menu
Partilhar

Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 31 dezembro 2021
Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução

O peixe-boi é um mamífero que pertence à ordem dos sirenídeos, na qual existem apenas dois gêneros, Dugong e Trichechus, sendo este último aquele a que pertencem os peixes-boi. Esses animais se caracterizam por serem pacíficos e possuírem diversas peculiaridades que não são muito comuns na fauna marinha.

Por outro lado, este sirenídeo tem enfrentado efeitos adversos gerados pelas ações humanas, o que, sem dúvida, tem afetado significativamente suas populações. Vá em frente e continue lendo este artigo do PeritoAnimal e assim conheça todas as características do peixe-boi, os tipos que existem, qual é seu habitat, alimentação e reprodução.

Características do peixe-boi

Vamos conhecer a seguir quais algumas das principais características do peixe-boi:

  • São animais corpulentos, que medem entre 3 e 4 metros e pesam de 500 a 1.000 kg.
  • Seus corpos parecem um torpedo grosso.
  • A cabeça é pequena em relação ao corpo, assim como os olhos.
  • Possuem um focinho saliente onde estão localizadas as narinas e, sob ele, a boca. Visto de frente, tem uma forma achatada. Também apresenta vibrissas ou bigodes grandes e grossos.
  • Possuem dois membros anteriores, que são barbatanas achatadas e em forma de remo. Além disso, possui uma barbatana caudal grande e achatada.
  • Nas barbatanas anteriores podem ser vistas unhas vestigiais.
  • A pele do peixe-boi é de cerca de 5 cm de espessura, com rugas finas e de coloração cinza-acastanhada. No entanto, é comum observá-los com certas tonalidades verdes que se devem à presença de algas sobre seu corpo.
  • Possui uma visão limitada, mas um sistema auditivo bem desenvolvido. Acredita-se que as vibrissas são úteis para receber informações do seu ambiente.
Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução - Características do peixe-boi

Tipos de peixes-boi

Como mencionamos, são mamíferos que pertencem ao gênero Trichechus, no qual são reconhecidas três espécies de peixes-boi, que são:

  • Peixe-boi-marinho (Trichechus manatus), do qual foram identificadas duas subespécies: peixe-boi da Flórida (Trichechus manatus latirostris) e peixe-boi antilhano (Trichechus manatus manatus). O da Flórida é o maior peixe-boi de todos, embora o peixe-boi antilhano seja maior que os outros tipos.
  • Peixe-boi-da-Amazônia (Trichechus inunguis). É o menor e mais esguio de todos os tipos de peixes-boi.
  • Peixe-boi-africano (Trichechus senegalensis). Fisicamente é muito semelhante ao peixe-boi do Caribe, embora apresente certas diferenças na cabeça, como olhos mais proeminentes e um focinho menos pontiagudo.
Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução - Tipos de peixes-boi

Onde o peixe-boi vive?

Outra interessante característica do peixe-boi é que seu habitat é exclusivamente aquático e estes animais podem estar presentes tanto em águas doces como salgadas. Dependendo da espécie, esses mamíferos estão distribuídos por diferentes regiões. Assim, o peixe-boi marinho tem sua distribuição ao longo das costas do oceano Atlântico que vai desde a América do Norte na região da Virgínia, com uma importante presença em toda a linha costeira do mar do Caribe, até o Brasil.

Em relação às subespécies, o peixe-boi da Flórida está restrito à esta região dos Estados Unidos. No entanto, na época que não é inverno pode se deslocar para estados vizinhos, conforme a temperatura da água permitir. Por sua vez, o peixe-boi antilhano se distribui desde a Bahamas até as costas do Brasil, e está presente também no Golfo do México e no mar do Caribe.

Quanto ao peixe-boi amazônico, é endêmico da bacia amazônica, de modo que tem uma distribuição próxima ao norte da América do Sul, no sistema fluvial da Colômbia, Equador, Peru e Brasil. Finalmente, o peixe-boi africano está presente nas costas da África, que vão desde o Senegal até uma área da Angola. Se distribui, além da linha costeira, por estuários e rios adjacentes a ela.

Neste sentido, os peixes-boi, por estarem presentes tanto no mar como em rios, podem habitar, além de estuários, manguezais, canais, arroios e corpos de águas semelhantes com diferenças de salinidade. No entanto, o habitat do peixe-boi não pode ter temperaturas abaixo dos 20 ºC, pois este aspecto condiciona sua presença em algumas regiões e faz com que se mova quando começam esses declínios sazonais.

Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução - Onde o peixe-boi vive?

O que o peixe-boi come?

A alimentação do peixe-boi varia de acordo com a espécie. Assim, o peixe-boi marinho e o da Amazônia têm uma dieta exclusivamente herbívora, enquanto o peixe-boi africano, embora consuma principalmente vegetação, também inclui em sua dieta pequenos peixes e moluscos. Portanto, é um animal onívoro.

Os peixes-boi se alimentam de uma grande variedade de plantas aquáticas e de algas. Para obter o alimento utilizam seus lábios. Com eles agarram a folha ou a alga, conforme o caso. Entre as características dos peixes-bois está o fato de que esses animais passam grande parte do tempo se alimentando, o que é necessário para manter seus grandes corpos.

Como o peixe-boi se reproduz?

Embora geralmente possam se reproduzir em uma idade precoce, a maturidade real é alcançada a partir dos 7 anos nas fêmeas e dos 9 nos machos. A reprodução do peixe-boi ocorre em qualquer época do ano, embora nas espécies africanas ocorram picos de partos no final da primavera ou começo do verão.

Outra característica do peixe-boi é que, quando uma fêmea está no cio, um rebanho de acasalamento se forma constituído por apenas uma fêmea e vários machos que a perseguem por vários dias para copular com ela. O sucesso reprodutivo e da gestação dependem principalmente da maturidade real da fêmea.

O período da gestação dura cerca de um ano e, em geral, nasce um único filhote, que, embora possa nadar, depende dos cuidados de sua mãe, que é a única responsável por ele. As fêmeas se relacionam com seus filhotes por aproximadamente cerca de dois anos. As estimativas indicam que as fêmeas têm filhotes a cada 2-5 anos.

Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução - Como o peixe-boi se reproduz?

Estado de conservação do peixe-boi

As três espécies de peixes-boi são consideradas como vulneráveis pela União Internacional para Conservação da Natureza. As razões dessa classificação incluem:

  • A caça direta para a comercialização da sua carne e de sua pele.
  • As capturas indiretas quando ficam presos em redes ou em armadilhas de pesca.
  • Os acidentes com embarcações.
  • O isolamento de grupos pela construção de represas ou o desvio de rios.
  • As modificações importantes em seus habitats. Muitas áreas de manguezais, estuários, rios e corpos d'água similares onde os peixes-boi vivem estão sendo impactados pelas ações humanas, o que, sem dúvida, acaba prejudicando a presença desses animais em muitos dos ecossistemas mencionados.

Agora que você já conhece as características do peixe-boi, não perca este outro artigo sobre os animais em extinção na Amazônia. Neste lista infelizmente está o peixe-boi.

Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução - Estado de conservação do peixe-boi

Se deseja ler mais artigos parecidos a Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Deutsch, C. J., Self-Sullivan, C. y Mignucci-Giannoni, A. (2008). Trichechus manatus. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2008: e. T22103A9356917. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2008.RLTS.T22103A9356917.en>. Acesso em 10 de dezembro de 2021.
  • Keith Diagne, L. (2015). Trichechus senegalensis. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2015: e.T22104A97168578. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2015-4.RLTS.T22104A81904980.en>. Acesso em 10 de dezembro de 2021.
  • Marmontel, M., de Souza, D. y Kendall, S. (2016). Trichechus inunguis. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2016: e.T22102A43793736. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-2.RLTS.T22102A43793736.en>. Acesso em 10 de dezembro de 2021.
  • Myers, P. (2001). "Trichechidae". Animal Diversity Web. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Trichechidae/>. Acesso em 10 de dezembro de 2021.
  • Myers, P., Espinosa, R., Parr, C. S., Jones, T., Hammond, G. S. y Dewey, T. A. (2021). "Información taxonómica de manatíes". The Animal Diversity Web. Disponível em: <https://animaldiversity.org/search/?q=Trichechidae&feature=INFORMATION>. Acesso em 10 de dezembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução
1 de 6
Peixe-boi: características, habitat, alimentação e reprodução

Voltar ao topo da página