menu
Partilhar

Os cachorros veem espíritos?

Os cachorros veem espíritos?

Ver fichas de  Cachorros

É sabido em todo o mundo que os cachorros, tal como a imensa maioria dos animais, são capazes de pressentir fenômenos catastróficos que os humanos não são capazes de detectar apesar a nossa tecnologia.

Os cachorros possuem umas faculdades intrínsecas, ou seja totalmente naturais, que excedem a nossa compreensão. Sem dúvida o seu olfato, capacidade auditiva e outros sentidos podem chegar a explicar algumas coisas incompreensíveis à vista desarmada.

Está se perguntando se os cachorros veem espíritos? Continue lendo este artigo do PeritoAnimal e descubra!

Também lhe pode interessar: Os cães podem prever a morte?

O olfato canino

Sabe-se que através do olfato os cães detectam o estado anímico das pessoas. O exemplo mais claro é a típica situação na qual um cachorro tranquilo repentinamente se mostra agressivo sem motivo aparente contra uma pessoa. Quando tentamos saber a causa desta reação, resulta que a pessoa com a qual o cão se mostrou agressivo têm um medo enorme aos cães. Então dizemos que o cão cheirou o medo.

Os cachorros veem espíritos? - O olfato canino

Os cachorros detectam o perigo

Outra qualidade que os cachorros têm é que detectam as ameaças latentes à nossa volta.

Já tive um galgo afegão, Naím, que não suportava que nenhuma pessoa ébria se aproximasse de nós. Quando o passeava à noite, se a 20 ou 30 metros detectava um tipo bêbedo, imediatamente metia-se em pé sobre as suas patas traseiras, enquanto emitia um prolongado rouco e ameaçante latido. Os indivíduos ébrios apercebiam-se da presença do Naím e seguiam a sua vida.

Nunca treinei o Naím para que procedesse desta forma. Ainda filhote já reagia instintivamente desta forma. Esta atitude defensiva é frequente entre os cães, que reagem diante da presença de pessoas que consideram conflituosas e uma potencial ameaça para os membros da família com a qual convivem.

Os cachorros detectam espíritos?

Não somos capazes de determinar se os cachorros veem espíritos. Pessoalmente ignoro se os espíritos existem ou não. No entanto, acredito em boas e más energias. E estes segundos tipos de energias são captados claramente pelos cachorros.

Um exemplo claro acontece depois dos terremotos, quando se usam equipes de socorro caninas para localizar os sobreviventes e cadáveres entre as ruínas. Ok que se tratam de cães treinados, mas a forma de "marcar" a presença de um ferido e um cadáver difere totalmente.

Quando detectam um sobrevivente encurralado, os cães avisam ansiosos e efusivos os seus tratadores, ladrando. Assinalam com o focinho o pondo onde as ruínas tampam o ferido. No entanto, quando detectam um cadáver eriçam o pelo do lombo, gemem, dão voltas sobre si, e inclusivamente em muitas ocasiões defecam com medo. É claro que este tipo de energia vital que os cachorros percebem difere totalmente entre a vida e a morte.

Os cachorros veem espíritos? - Os cachorros detectam espíritos?

Experimentos

O psicólogo Robert Morris, investigador de fenômenos paranormais, realizou durante os anos 60 do séculos passado um experimento em uma casa do Kentucky na qual haviam acontecido mortes sangrentas e se murmurava que estava assombrada de fantasmas.

O experimento consistiu em entrar de forma separada, em um cômodo onde de cometerem crime com um cão, um gato, uma serpente cascavel e um rato. Este experimento foi filmado.

  • O cão entrou com o seu cuidador e apenas ao entrar um metro, o cão eriçou o pelo, grunhiu e saiu a correr do cômodo, negando-se a entrar novamente nele.
  • O gato entrou nos braços do seu tratador. Passados uns segundos o gato subiu para os ombros do seu tratador, ferindo as suas costas com as unhas. O gato saltou imediatamente para o chão e refugiou-se debaixo de uma cadeira vazia. Nessa posição soprou de forma hostil para outra cadeira vazia durante vários minutos. Passado algum tempo retiraram o gato do quarto.
  • A serpente cascavel adotou uma postura defensiva/agressiva, como se enfrentasse um perigo eminente embora o quarto estivesse vazio. A sua atenção estava dirigida para a cadeira vazia que provocou medo ao gato.
  • O rato não reagiu de nenhuma forma especial. No entanto, todos conhecemos a fama que os ratos têm em prenunciarem naufrágios e serem os primeiros a abandonar o navio.

O experimento de Robert Morris repetiu-se em outro cômodo da mesa casa na qual não havia acontecido nenhum acontecimento fatal. Os quatro animais não tiveram nenhuma reação anômala.

Os cachorros veem espíritos? - Experimentos

O que podemos deduzir?

O que talvez de possa concluir, é que a natureza dotou os animais em geral, e os cachorros em particular, com umas capacidade que escapam aos nossos conhecimentos atuais.

O que acontece é que o sentido do olfato do cachorro, e também o seu ouvido, são tremendamente superiores aos mesmos sentidos que os humanos têm. Portanto, captam através dos seus privilegiados sentidos estes estranhos acontecimentos... ou então, têm alguma capacidade superior que ainda não conhecemos e que lhes permite ver o que nós não conseguimos ver.

Se algum leitor já constatou que o seu animal de estimação viveu algum tipo de experiência relacionado com este tema agradecemos que nos conte para o podermos publicar.

Os cachorros veem espíritos? - O que podemos deduzir?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Os cachorros veem espíritos?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
48 comentários
A sua avaliação:
Suzy paz
Queria entender pq nossa cachorra tem agido de maneira estranha, há duas noites que eu acordo com ela agitada do lado da minha cama me acordando, aí dispersar vejo que ela tá ansiosa pra um lado e outro como se quisesse falar algo pra mim, na primeira noite ela fez isso por várias vezes e eu achando que ela queria sair do quarto pra comer beber água ou ir no tapete dela fazer alguma necessidade, obs: ela nunca tinha feito isso, ela dorme a noite toda comigo e só quando o dia tá amanhecendo que ela pede ora sair pra poder fazer estas necessidades. Sendo que nesta primeira noite que ela ágil estranho ela não quis fazer nada disso, só ficava pra lá e pra cá e isso foi por horas até que ela parou e foi dormir, e hoje mais um noite ela fez isso, eu dei atenção pra ela e deixei a porta do quarto aberta pra ela ficar a vontade de ir e vir a hora que quisesse, voltei a dormir e por algumas vezes eu despertei assustada com o coração um pouco acelerado e aí mesmo tempo ela vem correndo de outra parte da casa e chega em mim ao mesmo despertar desta sensação sendo que eu já despertou pensando nela, isso realmente nunca tinha acontecido minhas noites e as dela são bem tranquilas e estamos meio que em uma sintonia de despertar ou sei lá o que que está acontecendo se alguém já tiver passado por algo parecido e ou souber de alguma coisa agradeço a ajuda.
A sua avaliação:
Ane
Faz muito tempo que não experimento nenhuma situação paranormal. Mas recentemente aconteceu algo muito estranho. Tem 4 meses que aluguei uma casa de praia e a energia da casa é maravilhosa, todos os convidados descreviam a mesma sensação de paz. Recentemente presenciei duas situações de cadeiras arrastando sozinha e uma sensação de agonia dentro de casa e durante a noite... não me importei muito com isso mas já percebi que havia algo no mínimo estranho. Pois bem, 3h da madrugada a minha caixa de som que fica pendurada na varanda ligou sozinha. Acordei assustada pq imaginei que alguém tivesse entrado na casapois a caixa só liga no botão, ela não é de tomada. Iluminem a varanda e constatei que não havia ngm... saí para desligar e levei ela comigo, estava incrédula de como a caixa ligou no botão. Senti um arrepio as duas vezes que fui no local onde a caixa estava. Fiz minhas preces e no dia do ocorrido meu chaccho que é um maltês estava doente, mancando, com febre, choroso e muito apático. Procurei uma curandeira e me disse que isso é coisa de encosto e me deu sal grosso pra jogar nos cantos da casa e lavar a casa. A energia melhorou mas o cachorro não. No dia seguinte ele estava pior, mas para a minha surpresa quando ele foi na rua andava e se comportava normalmente, em casa voltava a passar mal. Dei um banho nele de sal grosso, fiz umas orações (Não sou religiosa) e passei o dia fora com ele.. ele melhorou no mesmo dia.
Foi muito estranho e comecei a procurar informações de como os bichos são atingidos por energias pesadas.
A sua avaliação:
Heitor
Recentemente me mudei para uma nova casa, o comentário talvez seja um pouco longo, mas acredito que vale a pena vc ler, bom, como disse, me mudei para uma nova casa com minha cadela, minha mãe, meu padrasto e minha irmã de 2 anos, lembro que quando fui ao banheiro, apesar de não saber se isso tem algum tipo de ligação com oq está acontecendo, notei que a lâmpada do banheiro estava com umas partes escurecidas, como se estivesse manchada, n me importei mt no início sinceramente, mas logo no primeiro dia da casa, minha mãe me contou que minha irmã, durante a madrugada, ficou apontando para um lado do quarto deles e "falando" (em língua de criança) com seja lá oq estivesse ali, e q logo dos de um tempo ela mostrou o braço para minha mãe como se tivesse batido, meio que choramingando, dps disso, minha mãe e meu padrasto tinham começado a rezar, e minha irmã tinha começado a se debater na cama, ela disse que isso durou bastante tempo, tipo entorno ou mais de uma hora, até minha irmã se acalmar e voltar a dormir, e além disso, teve outras vezes que minha irmã começou apontar para um lugar dnv e começar a falar, minha mãe e eu, sempre q isso acontece, dizemos para ela n olhar para "ele" e eu, em particular, digo para seja lá oq for, deixar minha irmã em paz, além disso, o quarto em que isso acontece, diferente do resto da casa, tem uns pontos do quarto em que tem uma concentração de mofo, além disso, algumas vezes, onde eu durmo que é na sala, minha cadela às vezes olha fixamente para algum lugar, com as orelhas levantadas em estado de alerta, às vezes rosnando um pouco, e além disso, hoje, acho que atualmente de madrugada à algumas horas (são 5:02 agora) eu estava sentado na mesa, com um terço em volta do pescoço, fui me levantar, e sério, n faço ideia de como aconteceu, eu fui me levantar e de alguma forma, o terço prendeu em alguma parte da mesa, e com a força que levantei, acabou soltando umas 3 partes da corrente do terço, consegui consertar dos de um tempo, e voltou a cair uma parte do terço, consertei dnv e dps de um tempinho caiu dnv, consertei novamente e disse que eu não ia dar sejá lá oq estiver fazendo isso me amedrontar, e até agora estou com o terço em volta do pescoço e n voltou a partir, notando que o total de vezes que partiu foram 3 vezes, n sei se pode significar algo, mas então, isso é um resumo do que está acontecendo atualmente na casa em que moro, vou anexar uma foto de onde geralmente a minha cadela olha como se tivesse algo lá, na msm foto vou mostrar o terço q se partiu
A sua avaliação:
Elsy
Bom dia
Cheguei a este artigo por causa do que aconteceu na madrugada de hoje ..
Acordei as 5h e tal beber água e ir a casa de banho .... ao sair de meu quarto tive a sensação que estava a sentir alguma presença.... e para me certificar e proteger quando foi beber água chamei meu labrador preto para minha cama .... passado alguns minutos de estarmos no obscuro sinto meu cão rosnar para meus lado em direção de meus pés.confirmando meu pressentimento.
Sei que eles sentem além de nos .
Feliz natal a todos 🙏
A sua avaliação:
Carlos Alberto Bittencourt da silva
Gostaria de fazer uma pergunta. Porque os animais no caso domésticos quando enxergam ou pressente algo invisível a olho nu para nós, sempre que vêem fixam, o olhar na mesma direção?
A sua avaliação:
Carlos Alberto Bittencourt da silva
Meu cachorro podle , late e rosna, olhando fixamente para um determinado local da casa, olhando fixamente, e tem horas que avança como se fosse atacar. O lugar cal citado , anos atrás era a casa de minha avó materna já falecida.
Luísa
É um espírito familiar ou que está preso aí por algum acontecimento.
A sua avaliação:
Carlos Alberto Bittencourt da silva
Meu cachorro poodle late e rosna sem parar para um determinado local , olhando fixamente,
A sua avaliação:
LUCIENE de Sousa Andrade
Quando o meu vizinho faleceu, o cachorro dele uivou, horas antes. Em casa, uns dos meus cães, certa vez ficou olhando para um canto da parede com um olhar apavorado. Se arrepiava todo. Não posso afirmar que estava vendo algo, mas fiquei muito assustada. Eu acredito que os cães são sensitivos. Muitas as vezes absorvem a energia negativa que é direcionada a nós.
A sua avaliação:
Valesca
Meu esposo faleceu no começo desse ano devido a um grave acidente. 5 meses depois, eu acendi uma vela em memória dele no terraço da minha casa, porque minha mãe sempre dizia que não podemos acender vela para pessoas falecidas dentro de casa. Enfim eu depois de todo esse tempo resolvi acender, bom se é verdade eu não sei,.mais a minha cachorrinha que é uma yorkshire, e que é super calma, ficou muito agitada e latia e corria do nada, como se estivesse vendo alguma coisa estranha, e ela passou o dia assim até a vela de apagar. Tive que fazer uma oração pedindo proteção a deus e pedindo caso estivesse algum espírito perturbado ali, que encontrasse a luz e a paz de Deus. Depois disso a minha cachorrinha foi se acalmando e dormiu a noite todo graças a deus.
A sua avaliação:
Júlio
Outra experiência com cachorro que passei, desta vez quando visitava meus pais, em minha cidade natal.

Na primeira manhã, um domingo, acordei às 06h com um cachorro uivando alto e por muito tempo na vizinhança.

Cerca de 90 minutos depois ouvi meu pai atender o interfone. Levantei para o café da manhã, quando fui informado que a visita veio comunicar o falecimento de um vizinho., um rapaz, filho de uma família que morava 3 casas abaixo e estava internado num hospital.

O interessante é que o rapaz era o dono do cachorro que uivou exatamente no momento de seu falecimento, noutra parte da cidade.
A sua avaliação:
Júlio
Fui a um centro espírita, à convite, para assistir uma palestra. A casa era pequena e, como de costume, ao final é oferecido um passe aos presentes.

Foi formada uma fila, e um por um entrava numa pequena sala, recebia o passe de dois passistas e saia por uma porta lateral para o pátio.

Eu recebi o passe e saí, mas o sujeito que entrou em seguida teve uma reação estranha e passou muito mal, como se estivesse delirando.

Mas o estranho foi que no momento em que receba reação no passe, os cachorros das casas vizinhas começaram a uivar por trás dos muros, todos ao mesmo tempo e de forma angustiante.

Os médiuns da casa correram em socorro ao homem, fazendo oravoes e aplicando passes. No exato momento em que o transe acabou, os cães cessaram os uivos, que duraram um ou dois minutos.

Questionei alguém do Centro, que me disse se tratar de uma espécie de obsessão espiritual e os cães uivaram porque sentiram a presença do ou dos espíritos.
A sua avaliação:
Micaela
Olá minha cachorra não parava de latir na nossa sala que estava tudo escuro,e ela estava brava ai minha irmã disse que lá tem espírito Claro eu n acreditei mas fiquei com aquela dúvida ela n parava de latir ai eu pesquisei e entrei neste site. Obrigada por esclarecerem minhas dúvidas vou visitar esse site sempre que puder adoro curiosidades de animais!!!!!!!!!!. Tchau!!!!
A sua avaliação:
Ana Rosa
Meu cachorrinho estava entrando no quarto para ir para a cama e voltou com medo e latindo e ficou na porta do quarto olhando e latindo não querendo entrar novamente. Entrei no quarto chamei ele e ele entrou resmungando e saiu novamente. Ele pode estar sentindo ou vendo algo que está lhe passando medo?
A sua avaliação:
Daniela
Sempre quando chega visitas na minha casa, meu cachorro as recebe feliz com o rabinho abanando e pulando nelas.. porem hj ao receber uma pessoa que tem problemas com depressão e pesadelos com espíritos ruins, ao vê-la saiu correndo latindo, chorando e se abaixando de medo. Estranhei muito. Saímos logo em seguida para ir ao supermercado e quando retornamos ele agiu normalmente.
A sua avaliação:
Geane Silva
Encontrei seu blog, fazendo una pesquisa pois gostaria se saber se já havia algum estudo sobre algum assunto parecido com o que eu tenho vivido. Eu tenho tido pesadelos por esses dias e toda vez que tenho um, meu cachorro late em direção ao meu quarto, até eu acordar. Isso tem sido uma constante. Ele dorme com neu filho e sai do quarto dele e começa a latir, independente da hora. Fiquei intrigada e resolvi me informar.
Obrigada pela matéria.
A sua avaliação:
Luiza
Que interessante! Já tive algumas experiências similares com gatos e me interesso muito pelo tema. Tentei procurar esse experimento na internet mas não encontrei, você pode me mandar o artigo ou até os vídeos que mencionou? Obrigada!
A sua avaliação:
Karol
Olá, queria escrever pra vocês uma experiencia que tive final do ano passado. O meu namorado trabalha viajando, e em novembro de 2019 ele estava para o Rio a trabalho quando aconteceu isso que vou contar. Ele mora com a mãe e a irmã, e tem um cachorro, na semana que ele estava viajando, o avô dele adoeceu e coincidentemente aconteceu uma situação que eu achei bem estranha, um certo dia o cachorro chegou na porta do quarto dele e ficou latindo, ele tinha medo de entrar no quarto dele, chegava a tremer quando a gente pegava ele no colo e entrava com ele no quarto, ele olhava para o alto no canto da parede e latia com medo, tentamos fazer com que ele entrasse no quarto mas ele saia correndo assustado e latindo, sempre olhando pra esse canto, até que a minha sogra pegou a bíblia e orou naquela direção, no final da oração ela deixou a bíblia em cima da cama e então o cachorro entrou no quarto normalmente como se não estivesse com medo de nada... 1 semana depois o avô do meu namorado faleceu... então, onde quero chegar com isso, é que eu acredito sim que os cães tem um poder especial de saber se existe ou não um espirito ali, ou algo ruim, não é a primeira vez que acontece coisas do tipo e que o cão reage dessa forma, essa foi a mais recente. Então, acredito que eles tem essa sensibilidade também.
A sua avaliação:
Ana
Meu cachorro dorme comigo no quarto e certa noite quando estava dormindo fui virar de lado da cama e escutei ele fazendo barulho como se estivesse com calor e abri um pouco os olhos.Vi uma adolescente abaixada mexendo nele.Estava penumbra.Achei que era uma das minhas filhas e chamei uma e a outra pelos apelidos mas ninguém respondeu.E o vulto sumiu.Acordei meu marido e fui no quarto delas .Ambas estavam dormindo.Realnente não sei o que vi e o que ele sentiu.As vezes ele tb brinca de pular sem ninguém está junto.Minha vizinha de cima era uma jovem que faleceu no banheiro por causa de gás.Não sei lidar c isto é fico com mexo
Murilo
Ana, primeiramente, independente se eu, você, fulano ou sicrano acredita ou não em espíritos, a questão é que manifestações espíritas de fato acontecem, entretanto, não há nada de aterrorizante nisso. Se isso foi um caso isolado, não se preocupe porque é algo muito comum.

Mas caso esteja acontecendo com muita frequência e você for uma pessoa cristã, independente de sua religião, te aconselho a sempre que for rezar pedir a Deus para interceder pelas pessoas desencarnadas, que ele possa ampar esses espíritos com sua misericórdia e seu amor incondicional.

Se por ventura você for uma pessoa cética, tente buscar obras sobre o tema para ler e conhecer melhor sobre essas manifestações, verás que isso é algo muito natural e mais recorrente do que imaginava.
A sua avaliação:
Viúvo
Minha esposa cometeu suicídio, no terreno de nossa casa, hj fazem duas semanas atras. No local onde aconteceu o ocorrido juntaram se três gatos, a gata, que era dela, ficou no meio parada e quieta, enquanto os outros dois a rodeavam miando muito e arrepiados. A cena ñ me agradou e por isso coloquei o cão, que fica na parte da frente da casa, no terreno e este demonstrou muito medo e ficou durante toda noite proximo a porta que dá acesso a frente, por fim deixei ele voltar p frente. Já é complicado lidar c a dor da perda sem estes fenomenos "naturais", mas este é meu relato e procurando a respeito achei este site. Agradeço a quem possa ajudar e/ou me aconselhar. Dispenso curiosos e desde já agradeço!
Murilo
Olá, amigo. Boa noite!

Então, realmente lamento muito pelo que houve com sua esposa, passei por uma experiência semelhante no início desse ano envolvendo um parente muito próximo. O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, possui trechos que explicam alguns fatos a respeito dos suicidas. Te aconselho muito a ler essa obra, é um aprendizado muito significativo, não só para entendermos o processo que o espírito passa após o suicídio, mas para todas as dúvidas que envolvem a nossa relação com os espíritos, te garanto que esse livro irá responder muitas dúvidas que você tem.

Mas te aconselho que sempre que for rezar, peça a Deus para ter misericórdia da alma de sua querida esposa e que ele possa ampará-la com todo seu amor incondicional. Diga à sua esposa em suas orações, que você e sua família sempre a amará independente do que aconteceu à ela, e principalmente, que vocês a perdoam de qualquer sentimento de culpa que ela possa sentir por tê-los deixado dessa forma triste. Lembre-se de dizer que ela está livre para seguir sua recuperação e que Deus estará sempre ao lado dela.

Espero tê-lo ajudado, amigo. Fique com o Deus.
A sua avaliação:
Antonio Pedro Raposo
Existe uim comportamento do meu cão que me aflige bastante.Tenho um Galgo Inglês, muito dócil e meigo, caracteristicas da raça para quem não sabe. Mas vamos ao assunto
O meu cão sempre dormiu á noite na cozinha de minha casa onde tem uma cama bastante confortável e grande. Nos ultimos 2 meses por voltas das 4h da manhã , ladra como que zangado e na defensiva em relação a algo. Quando o ouço a ladrar corro para a cozinha e vejo-o de pé com o focinho bem arreganhado e os dente de fora. Como se tivesse a ser atacado. Quando me vê acalma-se. Mas este acontecimento têm-se repetido todas as noites dentro do mesmo padrão de reacção e horas. Tentei perceber se havia alguma dor fisica, mau jeito durante o sono, qualquer coisa que eu pudesse entender. Mas nada. Resolvi então levá-lo para o meu quarto á noite com a sua cama e o resultado foi maravilhoso. Ambos dormimos maravilhosamente. E assim tem sido todos os dias , até que ontem resolvi pô-lo de novo na cozinha para ver qual seria o registo. E claro está que aconteceu o mesmo episódio.
Mas o mais engraçado, ou não, ontem á noite estava na cozinha e a minha televisão ligou sozinha. Quando fui para a desligar, ela desligou-se automáticamente e ligou-se o meu leitor de CDs e desligou tb assim que me dirigi para o desligar. Estes episódios já me aconteceram várias vezes nesta casa onde habito há vários anos.
E por tudo isto lembrei-me de pesquisar se os animais têm uma percepção destes mistérios melhor do que nós.
Estou tranquilo e a mim não me incomoda pois não valorizo.
No entanto gostaria que alguem com mais profundo conhecimento nesta matéria me pudesse esclarecer .
Desde já o meu obrigado
Murilo
Boa noite, Sr. Raposo.

É um pouco complicado tirar conclusões sem conhecer sua residência e sem vivenciar os fatos relatados pelo senhor. Contudo, pelo que o senhor nos confidenciou, realmente parecem ser casos de manifestações espíritas. A primeira questão é tentar entender o porquê dessas ocorrências. O senhor tem conhecimento de algo que aconteceu na casa, antes de comprá-la? Algum vizinho já comentou algo que o senhor também tenha achado estranho? O senhor perdeu alguém muito próximo recentemente?

Bom, de qualquer forma, caso o senhor seja uma pessoa cristã (independente da religião), lhe aconselho a colocar em suas orações um pedido que Deus possa amparar todo e qualquer espírito próximo a você que esteja necessitando de ajuda, que a misericórdia e o amor divino possam, cada dia mais, ajudá-los a encontrar o caminho do conhecimento e da evolução moral.

Tente fazer isso diariamente em suas orações, lhe garanto que aos poucos verá que a energia de sua casa ficará melhor.

Grande abraço, fique com Deus.

Os cachorros veem espíritos?
1 de 5
Os cachorros veem espíritos?

Voltar ao topo da página