma fase em que todas as experiências vividas irão marcar profundamente o comportamento do animal, são as chamadas “primeiras experiências”, que têm um grande impacto no comportamento do indivíduo que as vivencia. Essas experiências podem ser tanto negativas como positivas para o animal. O comportamento de um cachorro que passou por uma experiência traumática precoce não será igual ao de um cachorro que teve experiências iniciais agradáveis ​​e positivas.

Se desde pequeno ele se acostumou a te seguir e a acompanhar enquanto você está no banheiro, é totalmente normal que ele continue a ter esse comportamento na idade adulta. Ele adquiriu esse comportamento, e para ele, o estranho seria não ir com você. Agora, também pode ser totalmente normal que ele não tenha adquirido esse comportamento e, portanto, não te siga, ou tenha aprendido que não tem permissão para entrar naquele local.

Hiperapego

O cachorro não tem consciência de saber que o banheiro é um lugar muito privado para o ser humano, para ele é mais um espaço da casa. Se ele adquiriu esse comportamento desde pequeno, mas a relação que estabeleceu com você é totalmente saudável, o cachorro não deve se incomodar se você não deixá-lo entrar e fechar a porta. Ele provavelmente te seguirá e retornará ao seu lugar de descanso quando perceber que não pode passar. Contudo, existe outra situação, em que o cachorro pode ficar atrás da porta chorando, arranhando ou latindo para que o deixemos passar. Nesse caso, o cachorro apresenta sintomas de estresse e ansiedade por não ter acesso livre ao banheiro. Por que isso acontece?

A razão pela qual ele faz isso tem a ver com um apego excessivo com seu companheiro humano. A partir da tendência herdada dos cachorros de gerar vínculos e ligações com os membros de seu grupo social, e com alguns deles mais do que com outros, o que geralmente acontece é que seu tutor foi muito afetuoso ou pelo menos lhe deu muita atenção e talvez muito contato físico quando o cachorro era filhote. Isso gera no cachorro um forte vínculo com seu companheiro humano, algo totalmente correto, mas que em alguns caninos domésticos mais predispostos, leva ao hiperapego.

Uma coisa é o animal ter apego ao seu tutor, e outra é desenvolver um apego excessivo, pois isso significa que nos momentos em que não está com o seu tutor responsável, o cachorro entra em um estado de ansiedade excessiva que o leva a exibir comportamentos indesejados.

Em suma, que um cão gere um bom apego e vínculo afetivo com seu tutor é algo plausível, benéfico e agradável para ambos, mas deve-se tomar cuidado para que esse apego seja exagerado e gere possíveis comportamentos por parte do animal que tornam desagradável a vida compartilhada pelos dois. Como sempre, o ideal não é pouco nem muito, apenas o suficiente.

Como manejar esse comportamento do cachorro?

Se seu cachorro te segue até o banheiro e não mostra sinais de ansiedade por não permitir que ele entre, não é necessário intervir, porque o animal já entende que não pode passar e que nada acontece por causa disso. Agora, se o seu cachorro te acompanha ao banheiro porque é muito dependente, ou seja, desenvolveu hiperapego, é fundamental tratá-lo para devolver ao animal sua estabilidade emocional.

Cachorros que desenvolvem esse problema geralmente apresentam outros sintomas, como chorar ou latir quando ficam sozinhos, destruir objetos ou móveis, urinar dentro de casa e até mesmo vomitar, chorar quando não conseguem dormir no quarto de seu tutor, etc. São sinais característicos, também, da ansiedade por separação.

Uma vez gerado e estabelecido esse comportamento de hiperapego de um cachorro com um de seus tutores, a única forma de reduzi-lo é por meio do que se conhece tecnicamente como retirada da atenção social, ou seja, gerar um desapego sem que o animal esteja excessivamente atento. O manejo correto de um cachorro depende da atitude de seu tutor. Deixar o cachorro passar um tempo sozinho com um brinquedo contendo comida é uma excelente ideia porque permite que ele se divirta sozinho.

Da mesma forma, levá-lo a um parque e deixá-lo interagir com outros cães e até mesmo permitir que outras pessoas da casa saiam para passear com o cachorro e passar um tempo com ele são ótimas opções. Em todo caso, muitas vezes a dependência é tal que, sem conhecimento, é praticamente impossível tentar corrigir a situação. Por isso, é aconselhável ir a um educador canino ou etólogo.

Agora que você já sabe por que um cachorro te segue até o banheiro e entendeu o que significa quando um cachorro segue o tutor em diferentes situações, não perca o vídeo a seguir em que detalhamos ainda mais esse assunto:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que meu cachorro me segue até o banheiro?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Landsberg, Hunthausen, Ackerman. Manual de Problemas de conducta del perro y gato. Ed.: Acribia
  • B.Beaver. Ed. Saunders. Canine Behavior: A guide for Veterinarians.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Por que meu cachorro me segue até o banheiro?
Por que meu cachorro me segue até o banheiro?

Voltar ao topo da página