Partilhar
Partilhar em:

Alimentação das tartarugas de terra

Alimentação das tartarugas de terra

A tartaruga de terra é um pet ideal para aquelas pessoas que não contam com muito espaço, ou para quem prefere conviver com animais que não sejam muito barulhentos. Se este é o seu caso, a silenciosa e paciente tartaruga é a companheira que está buscando.

Apesar do que se costuma acreditar, nem todas as espécies de tartarugas comem a mesma coisa, e muito menos ingerem exclusivamente folhas de alface. É por isso que no PeritoAnimal lhe oferecemos este guia prático sobre a alimentação das tartarugas de terra. Se deseja adotar um destes simpáticos répteis, deve conhecer tudo o que precisa para lhe proporcionar uma dieta nutritiva.

Também lhe pode interessar: Alimentação das tartarugas de água

As tartarugas de terra

Se quer ter uma tartaruga de terra como companheira, deve saber que um dos elementos mais importantes para o seu desenvolvimento é a alimentação, pois uma deficiência nela pode provocar diversas doenças, enquanto que o excesso de comida trás transtornos de crescimento e obesidade, entre outros problemas de saúde.

A alimentação da tartaruga de terra varia consoante a espécie, pois algumas são omnívoras (comem frutas, vegetais e alguma proteína animal) e outras exclusivamente herbívoras. Em qualquer um dos dois casos, a dieta deve ser o mais variada possível, tentando imitar todas as fontes de alimento que teria o seu habitat natural.

O objetivo é que a variedade de alimentos proporcione à sua tartaruga todas as vitaminas e minerais necessários para se desenvolver com normalidade, e que não tenha o hábito de consumir apenas um tipo de alimento, algo que ocorre muito facilmente nestes répteis.

Dieta equilibrada para tartarugas de terra

É recomendável se assessorar com o seu veterinário sobre a dieta mais adequada para a sua tartaruga dependendo da espécie, no entanto existem algumas diretrizes genéricas sobre alimentos benéficos e as porções que servem para a maioria delas.

A parte forte da comida deve ser formada por verduras e vegetais frescos, tais como abobrinha, beterraba, nabo, alface, espinafre, ramo de aipo, couve e agrião. Outros como a cenoura, o tomate, o pimentão, o pepino e a abóbora devem ser oferecidos apenas ocasionalmente e em proporções mínimas, pois a sua ingestão excessiva origina problemas de saúde. Também é necessária uma pequena porção de fruta, recomendamos maçãs, melancias, figo, peras, melão e morangos. Por outro lado, se for possível, algumas plantas silvestres como dente de leão, flores, alfafa, entre outras.

Em espécies omnívoras, deve-se complementar esta dieta de forma ocasional com pequenas porções de proteína, formada por caracóis, alguns insetos, larvas, lesmas e talvez pequenos pedaços de peixe e marisco.

A proporção de uma dieta balanceada seria aquela que está formada por:

  • 80% de verduras e vegetais
  • 6% de fruta
  • 8% de ervas
  • 5% de proteína animal

Embora existam alimentos comerciais para as tartarugas de terra, estes não oferecem a variedade de cor, sabor e benefícios que tem uma boa comida caseira. Recomendamos adicionar à dieta apenas de forma ocasional como um complemento.

Algumas pessoas recomendam dar alimento para cachorros úmido, mas isto não é recomendável, pois trata-se de comida feita para outra espécie animal, com os requisitos nutricionais que essa espécie precisa e, que nada de bom trará à sua tartaruga. O mesmo acontece com o alimento para gatos e para coelhos. Além disso, deve proporcionar à sua tartaruga acesso constante a uma fonte de água fresca, tanto para beber como para tomar banho. O ideal é colocar um recipiente baixo cheio de água para que ela possa mergulhar quando desejar ou simplesmente beber um pouco dela sem muito esforço.

Recomendações gerais

Não é apenas a escolha de alimentos que é importante quando se trata de alimentar a sua tartaruga de terra, mas também a apresentação dos diferentes ingredientes:

  • Às tartarugas chamam-lhes a atenção a comida colorida, por isso um prato atrativo irá estimulá-la a comer.
  • Todos os ingredientes devem ser lavados, descascados quando for necessário e cortados em pedaços adequados para que a tartaruga de terra os mastigue sem esforço.
  • Uma vez tudo cortado, misture formando uma salada. Assim evitará que o animal selecione o que vai comer e aproveite os nutrientes de tudo o que lhe oferecer. A ideia é variar entre os ingredientes que lhe sugerimos para que a sua tartaruga aprenda a comer de tudo.
  • Nunca coloque a comida diretamente no solo ou no jardim, destine um recipiente para isso.
  • Não é necessário adicionar sal, condimentos nem nada extra.
  • Mude a comida de 2 a 3 vezes por dia, ofereça um prato forte uma vez por dia e pequenos lanches formados por folhas de agrião, acelga e outros vegetais.
  • A água deve ser mudada todos os dias e ser colocada em um sítio com sombra.

E para acabar de oferecer à sua melhor amiga os melhores cuidados, além de ter cuidado com a sua alimentação, não deixe de consultar as doenças mais comuns para prevenir o seu desenvolvimento.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Alimentação das tartarugas de terra, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Alimentação das tartarugas de terra

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Alimentação das tartarugas de terra
1 de 3
Alimentação das tartarugas de terra