menu
Partilhar

Os menores primatas do mundo

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. Atualizado: 29 agosto 2021
Os menores primatas do mundo

Os primatas são uma ordem de mamíferos composta por uma variedade importante de espécies, entre as quais podemos encontrar desde indivíduos com poucas gramas de peso até outros que podem chegar a 200 kg.

Os primatas são comumente conhecidos como macacos. No entanto, este último termo carece de uso taxonômico e é mais uma denominação genérica. Devido às suas diversas particularidades, são um grupo altamente afetado pelas ações humanas. A maioria está incluída em alguma das classificações da lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza. Dentre essas particularidades temos seu tamanho, pois alguns são extremamente pequenos, o que é uma grande atração devido à sua peculiaridade. No PeritoAnimal, apresentamos a seguir um artigo sobre os menores primatas do mundo.

Também lhe pode interessar: Os menores insetos do mundo

Lêmure-rato-de-Berthe

O lêmure-rato-de-Berthe (Microcebus berthae) é considerado o menor primata do mundo, com um tamanho médio de 10 cm sem incluir sua longa cauda de cerca de 13 cm, sendo que seu peso, em média fica em torno dos 30 g. A coloração da pelagem é avermelhada com creme ou cinza, com olhos caracteristicamente grandes.

Seu habitat são florestas decíduas secas e tem uma alimentação onívora baseada em frutas e seiva das árvores, mas na estação seca recorre a insetos. A destruição generalizada do seu habitat para o desenvolvimento da agricultura, fez com que a espécie seja classificada em estado crítico entre os animais mais ameaçados de extinção.

Os menores primatas do mundo - Lêmure-rato-de-Berthe

Sagui-pigmeu

O sagui-pigmeu (Cebuella pygmaea) é a menor espécie de primata das Américas, e é nativo do Brasil, Colômbia, Equador e Peru. Este minúsculo primata está restrito a matas ciliares da Amazônia ocidental e depende de ecossistemas adequados para sua subsistência. O tamanho e peso médio são de 13 cm e 119 g, respectivamente. A coloração da pelagem fica entre bege e cinza com presença de tons amarelos e pretos. É um animal onívoro, seus alimentos principais são a seiva, goma e látex que obtém perfurando as árvores e certos insetos como gafanhotos.

A caça, o comércio ilegal e a destruição do habitat fizeram com que a espécie seja catalogada como vulnerável. Anteriormente, a Cebuella pygmaea niveiventris foi considerada uma subespécie, mas estudos recentes [1] concluíram que essa é uma espécie diferente, portanto se distingue entre sagui-pigmeu-ocidental (Cebuella pygmaea) e sagui-pigmeuoriental (Cebuella niveiventris).

Os menores primatas do mundo - Sagui-pigmeu

Társio espectral

O társio espectral (Tarsius tarsier) é uma espécie de primata nativo da Ásia, especificamente de várias ilhas da Indonésia. Os machos pesam entre 118 e 130 g, enquanto as fêmeas são menores, com pesos que variam de 102 a 114 g. O corpo mede em média cerca de 15 cm sem incluir a longa cauda que pode até ultrapassar os 20 cm. No entanto, sem dúvida também está entre os menores macacos do mundo.

Vive tanto em florestas primárias como secundárias, também em manguezais e tem certa tolerância por áreas intervencionadas, como reservas criadas, mas requer coberturas arbustivas adequadas. É totalmente carnívoro, caçando presas vivas como insetos e pequenos vertebrados. Está classificado como vulnerável, principalmente pelo impacto que sofre devido a alteração do habitat por desmatamento.

Os menores primatas do mundo - Társio espectral

Lêmure-anão-de-orelhas-peludas

O lêmure-anão-de-orelhas-peludas (Allocebus trichotis) é uma espécie de primata endêmico de Madagascar, como o restante dos lêmures. O corpo do lêmure-anão-de-orelhas-peludas mede cerca de 13 cm com um comprimento médio da cauda de 17 cm e o peso não supera os 100 g. A coloração é uma combinação entre cinza castanho, cinza claro e marrom avermelhado.

É um animal onívoro, que consome principalmente frutas, folhas, mel e insetos. Foi declarado em perigo de extinção devido à destruição das florestas úmidas e selvas tropicais que habita e é um dos menores primatas do mundo.

Os menores primatas do mundo - Lêmure-anão-de-orelhas-peludas
Imagem: lemursofmadagascar.com

Lêmure-anão-grande

O lêmure-anão-grande (Cheirogaleus major) é outra espécie encontrada entre os menores primatas do mundo, também nativa de Madagascar. O comprimento e peso médio são de 21 cm e cerca de 380 g, sem incluir a cauda que é mais longa que o corpo e pode medir até 30 cm. A pelagem varia de cinza ao marrom avermelhado em algumas partes do corpo.

Este animal tem períodos de hibernação em buracos de árvores ou tocas subterrâneas, para o qual armazena gordura em sua cauda. Habita florestas de terras baixas com presença de água e está classificado como vulnerável no quesito ameaçado de extinção, devido à modificação do habitat pela agricultura e caça.

Os menores primatas do mundo - Lêmure-anão-grande

Gálago anão

O Gálago anão (Galagoides demidoff) é nativo da África, considerado a menor espécie de primata desse continente. Tem um comprimento médio de 12 cm, excluindo a cauda, que tem em média 25 cm e o peso varia entre 45 e quase 90 g. A pelagem varia do vermelho brilhante ao marrom acinzentado.

Habita florestas úmidas, tanto primárias como secundárias e em florestas de savanas, matas ciliares, decíduas e de galeria. Se alimenta principalmente de frutos, insetos e caracóis; seu risco de extinção é considerado menos preocupante.


Imagem: Lavanguardia.com

Os menores primatas do mundo - Gálago anão
Imagem: Lavanguardia.com

Macaco-da-noite

O macaco-da-noite (Aotus azarae) é um dos menores macacos do seu grupo, com um comprimento corporal que não ultrapassa os 40 cm e com uma cauda que varia entre 30 e 40 cm. Sua coloração é combinada entre branco, marrom e preto.

É um dos menores primatas do mundo e nativo da Argentina, Brasil, Bolívia, Paraguai e Peru. Habita florestas baixas, primárias e secundárias, também em áreas arborizadas de inundação sazonal, secas semidecíduas e de galeria. Se alimenta de frutas, néctar e insetos. Seu estado de conservação é classificado como de menor preocupação.

Os menores primatas do mundo - Macaco-da-noite

Macaco-esquilo da América Central

O macaco-esquilo da América Central (Saimiri oerstedii) é caracterizado por seu pequeno tamanho, finura e cauda longa, com um comprimento de 20 a 30 cm e a cauda com uma média de 40 cm, por isso é considerado um dos 10 menores macacos do mundo. Já o peso varia de 500 g a 1 kg. A coloração é marrom amarelada e tons mais pálidos.

É uma espécie nativa da Costa Rica e Panamá que habita florestas inundadas sazonalmente e planícies aluviais. Se alimenta de insetos e frutas. A perda do habitat devido a agricultura fez com que fosse classificado como em perigo de extinção.

Os menores primatas do mundo - Macaco-esquilo da América Central

Caiarara-de-fronte-branca

O caiarara de cara branca (Cebus albifrons) é uma das menores espécies do grupo dos macacos-prego, mas com um peso maior que o restante das espécies anteriormente mencionadas. O peso varia entre 1 e 3,3 kg, enquanto às dimensões não superam os 50 cm e a cauda mede quase o mesmo que o corpo. A coloração geral é marrom claro e amarela, mas apresenta certas combinações claras e escuras em algumas áreas do corpo.

É nativo do Brasil, Colômbia e Venezuela, habitando florestas secas decíduas, florestas tropicais de terras baixas, também chuvosas, sazonalmente inundadas e savanas. Se alimenta de frutas e insetos e é classificado como de menor preocupação.


Imagem: es.123rf.com

Os menores primatas do mundo - Caiarara-de-fronte-branca
Imagem: es.123rf.com

Macaco-prego-amarelo

Em média, os membros da espécie macaco-prego-amarelo (Sapajus libidinosus) medem cerca de 39 cm, com uma longa cauda que pode alcançar cerca de 50 cm. Enquanto seu peso, chegam a ter massas entre 1 e 4 kg. A coloração é amarela, bege e preta.

É nativo do Brasil, se desenvolve em habitats variados, que incluem florestas secas, decíduas, manguezais e florestas. Possui uma dieta ampla que inclui frutas, sementes e pequenos animais. É capaz de usar ferramentas para obter o alimento. Este que é outro dos menores macacos do mundo está classificado como quase ameaçado de extinção devido à intensa caça a que é sujeito.

Os menores primatas do mundo - Macaco-prego-amarelo

Outros pequenos primatas

  • Társio dentado (Tarsius dentatus)
  • Sagui-de-tufo-branco (Callithrix jacchus)
  • Mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia)
  • Lêmure-anão-de-cauda-grossa (Cheirogaleus medius)
  • Lêmure-anão (Cheirogaleus minusculus)
  • Gálago de Thomas (Galagoides thomasi)
  • Macaco-de-cheiro-de-cabeça-preta (Saimiri vanzolinii)

Agora que você conhece os menores macacos do mundo, talvez possa se interessar pela história de um outro primata. No vídeo a seguir te contamos a história da gorila Koko, que falava e entendia o que lhe falavam:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Os menores primatas do mundo, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. de la Torre, S., Shanee, S., Palacios, E., Calouro, AM, Messias, MR & Valença-Montenegro, MM (2021). Cebuella pygmaea (versión modificada de la evaluación de 2020). La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2021: e.T136926A191707442. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2021-1.RLTS.T136926A191707442.en>. Acesso em 23 de agosto de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Os menores primatas do mundo
Imagem: lemursofmadagascar.com
Imagem: Lavanguardia.com
Imagem: es.123rf.com
1 de 11
Os menores primatas do mundo

Voltar ao topo da página