Partilhar

Mamíferos aquáticos - Características e exemplos

 
Por Ana Diaz Maqueda. 26 agosto 2020
Mamíferos aquáticos - Características e exemplos

A origem de todos os seres vivos do planeta ocorreu no meio aquático. Ao longo da história evolutiva, os mamíferos foram mudando e se adaptando às condições da superfície da Terra até que, há vários milhões de anos, alguns voltaram a submergir nos oceanos e rios, adaptando-se à vida nessas condições.

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos falar sobre os mamíferos aquáticos, mais conhecidos como mamíferos marinhos, pois é nos mares que habita o maior número de espécies deste tipo. Conheça as características desses animais e alguns exemplos.

Características dos mamíferos aquáticos

A vida dos mamíferos na água é muito diferente da dos mamíferos terrestres. Para sobreviver neste ambiente, eles tiveram que adquirir características especiais durante sua evolução.

A água é um meio muito mais denso que o ar e, além disso, oferece maior resistência, por isso os mamíferos aquáticos possuem um corpo extremamente hidrodinâmico, que permite que se movam facilmente. O desenvolvimento de nadadeiras semelhantes às dos peixes representou uma mudança morfológica significativa, que lhes permitiu aumentar a velocidade, direcionar o nado e se comunicar.

A água é um meio que absorve muito mais calor do que o ar, por isso os mamíferos aquáticos possuem uma espessa camada de gordura sob uma pele dura e robusta, que os mantém isolados dessas perdas de calor. Além disso, serve de proteção quando vivem em áreas muito frias do planeta. Alguns mamíferos marinhos têm pelos, porque realizam certas funções vitais fora da água, como por exemplo a reprodução.

Os mamíferos marinhos que, em determinados períodos de suas vidas, vivem em grandes profundidades, desenvolveram outros órgãos para poder viver na escuridão, como o sonar. O sentido da visão nesses ecossistemas é inútil, uma vez que a luz do sol não alcança essa profundidade.

Como todos os mamíferos, esses animais aquáticos têm glândulas sudoríparas, glândulas mamárias, que produzem leite para seus filhotes, e gestam as crias dentro do corpo.

Mamíferos aquáticos - Características e exemplos - Características dos mamíferos aquáticos

Respiração dos mamíferos aquáticos

Os mamíferos aquáticos precisam de ar para respirar. Portanto, eles inspiram grandes quantidades de ar e o mantêm dentro dos pulmões por longos períodos de tempo. Quando eles mergulham após respirar, são capazes de redirecionar o sangue para o cérebro, coração e músculos esqueléticos. Seus músculos possuem uma alta concentração de uma proteína chamada mioglobina, capaz de acumular grandes quantidades de oxigênio.

Desta forma, os animais aquáticos são capazes de permanecer por períodos consideráveis ​​de tempo sem respirar. Filhotes jovens e recém-nascidos não têm essa capacidade desenvolvida, portanto, precisarão respirar com mais frequência do que o restante do grupo.

Tipos de mamíferos aquáticos

A maioria das espécies de mamíferos aquáticos vive no ambiente marinho. Existem três ordens de mamíferos aquáticos: cetacea, carnivora e sirenia.

Ordem cetacea

Dentro da ordem dos cetáceos, as espécies mais representativas são baleias, golfinhos, cachalotes, orcas e toninhas. Os cetáceos evoluíram a partir de uma espécie de ungulado carnívoro terrestre há mais de 50 milhões de anos. A ordem Cetacea é dividida em três subordens (uma delas extinta):

  • Archaeoceti: animais quadrúpedes terrestres, antepassados dos cetáceos atuais (já estão extintos).
  • Mysticeti: as baleias de barbatana. São animais carnívoros sem dentes, que tomam grandes quantidades de água e a filtram através da barbatana, recolhendo com a língua os peixes que ficam presos nela.
  • Odontoceti: isso inclui golfinhos, orcas, toninhas e zífios. É um grupo bastante diverso, embora sua principal característica seja a presença de dentes. Neste grupo podemos encontrar o boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis), uma espécie de mamífero aquático de água doce.

Ordem carnivora

Na ordem carnivora, estão inclusos as focas, leões marinhos e morsas, embora lontras marinhas e ursos polares também possam ser incluídos. Este grupo de animais apareceu há cerca de 15 milhões de anos, e acredita-se que esteja intimamente relacionado aos mustelídeos e ursídeos (ursos).

Ordem sirenia

A última ordem, sirenia, inclui dugongos e peixes-boi. Esses animais evoluíram a partir de tetiterios, animais muito semelhantes aos elefantes que surgiram há cerca de 66 milhões de anos. Os dugongos habitam a Austrália e os peixes-boi a África e América.

Mamíferos aquáticos - Características e exemplos - Tipos de mamíferos aquáticos

Lista de exemplos de mamíferos aquáticos e seus nomes

Ordem cetacea

Mysticeti:

  • Baleia-da-groenlândia (Balaena mysticetus)
  • Baleia-franca-austral (Eubalaena australis)
  • Baleia-franca-glacial (Eubalaena glacialis)
  • Baleia-franca-do-pacífico (Eubalaena japonica)
  • Baleia-comum (Balaenoptera physalus)
  • Baleia-sei (Balaenoptera borealis)
  • Baleia-de-bryde (Balaenoptera brydei)
  • Baleia-de-bryde-tropical (Balaenoptera edeni)
  • Baleia-azul (Balaenoptera musculus)
  • Baleia-de-minke (Balaenoptera acutorostrata)
  • Baleia-minke-antártica (Balaenoptera bonaerensis)
  • Baleia-de-Omura (Balaenoptera omurai)
  • Baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae)
  • Baleia-cinzenta (Eschrichtius robustus)
  • Baleia-franca-pigmeia (Caperea marginata)

Odontoceti:

  • Golfinho-de-commerson (Cephalorhynchus commersonii)
  • Golfinho-de-Heaviside (Cephalorhynchus heavisidii)
  • Golfinho-comum-de-bico-longo (Delphinus capensis)
  • Orca-pigmeia (Feresa attenuata)
  • Baleia-piloto-de-peitorais-longas (Globicephala melas)
  • Golfinho-de-risso (Grampus griseus)
  • Golfinho-de-fraser (Lagenodelphis hosei)
  • Golfinho-de-laterais-brancas-do-atlântico (Lagenorhynchus acutus)
  • Golfinho-liso-do-norte (Lissodelphis borealis)
  • Orca (Orcinus orca)
  • Golfinho-corcunda-indopacífico (Sousa chinensis)
  • Golfinho-riscado (Stenella coeruleoalba)
  • Golfinho-nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus)
  • Boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis)
  • Baiji (Lipotes vexillifer)
  • Toninha (Pontoporia blainvillei)
  • Beluga (Delphinapterus leucas)
  • Narval (Monodon monoceros)

Ordem carnivora

  • Foca-monge-do-mediterrâneo (Monachus monachus)
  • Elefante-marinho-do-norte (Mirounga angustirostris)
  • Foca-leopardo (Hydrurga leptonyx)
  • Foca-comum (Phoca vitulina)
  • Lobo-marinho-australiano (Arctocephalus pusillus)
  • Lobo-marinho-de-guadalupe (Arctophoca philippii townsendi)
  • Leão-marinho-de-steller (Eumetopias jubatus)
  • Leão-marinho-da-califórnia (Zalophus californianus)
  • Lontra-marina (Enhydra lutris)
  • Urso-polar (Ursus maritimus)

Ordem sirenia

  • Dugongo (Dugong dugon)
  • Peixe-boi-marinho (Trichechus manatus)
  • Peixe-boi-da-amazônia (Trichechus inunguis)
  • Peixe-boi-africano (Trichechus senegalensis)

Se deseja ler mais artigos parecidos a Mamíferos aquáticos - Características e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. https://basicbiology.net/animal/mammals/marine
Bibliografia
  • Irving, L. 1973. Comparative Physiology of Thermoregulation. ACADEMIC PRESS, INC. 2: 47 – 96.
  • Kramer, D. L. 1988. The behavioral ecology of air breathing by aquatic animals. Canadian Journal of Zoology, 66 (1): 89 – 94.

Escrever comentário sobre Mamíferos aquáticos - Características e exemplos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Mamíferos aquáticos - Características e exemplos
1 de 3
Mamíferos aquáticos - Características e exemplos

Voltar ao topo da página