Partilhar

Pássaros coloridos: características e fotos

 
Por Julia Latorre, Redatora do PeritoAnimal. 25 agosto 2020
Pássaros coloridos: características e fotos

As cores das aves não são assim por mera coincidência. Como tudo na natureza, estão ali para cumprir alguma função: camuflagem, alerta, acasalamento...dentre outras. Fato é que aos olhos humanos, variedades de cores e padrões acabam se destacando daquilo que estamos mais 'acostumados'. Quando você pensa que viu a ave mais linda do mundo, aparecem outras aves bonitas para te deixar na dúvida. Quer ver?

Neste post do PeritoAnimal selecionamos pássaro coloridos, com fotos, e explicamos as características mais marcantes de cada uma delas. Tente escolher a mais linda e bom voo!

Também lhe pode interessar: Tipos de joaninhas: características e fotos

Pássaros coloridos

Ao redor do mundo, alguns dos pássaros coloridos que costumam hipnotizar e encantar a visão humana são:

Black-backed dwarf-kingfisher (Ceyx erithaca)

Entre seus similares, essa subespécie de kingfisher se destaca pelo carnaval de cores da sua plumagem. Trata-se de uma espécie oriental, ou seja, não tem no Brasil.

Pássaros coloridos: características e fotos - Pássaros coloridos
Imagem: Wikimedia Commons/Pkhun

Calypte anna

Essa espécie de colibri pode ser encontrada na América do Norte, mais especificamente nas regiões da costa leste. Os machos podem chamar atenção pelas manchas rosa pink sobre a cabeça que contrasta com o resto da sua plumagem em tons de verde e cinza.

Imagem: Alan Vernon/Wikimedia Commons

Faisão-dourado ou Cateleuma (Chrysolophus pictus)

Originária das florestas do Oeste da China, hoje em dia essa espécie única pode ser encontrada em cativeiros e viveiros em outras partes de globo. Essa é uma ave galiforme e quem chama atenção pela vivacidade das cores e tonalidades sempre é o macho.

Imagem: Terry Love/Wikimedia Commons

Guará (Eudocimus ruber)

As aves do gênero Eudocimus costumam ter o seu nome popular acompanhado da sua coloração, por exemplo. guará-vermelho, guará-pitanga...e por aí vai. A cor é a sua característica que mais chama atenção pois pode lembrar um flamingo, mas não é. É a ave nacional de Trinidad e Tobago, no Caribe, mas também ocorre em outras partes da América do Sul, incluindo o Brasil.

Imagem: Dick Daniels/ Wikimedia Commons

Flamingo-americano (Phoenicopterus ruber)

Para que não restem dúvidas, o flamingo-americano, especificamente, é quem costuma chamar a atenção pela plumagem rosa e suas pernas longas. Quase nao é visto no Brasil, mas sim em outras partes do norte do continente, América Central e América do Norte.

Imagem: Charles J Sharp/ Wikimedia Commons

Goura victoria

Repare bem, essa ave majestosa te lembra algo? Pois saiba que essa é uma espécie de pomba que habita as florestas da Nova Guiné. Sua paleta de cores conta com tons de azul, cinza e roxo, olhos vermelhos e uma crista azul e delicada.

Imagem: Tony Hisgett/Wikimedia Commons

Pato-mandarim (Aix galericulata)

Apesar das origens orientais, o pato-mandarim migrou e se estabeleceu mundo afora sendo sempre reconhecido pela combinação de cores harmônicas e seus traços inconfundíveis, sobretudo, no caso dos machos.

Imagem: Stephen Heron/Wikimedia Commons

Pavão (Pavo e Afropavo)

Todas as aves desses gêneros podem ser chamadas de pavões e costumam chamar atenção pela exuberância da plumagem da sua cauda. As cores verde e azul são mais as comuns de serem vistas, ainda que existam casos de seleção artificial cuja aparência é uma exceção.

Imagem: Luan Faitanin Volpato/Wikimedia Commons

Poupa-eurasiática (Upupa epops)

Esse é um daqueles casos em que a ave faz parte da nossa lista de pássaros coloridos não tanto pelas cores em si, se não pela maneira a qual estão distribuídas. Essa é uma ave residente do sul de Portugal e Espanha.

Imagem: Africa Safari IN/Wikimedia Commons

Periquito-arco-íris (Trichoglossus haematodus)

O nome dessa espécie de periquito que habita a Oceania fala por si só. Ele tem as penas, isso mesmo, das cores de um arco-íris e habita bosques, florestas e até zonas urbanas das suas regiões de origem.

Imagem: Graham Winterflood/Creative Commons

Quetzal-resplandecente (Pharomachrus mocinno)

Essa é ave colorida símbolo da Guatemala, mas também habita florestas do México e da Costa Rica e, na maioria das vezes, voa sozinha. O quetzal-resplandecente não ultrapassa os 40 cm de comprimento. O que realmente chama a atenção nele é o brilho da sua plumagem verde.

Imagem: Cephas/Wikimedia Commons

Pássaros coloridos brasileiros

O Brasil tem 1982 espécies de aves, sendo que 173 estão ameaçadas de extinção. Considerando tamanha variedade na nossa fauna e flora, não é de se estranhar que isso se reflita nas aves coloridas, seja nas penas ou bicos. Algumas delas são:

Araras (Psittacidae)

Arara, em tupi, significa aves de muitas cores. O termo, na verdade, não se designa apenas a uma espécie mais sim às Arinies da família Psittacidae, em termos taxonômicos. Existem diferentes espécies de araras e todas elas são coloridas, sendo que as cores variantes costumam ser: azul ou vermelho e partes amarelas, brancas e pretas.

Pássaros coloridos: características e fotos - Pássaros coloridos brasileiros

Cardeais (Paroaria)

Todas as aves do gênero Paroaria são conhecidas como cardeais. Qualquer semelhança com os passarinhos do jogo Angry Birds não é mera coincidência. Costuma ocorrer no Sul e Sudeste do país.

Imagem: Wikimedia Commons

Jandaia-amarela (Aratinga solstitialis)

Difícil não se impressionar com as cores dessa raça de aratinga que ocorre principalmente na Amazônia, mas também em outras áreas do Brasil. Ela é pequena e não ultrapassa os 31 cm. Até a conclusão deste artigo seu estado de conservação constava como em perigo pela Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN.

Imagem: Wikimedia Commons

Tucanos (Ramphastidae)

A designação dos tucanos é parecida com a das araras, na verdade, chamamos de tucano todas as aves que taxonomicamente pertencem à família Ramphastidae, da ordem dos Piciformes. São pássaros coloridos não tanto pela plumagem, mas sim pela coloração do bico comprido, que contrasta com o resto do corpo. Também são encontrados em outros países da América do Sul como México e Argentina.

Saíra-sete-cores (Tangara seledon)

Esse nome já é um motivo mais do que suficiente para que essa ave endêmica da Mata Atlântica faça parte da lista de pássaros coloridos, a foto comprova. A fêmea costuma ser mais clara do que o macho.

Imagem: Instituto Últimos Refúgios/Wikimedia Commons

A inteligência das aves

Muito além dessas cores incríveis, fazemos questão de destacar a inteligência desses animais e a importância da preservação deles na natureza. No vídeo abaixo contamos a comovente história do papagaio mais inteligente do mundo.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Pássaros coloridos: características e fotos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Pássaros coloridos: características e fotos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Pássaros coloridos: características e fotos
Imagem: Wikimedia Commons/Pkhun
Imagem: Alan Vernon/Wikimedia Commons
Imagem: Terry Love/Wikimedia Commons
Imagem: Dick Daniels/ Wikimedia Commons
Imagem: Charles J Sharp/ Wikimedia Commons
Imagem: Tony Hisgett/Wikimedia Commons
Imagem: Stephen Heron/Wikimedia Commons
Imagem: Luan Faitanin Volpato/Wikimedia Commons
Imagem: Africa Safari IN/Wikimedia Commons
Imagem: Graham Winterflood/Creative Commons
Imagem: Cephas/Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons
Imagem: Instituto Últimos Refúgios/Wikimedia Commons
1 de 17
Pássaros coloridos: características e fotos

Voltar ao topo da página