Partilhar

Felinos raros: fotos e características

 
Por Julia Latorre, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 18 setembro 2020
Felinos raros: fotos e características

Se você é leitor do PeritoAnimal, pode já ter percebido que usamos o termo' felinos' como sinônimo de gatos. É verdade, todo gato é um felino, mas nem todo felino é um gato. A família dos felídeos (Felidae) abrange 14 gêneros, 41 espécies descritas e suas subespécies com particularidades inimagináveis.

Pelo bem ou pelo mal, pode ser que você não tenha a oportunidade de se encontrar com muitas dessas espécies ao vivo e à cores. Para provar que, sim, elas (ainda) existem e são perfeitas, neste post do PeritoAnimal fizemos uma seleção de felinos raros: fotos e suas características incríveis. É só descer a tela e boa leitura!

Felinos raros ao redor do mundo

Infelizmente, muitos dos felinos mais raros do mundo são aqueles em risco de extinção ou os que vivem nas áreas mais remotas do planeta:

Leopardo-de-amur (Panthera pardus orientalis)

Segundo a WWF, os leopardo-de-amur, pode ser um dos felinos mais raros do mundo. Essa subespécie de leopardo que habita os os montes Sijote-Alin, na Rússia, regiões da China e Coreia-do-Norte, tem o seu status de conservação criticamente ameaçado. Avistar um desses felinos selvagens já é difícil por natureza, mas quando isso acontece costuma ser pela noite, devido aos seus hábitos noturnos.

Felinos raros: fotos e características - Felinos raros ao redor do mundo

Leopardo-de-Java (Panthera pardus melas)

A população do leopardo-de-Java, nativa e endêmica da ilha com mesmo nome, na Indonésia, encontra-se em estado crítico de conservação. Até a conclusão deste artigo estimava-se menos de 250 indivíduos vivos nas florestas tropicais da ilha.

Leopardo-árabe (Panthera pardus nimr)

Essa subespécie de leopardo é rara, devido a caça furtiva e destruição do seu habitat, e nativa do oriente médio. Dentre as subespécies de leopardo, essa é a menor delas. Mesmo assim, pode chegar a medir 2 metros e pesar até 30 kg.

Leopardo-das-neves (Panthera uncia)

A diferença do leopardo-das-neves em relação a outras subespécies é a sua zona de distribuição em montanhas da Ásia Central. Trata-se de um felino tão raro a ponto da sua população ser desconhecida.

Lince-ibérico (Lynx pardinus)

O lince-ibérico é um dos felinos raros mais ameaçado do planeta, segundo a WWF,[2]devido a doenças que causaram desequilíbrio na sua cadeia alimentar (se alimentam de coelhos), atropelamentos e posse ilegal. Naturalmente, deveriam ser encontrados em matas do sul da Europa, já que são uma espécie endêmica da Península Ibérica.

Guepardo-asiático (Acinonyx jubatus venaticus)

Também conhecido como chita-asiática ou guepardo-iraniano, essa subespécie encontra-se em perigo crítico de extinção, especificamente no Irã. Apesar de ser um felino, sua anatomia corporal (corpo magro e peito profundo) pode lembrar um cachorro.

Tigre-do-sul-da-China (Panthera tigris amoyensis)

Dentre os felinos raros, a diminuição da população do tigre-do-sul-da-China devido a uma temporada de caça desenfreada faz com que a espécie integre a lista. Seu porte pode lembrar muito o do tigre de Bengala com algumas diferenças no formato do crânio.

Leão-asiático (Panthera leo persica)

O que faz com que o leão-asiático seja um dos felinos raros é o seu estado de conservação em perigo. Antes especificado como Panthera Leo Persica e hoje como Panthera leo leo já que o leão-asiático era tratado como uma subespécie e hoje é tratado como a mesma que o Leão-africano. Fato que é que atualmente menos de mil indivíduos foram contabilizados ao redor do Parque Nacional da Floresta de Gir, na Índia.

Pantera-da-Flórida (Puma concolor coryi)

Estima-se que essa subespécie do Puma concolor seja a única raça sobrevivente de pumas no leste dos Estados Unidos. Esforços vem sendo feito para uma repopulação, mas, enquanto isso, a pantera-da-Flórida continua sendo uma dos felinos selvagens raros de se encontrar.

Gato-de-iriomote (Prionailurus bengalensis iriomotensis)

Esse felino que vive na em uma ilha japonesa homônima (ilha de Iriomote) tem o tamanho de um gato doméstico, mas é selvagem. Até a conclusão deste artigo, sua estimativa populacional não ultrapassa os 100 indivíduos vivos.

Gato-selvagem-escocês (Felis silvestris grampia)

Essa é uma raça de gato selvagem encontrada na Escócia, cuja população, provavelmente, não ultrapassa 4 mil indivíduos. Um dos motivos pelos quais ele hoje faz parte da lista felinos raros é a o cruzamento com gatos domésticos e sua consequente hibridização.

Gato-de-cabeça-chata (Prionailurus planiceps)

Essa espécie de felino raro que habita as florestas tropicais próximas a fontes de água fresca no sudeste da Malásia são cada vez menos vistos. Trata-se de um gato selvagem com porte de gato doméstico, orelhas pequenas, manchas marrons no topo da cabeça cuja anatomia dá o seu nome popular.

Gato-pescador (Prionailurus viverrinus)

Esse felídeo que ocorre em zonas alagadas Indochina, Índia, Paquistão, Sri Lanka, Sumatra e Java é lembrado pelo seus hábitos aquáticos de pesca que nem sempre são associados a felinos. Ele se alimenta de peixes e anfíbios, no geral, e mergulha para conseguir as presas mais distantes.

Gato-do-deserto (Felis Margarita)

O gato do deserto é um dos felinos raros de ser avistado justamento porque habita as regiões mais inóspitas do planeta: desertos do Oriente Médio. Suas características mais marcantes são a sua aparência de eterno filhote devido ao seu porte pequeno, a sua adaptação às temperaturas extremas do deserto e a capacidade de passar muitos dias sem beber água.

Felinos raros brasileiros

Grande parte dos felinos brasileiros selvagens também são difíceis de ser avistados ou se encontram em risco de extinção:

Onça-pintada (Panthera onca)

Apesar de ser bastante conhecida, a onça pintada, o maior felino das Américas e o terceiro maior do mundo mas é classificada como 'quase ameaçada' pois já não habita muitas das regiões em que costumava viver.

Felinos raros: fotos e características - Felinos raros brasileiros

Gato-maracajá (Leopardus wiedii)

É um dos felinos raros de ser vistos. Quando isso acontece, costuma ser onde habita: na Mata Atlântica. Pode lembrar muito uma jaguatirica em versão miniatura.

Gato-palheiro (Leopardus colocolo)

Esse é um dos menores felinos do mundo e não ultrapassa os 100 cm de comprimento. Ou seja, se assemelha muito aos gatos domésticos mas é selvagem e pode ser encontrado, na América do Sul, em regiões de Pantanal, Cerrado, Pampas ou campos andinos.

Gato-dos-pampas (Leopardus pajeros)

Também pode ser chamado de gato-palheiro-dos-pampas, onde habita mas é raramente avistado. Esse é um dos felinos raros brasileiros e a causa é o seu risco de extinção.

Gato-do-mato-grande (Leopardus geoffroyi)

Esse felino raro de hábitos noturnos ocorre em áreas da mata aberta. Pode ser preto ou amarelado com manchas e tem um porte similar ao do gato doméstico.

Gato-mourisco (Herpailurus yagouaround)

Esse é um dos felídeos nativos da América do Sul e também costuma ser chamado de maracajá-preto ou jaguarundi. Seu corpo e rabo comprido e as pernas e orelhas curtinhas e uma coloração cinza uniforme são a sua marca registrada.

Felinos populares

O gato doméstico, por outro lado, é um dos felinos mais populares do mundo. No vídeo abaixo listamos algumas das raças de gatos mais populares do mundo:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Felinos raros: fotos e características, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Animais em perigo de extinção.

Referências
  1. WWF UK. AMUR LEOPARD: PROBABLY THE WORLD’S RAREST CAT?. Disponível em: <https://www.wwf.org.uk/learn/wildlife/amur-leopards/>. Acesso em 18 de agosto de 2020.
  2. WWF España. Lince ibérico, el felino más amenazado del planeta. Disponível em: <https://www.wwf.es/nuestro_trabajo/especies_y_habitats/lince_iberico/>. Acesso em 18 de agosto de 2020.
Bibliografia
  • WWF. AMUR LEOPARD: PROBABLY THE WORLD’S RAREST CAT?. Disponível em: <https://www.wwf.org.uk/learn/wildlife/amur-leopards/>. Acesso em 18 de agosto de 2020.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Felinos raros: fotos e características
1 de 20
Felinos raros: fotos e características

Voltar ao topo da página