Partilhar

Os bigodes dos gatos voltam a crescer?

 
Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 18 setembro 2018
Os bigodes dos gatos voltam a crescer?

Ver fichas de  Gatos

Se você tem um felino em casa, está pensando em acolher um ou simplesmente gosta destes animais, certamente que alguma vez lhe intrigou os seus bigodes. Por exemplo, sabe o que são exatamente e para que servem? Além disso, outra coisa frequente é a preocupação que temos quando estes caem e sempre surge a pergunta, será que voltam a crescer? Algo que também costumamos pensar é se o fato de caírem ou de os cortarmos lhe dói ou não e se esta última opção deve ou não ser feita.

Se você também tem todas estas dúvidas sobre estes adoráveis pets, continue lendo este artigo do PeritoAnimal onde lhe respondemos à pergunta: Os bigodes dos gatos voltam a crescer?

Também lhe pode interessar: Para que serve o bigode do gato?

Os bigodes crescem novamente?

Uma das grandes dúvidas quando vemos que o nosso gato perdeu alguns destes pelos tão importantes e chamativos é saber se vão voltar a crescer ou não. Pode ficar tranquilo, a resposta a esta dúvida é SIM, os bigodes dos gatos voltam a crescer, quer seja por se cortaram ou porque caíram de forma natural. Temos que pensar que o funcionamento do ciclo destes pelos é o mesmo que qualquer outro pelo do corpo animal.

Tal como todos os pelos, quer sejam do focinho ou de outras partes do corpo caem de forma natural, nascem e crescem de novo. Assim sendo, se o pelo cair ou for cortado o seu ciclo irá continuar e crescerá para acabar caindo dando lugar a um novo.

Os bigodes dos gatos voltam a crescer? - Os bigodes crescem novamente?

Para que servem os bigodes dos gatos?

Estes pelos tão chamativos, tecnicamente chamam-se vibrissas e não existem apenas no focinho do animal, também os podemos encontrar em mais partes do corpo do felino. Tratam-se de pelos que são mais grossos que os outros e que normalmente medem a mesma largura que o gato e, é por isso mesmo, que entre outras coisas lhes serve para medir os espaços por onde conseguem passar.

Estas vibrissas são sensores para o animal, uma vez que em volta da sua raiz ou base, cada um tem muitas terminações nervosas altamente sensíveis que comunicam com o cérebro as distância dos objetos à sua volta a todo o momento, os espaços e a pressão do ar ou qualquer coisa que lhes toque.

Mas, quantos bigodes tem um gato? Esta é uma das perguntas mais frequentes e a resposta é simples. Um gato costuma ter entre 16 a 24 bigodes repartidos de igual forma em ambos os lados do focinho e, além disso, estes costumam estar em pelos menos duas fileiras iguais de cada lado.

Além disso, é ao lado do seu nariz a parte do corpo que mais quantidade tem porque os usam para "ver" ao perto. A visão dos gatos não é muito boa ao perto, assim sendo para se orientarem e detectarem coisas ao perto usam estes pelos grossos. De fato, esta é uma das características que faz parte da nossa lista de 10 coisas que não sabia sobre gatos ou que certamente desconhecia tal como todos estes detalhes sobre estas vibrissas no seu focinho.

Estes pelos também são usados para expressar o seu estado de ânimo e as suas sensações. Por isso se tiverem os bigodes relaxados é como se também eles estivessem relaxados, mas se vir que o seu pet tem os bigodes para a frente é sinal que ele está alerta e se estes estiverem colados à cara é porque está zangado ou assustado.

O que acontece se cortar os bigodes a um gato?

É muito comum pensar que se se cortarem os bigodes a um gato este pode sofrer dores e inclusivamente sangrar. Esta crença existe porque se pensa que estes pelos possuem nervos no seu interior, tal como acontece com as unhas e portante diante de um corte mal feito podem ter dor e sangrar. Mas isso (a parte de cortar os bigodes) está bem longe da realidade, como já vimos as vibrissas são como os demais pelos do animal só que são mais grossos e têm algumas funções diferentes. Mas não existe nenhum nervo ao longo do pelo por isso não há risco de sangramento nem de dor.

De qualquer forma, o que sim acontece se reduzirmos os tamanho dos bigodes é que o gato perde a sua capacidade de se orientar adequadamente no espaço. Ou seja, irá custar perceber as coisas de perto, uma vez que ao perto o gato não vê bem. Não poderão diferenciar bem se tem um objeto perto ou um pouco mais longe e não saberão determinar com certeza se cabem ou não em determinado espaço, por este motivo é normal que o gato fique bastante desorientado, inclusivamente poderá ter algum acidente isolado e acabe sofrendo de estresse.

Assim sendo o fato de cortar os pelos faciais dos gatos, quer seja por estética ou por acreditar que será mais confortável é completamente desaconselhado, não lhes oferecendo nenhum benefício para a sua saúde, pelo contrário, devemos repetir e advertir que nunca o deverá fazer.

Os bigodes dos gatos voltam a crescer? - O que acontece se cortar os bigodes a um gato?

Mitos sobre os bigodes dos gatos

Como se pode ver estes pelos no focinho dos gatos são muito especiais, necessários e além disso despertam em nós várias dúvidas. Assim sendo, em seguida mostramos-lhe os principais mitos sobre os bigodes dos gatos:

  • Não voltam a crescer depois de cortados ou depois de cairem
  • Quando se cortam o gato tem dor e sangra
  • Se forem cortados o animal não acontece nada
  • Os gatos com os bigodes cortados não saem de casa
  • Se lhes cortar estes pelos regressam sempre a casa
  • Perdem a habilidade de cair de pé quando caem ou saltam de uma determinada altura

Se deseja ler mais artigos parecidos a Os bigodes dos gatos voltam a crescer?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Os bigodes dos gatos voltam a crescer?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Os bigodes dos gatos voltam a crescer?
1 de 3
Os bigodes dos gatos voltam a crescer?

Voltar ao topo da página