Partilhar

Peixes voadores - Tipos e características

 
Por María Luz Thomann, Bióloga e ornitóloga. Atualizado: 19 novembro 2020
Peixes voadores - Tipos e características

Os chamados peixes voadores compõem a família Exocoetidae, dentro da ordem Beloniformes. Existem cerca de 70 espécies de peixes voadores, e embora não possam voar como uma ave, eles são capazes de planar por longas distâncias.

Acredita-se que esses animais tenham desenvolvido a capacidade de sair da água para escapar de predadores aquáticos mais rápidos, como golfinhos, atuns, dourados ou marlins. Eles estão presentes em praticamente todos os mares do mundo, especialmente em áreas tropicais e subtropicais.

Você já se perguntou se existe mesmo peixe voador? Bem, neste artigo do PeritoAnimal vamos responder a esta pergunta e lhe falaremos sobre os tipos de peixes voadores que existem e suas características. Boa leitura.

Características dos peixes voadores

Peixe com asas? A família Exocoetidae é composta por peixes marinhos surpreendentes que podem ter 2 ou 4 "asas" dependendo da espécie, mas na realidade são barbatanas peitorais altamente desenvolvidas adaptadas para planar sobre a água.

Principais características do peixe voador:

  • Tamanho: a maioria das espécies mede cerca de 30 cm, sendo o maior a espécie Cheilopogon pinnatibarbatus californicus, com 45 cm de comprimento.
  • Asas: os peixes voadores de 2 "asas" têm 2 barbatanas peitorais enormemente desenvolvidas, bem como músculos peitorais fortes, enquanto os peixes de 4 "asas" têm 2 nadadeiras acessórias que são nada mais, nada menos, que uma evolução das nadadeiras pélvicas.
  • Velocidade: graças à sua forte musculatura e barbatanas bem desenvolvidas, o peixe que voa pode ser impulsionado através da água com relativa facilidade a velocidades de cerca de 56 km/h, podendo mover-se por 200 metros em média a uma altura de 1 a 1,5 metro acima da água.
  • Barbatanas: Além das duas ou quatro barbatanas que parecem asas, a barbatana caudal do peixe voador também está altamente desenvolvida e é fundamental para seu movimento.
  • Peixes voadores jovens: no caso dos filhotes e jovens, eles possuem barbelas, estruturas presentes nas penas das aves, que desaparecem nos adultos.
  • Atração da luz: eles são atraídos pela luz, que tem sido usada pelos pescadores para atraí-los para os barcos.
  • Habitat: habitam águas superficiais de quase todos os mares do mundo, geralmente em áreas tropicais e subtropicais de águas quentes com grande quantidade de plâncton, que é seu principal alimento, junto com pequenos crustáceos.

Todas estas características dos peixes voadores, juntamente com sua forma altamente aerodinâmica, permitem que estes peixes se impulsionem para fora e utilizem o ar como um lugar adicional para se moverem, permitindo-lhes escapar de predadores potenciais.

Tipos de peixes voadores de duas asas

Dentre os peixes voadores de duas asas, destacam-se as seguintes espécies:

Peixe voador comum ou peixe voador tropical (Exocoetus volitans)

Esta espécie é distribuída em áreas tropicais e subtropicais de todos os oceanos, incluindo o Mar Mediterrâneo e o Mar do Caribe. Sua coloração é escura e varia do azul prateado ao preto, com a área ventral mais clara. Mede aproximadamente 25 cm e tem a capacidade de voar distâncias de dezenas de metros.

Peixes voadores - Tipos e características - Tipos de peixes voadores de duas asas

Peixe voador flecha (Exocoetus obtusirostris)

Também chamada de peixe voador do Atlântico, esta espécie é distribuída no Oceano Pacífico, da Austrália ao Peru, no Oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo. Seu corpo é cilíndrico e alongado, de cor cinzenta e mede aproximadamente 25 cm. Suas barbatanas peitorais estão muito bem desenvolvidas e também possui duas barbatanas pélvicas em sua parte inferior, por isso é considerado como tendo apenas duas asas.

Imagem: Wikipedia

Peixe voador Fodiator acutus

Esta espécie de peixe que voa é encontrada em áreas do Pacífico Nordeste e do Atlântico Leste, onde é endêmica. É um peixe pequeno em tamanho, com cerca de 15 cm, e também é um dos peixes que realiza menor distância de vôo. Tem um focinho alongado e uma boca saliente, ou seja, tanto a mandíbula quanto a maxila estão para fora. Seu corpo é azul iridescente e suas barbatanas peitorais são quase prateadas.

Imagem: Fishwisepro

Peixe voador Parexocoetus brachypterus

Esta espécie de peixe com asas possui uma ampla distribuição desde o Oceano Índico até o Atlântico, incluindo o Mar Vermelho, e é muito comum no Mar do Caribe. Todas as espécies do gênero possuem uma maior capacidade de mobilidade da cabeça, bem como a habilidade de projetar a boca para frente. Este peixe voador se reproduz sexualmente, mas a fertilização é externa. Durante a reprodução, machos e fêmeas podem liberar esperma e óvulos enquanto planam. Após este processo, os ovos podem ficar na superfície da água até o nascimento dos peixinhos, bem como afundar na água.

Imagem: Wikipedia

Peixe voador bonito (Cypselurus callopterus)

Este peixe é distribuído ao leste do Oceano Pacífico, do México ao Equador. Com um corpo alongado e cilíndrico de quase 30 cm, a espécie possui nadadeiras peitorais altamente desenvolvidas, que também são muito marcantes por terem manchas pretas. O resto de seu corpo é azul prateado.

Além dos peixes que voam, você pode se interessar por este outro artigo do PeritoAnimal sobre os peixes mais raros do mundo.

Imagem: Base de Peixes

Tipos de peixes voadores de 4 asas

E agora passamos para os tipos mais familiares de peixes voadores de quatro asas:

Peixe voador com cabeça pontiaguda (Cypselurus angusticeps)

Eles habitam todo o Pacífico tropical e subtropical da África Oriental. São caracterizados por uma cabeça estreita e pontiaguda e voam grandes distâncias antes de voltar para a água. De cor cinza claro, seu corpo tem cerca de 24 cm de comprimento e suas barbatanas peitorais estão bem desenvolvidas, com aparência de asas reais.

Peixes voadores - Tipos e características - Tipos de peixes voadores de 4 asas
Imagem: Taieol

Peixe branco voador (Cheilopogon cyanopterus)

Esta espécie de peixe que voa está presente em quase todo o Oceano Atlântico. Tem mais de 40 cm de comprimento e "queixo" comprido. Alimenta-se de plâncton e outras espécies menores de peixes, que consome graças aos pequenos dentes cônicos que possui na mandíbula.

Neste outro artigo do PeritoAnimal explicamos para você se peixe dorme.

Imagem: Fishbase

Peixe voador Cheilopogon exsiliens

Presente no Oceano Atlântico, dos Estados Unidos ao Brasil, sempre em águas tropicais, possivelmente também no Mar Mediterrâneo. Tem barbatanas peitorais e pélvicas muito bem desenvolvidas, por isso este peixe com asas é um excelente planador. Seu corpo é alongado e atinge cerca de 30 cm. Por sua vez, sua coloração pode ser azulada ou com tons esverdeados e suas barbatanas peitorais são caracterizadas pela presença de grandes manchas pretas na parte superior.

Imagem: Wikipedia

Peixe voador de asas pretas (Hirundichthys rondeletii)

Uma espécie que se distribui em águas tropicais e subtropicais de quase todos os oceanos do mundo e é um habitante de águas superficiais. Também alongado no corpo, como as outras espécies de peixes voadores, tem cerca de 20 cm de comprimento e cores azul fluorescentes ou prateadas, o que lhes permite camuflar-se com o céu quando se aventuram ao ar livre. É uma das poucas espécies da família Exocoetidae que não são importantes para a pesca comercial.

Você também pode estar interessado neste outro artigo sobre peixes que respiram fora d'água.

Imagem: Ffessm

Peixe voador Parexocoetus hillianus

Presente no Oceano Pacífico, em águas quentes do Golfo da Califórnia ao Equador, esta espécie de peixe com asas é ligeiramente menor, aproximadamente 16 cm, e, como as outras espécies, sua coloração varia de azul ou prata a tons de verde iridescente, embora a parte ventral se torne quase branca.

Imagem: Wikipedia

Agora que você aprendeu tudo sobre peixes voadores, com suas características, fotos e muitos exemplos, confira o vídeo sobre os animais marinhos mais raros do mundo:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Peixes voadores - Tipos e características, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Davenport, J. (1994). How and why do flying fish fly? Reviews in Fish Biology and Fisheries, 4(2), 184-214.
  • Davenport,J. (2003). Restricciones alométricas sobre estabilidad y tamaño máximo en peces voladores: implicaciones para su evolución. Revista de biología de peces , 62 (2), 455-463.
  • Fish, F. E. (1990). Wing design and scaling of flying fish with regard to flight performance. Journal of Zoology, 221(3), 391–403.
  • Lewallen, E. A., Pitman, R. L., Kjartanson, S. L., & Lovejoy, N. R. (2011). Molecular systematics of flyingfishes (Teleostei: Exocoetidae): evolution in the epipelagic zone. Biological journal of the Linnean Society, 102(1), 161-174.
  • Nelson J.S. (2006). Fishes of the world, 4th edn. New York, NY: John Wiley and Sons, 278–279.
  • Park, H., & Choi, H. (2010). Aerodynamic characteristics of flying fish in gliding flight. Journal of Experimental Biology, 213(19), 3269-3279.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Peixes voadores - Tipos e características
Imagem: Wikipedia
Imagem: Fishwisepro
Imagem: Wikipedia
Imagem: Base de Peixes
Imagem: Taieol
Imagem: Fishbase
Imagem: Wikipedia
Imagem: Ffessm
Imagem: Wikipedia
1 de 11
Peixes voadores - Tipos e características

Voltar ao topo da página