menu
Partilhar

Feneco ou raposa-do-deserto

Atualizado: 29 julho 2022
Feneco ou raposa-do-deserto

A raposa-do-deserto (Vulpes zerda), também conhecida como raposa feneco, ou simplesmente feneco, é um dos animais mais exóticos do mundo e habita zonas desérticas, sendo capaz de sobreviver às condições de calor e seca mais extremas. Sua pelagem, perfeitamente adaptada, lhe permite também se camuflar no ambiente, o que lhe brinda mais possibilidades de sobrevivência.

Nesta ficha do PeritoAnimal, falaremos em detalhes sobre o feneco, um dos tipos de raposas que mais se popularizaram nos últimos anos, provavelmente graças às suas orelhas inconfundíveis, que lhe conferem um aspecto único. A seguir, te contaremos o seu habitat, alimentação e reprodução, entre muitos outros detalhes.

Origem
  • África
  • Ásia

Origem do feneco ou raposa-do-deserto

O feneco, cujo nome científico é Vulpes zerda, é originário da Arábia e da África. Seu nome faz referência à sua condição de raposa desértica, embora alguns especialistas sugiram que também tenha significado próprio, podendo ser traduzido como "raposa astuta". Seja como for, ambas as afirmações são verdadeiras, já que se trata de um animal muito inteligente, com elevadas capacidades cognitivas, que habita em um clima desértico.

Características do feneco

Os fenecos pertencem à família Canidae, compartilhada com o lobo e com o coiote, sendo os canídeos de tamanho mais reduzido. Assim, seu peso costuma ficar entre 1 e 1,5 quilo, apresentando uma altura de no máximo 21 centímetros, e um corpo que varia entre 35 e 41 centímetros de comprimento. Sua longa cauda apresenta uma pelagem mais densa, na qual eles pode se abrigar nas frias noites, enroscando-se nela.

A cabeça dos fenecos é pequena, mas dão destaque a grandes e desproporcionais orelhas, que medem de 10 a 15 centímetros. Devido às pequenas dimensões dessa raposa, devemos compreender que se trata de um tamanho bastante grande. Além disso, as orelhas permitem que eles tenham uma audição muito desenvolvida, e até regular sua temperatura corporal. Apresenta um focinho curto e fino, assim como olhos escuros.

Sua pelagem é da cor da areia, sendo de tons claros no ventre e na cabeça, e mais escura no dorso e na cauda. Esse padrão lhes permite se camuflar no ambiente, formado por dunas de areia dourada.

Habitat do feneco ou raposa-do-deserto

Essas raposas desérticas habitam em regiões de África e da Arábia, particularmente em zonas do Deserto do Saara e na península do Sinai.

É nesses lugares em que eles constroem suas tocas, as quais ficam localizadas em dunas fixas ou em espaços abertos, cavando a areia e criando numerosos acessos a elas por meio de túneis. Estes são incrivelmente longos, existindo tocas de até 10 metros de profundidade e mais de 120 metros quadrados de superfície. Além disso, em muitos casos, essas grutas se interconectam, criando redes que permitem a passagem de uma gruta à outra pertencente a outro membro do grupo.

Graças a essas tocas, os fenecos podem se proteger das condições climáticas extremas e de fenômenos como as tempestades de areia. São animais noturnos, e, por isso, ao amanhecer, ficam protegidos nessas grutas até que a noite volte a cair, momento em que saem para caçar.

Alimentação do feneco

Os fenecos são animais onívoros, que caçam suas presas sozinhos, pois, apesar de serem muito sociáveis, também são independentes e autossuficientes. Sua alimentação se baseia no consumo de pequenos animais, como gafanhotos, aves, lagartos, roedores ou ovos. Também costumam complementar sua dieta com folhas, raízes e até frutas, o que lhes permitem manter-se hidratados e poder sobreviver na ausência de água durante períodos muito prolongados.

Reprodução do feneco

O feneco se torna maduro sexualmente aos 9 meses de idade e, quando escolhe um parceiro, o mantém pela vida inteira, sendo um animal monogâmico. A época de acasalamento das raposas-do-deserto se inicia assim que começa o ano, ocorrendo nos meses de janeiro e fevereiro, consistindo numa cópula que pode durar mais de 2 horas.

A gestação dura entre 50 e 52 dias, nascendo então uma ninhada de 1 a 4 filhotes dentro de uma toca. No início, os filhotes têm os olhos fechados e as orelhas dobradas, mas, aos 10 dias de idade, seus olhos se abrem. A mãe os alimenta com leite materno durante 61-70 dias, e, a partir desse momento, já começam a consumir alimentos sólidos.

É correto ter um feneco como animal de estimação?

Nós, do PeritoAnimal, não aconselhamos ter um feneco como animal de estimação devido às suas necessidades concretas em relação a clima, comportamento e alimentação. Devemos saber que não é um animal doméstico. Portanto, a convivência com humanos em áreas urbanas que não lhe permitam levar a cabo seus comportamentos naturais, próprios da espécie, podem causar e favorecer o aparecimento de diversos problemas de saúde e de comportamento.

Bibliografia
  • Fennec Fox en CITES - Disponível em: <https://www.cites.org/gallery/species/mammal/Fennec_fox.html>. Acesso em 29 de julho de 2022.
  • Fennec Fox Animals en National Geographic - Disponível em: <https://www.nationalgeographic.com/animals/mammals/f/fennec-fox/>. Acesso em 29 de julho de 2022.

Fotos de Feneco ou raposa-do-deserto

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Feneco ou raposa-do-deserto

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
Feneco ou raposa-do-deserto
1 de 8
Feneco ou raposa-do-deserto

Voltar ao topo da página