Partilhar

Como ajudar gatos de rua?

 
Por Maria Besteiros. 8 setembro 2020
Como ajudar gatos de rua?

Ver fichas de  Gatos

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos discutir um assunto extremamente importante, que é a questão dos animais sem casa. Neste caso, explicaremos como ajudar gatos de rua. É muito provável que você note a presença de gatos que podem ter nascido na rua que foram abandonados perto da sua casa. Alguns vivem sozinhos, enquanto outros formam colônias nas quais vivem juntos, especialmente as gatas e os gatinhos mais jovens.

Se você se preocupa com esse assunto tanto quanto nós, a seguir vamos te mostrar o que podemos fazer para ajudá-los, como alimentar gatos de rua e como protegê-los do clima.

Também lhe pode interessar: Vantagens de adotar um filhote de gato

Como os gatos de rua sobrevivem?

Neste ponto, é conveniente diferenciarmos entre basicamente duas realidades. Em primeiro lugar, em áreas mais rurais é possível encontrar gatos que vivem livremente. Eles podem ou não ter um cuidador, mas em geral, vivem suas vidas de maneira semelhante a seus parentes selvagens. Eles marcam seu território, interagem ou não com outros gatos e animais, escalam, saltam e capturam pequenas presas como aves e roedores.

Mas nem todos os gatos de rua desfrutam de um ambiente favorável. A maioria é forçada a sobreviver em ambientes urbanos, competindo com veículos, asfalto e poucas oportunidades de se alimentar. Esses gatos têm uma expectativa de vida mais curta. Eles estão expostos ao clima, parasitas, a todo tipo de doença e, principalmente, à ação dos seres humanos. Todos os gatos com acesso ao exterior, infelizmente, correm o risco de ser atropelados, atingidos ou maltratados. Daí a importância de sabermos como ajudar os gatos de rua.

O que os gatos de rua comem

Os gatos de rua em um ambiente rural caçam qualquer presa a que tenham acesso, como pequenos pássaros, ratos e até lagartos e lagartixas. Além disso, incluirão em sua dieta qualquer alimento para consumo humano a que tenham acesso, como as sobras que encontram nas latas de lixo ou que algumas pessoas deixam à sua disposição.

Na cidade, revirar o lixo é a principal forma de alimentação desses gatos, já que o acesso a potenciais presas costuma ser mais limitado. Naturalmente, eles também consomem o que algumas pessoas lhes oferecem. Há muitas pessoas que não sabem como ajudar gatos de rua de outra forma que não seja colocar comida na rua.

Como ajudar gatos de rua? - O que os gatos de rua comem

Como alimentar gatos de rua

Ao descobrir a presença de gatos sem cuidador ao nosso redor, dar comida a eles costuma ser a primeira opção que surge quando nos perguntamos como podemos ajudar gatos de rua. Assim que olhamos para as áreas de presença desses gatos, podemos encontrar diferentes tipos de alimentos. Algumas pessoas optam por cozinhar e alimentá-los com carne, peixe, arroz, etc. Outras simplesmente deixam suas próprias sobras de comida. Existem também aquelas que distribuem ração ou comida úmida.

A ração é a melhor entre todas as opções porque ela é o único alimento que se conserva intacto na rua, desde que não se molhe. As demais, a menos que carreguemos pequenas quantidades que serão consumidas na hora, deixam restos que apodrecem, sujam e atraem insetos e outros animais pouco queridos pela população.

Casinhas para gatos de rua

Além de colocar comida para eles, é muito importante protegê-la para evitar se molhe e estrague. Daí a comodidade de se ter um local abrigado, onde o gato também possa se refugiar. Para isso, podemos fazer casinhas caseiras com caixas de madeira ou plástico, mas você deve sempre se certificar de deixá-las em um lugar discreto, que não incomode os vizinhos e nem atraia a atenção de vândalos. Você também pode perguntar à prefeitura se eles desenvolvem uma campanha de refúgio e atenção aos gatos de rua para que você possa aderir.

Se você ainda está se perguntando o que fazer para melhorar a situação desses animais, saiba que há mais opções do que apenas a comida e abrigo.

O que mais podemos fazer para ajudar os gatos de rua?

O ideal é que todos os gatos tenham um tutor que cuide de todas as suas necessidades. Por mais que se fale da independência dessa espécie, a verdade é que eles atualmente são animais domésticos, e portanto, dependem da atenção do ser humano. O problema da superpopulação felina significa que há muito mais gatos do que pessoas dispostas a adotá-los. Assim, não é possível realocar todos os gatos que encontramos na rua, mas é importante que saibamos como ajudar os gatos sem dono.

A primeira coisa que você pode fazer é divulgar o gato ou gatos em questão, para caso apareça um lar que permita que eles sejam retirados da rua. Enquanto isso, além de fornecer alimentação e abrigo, você pode iniciar intervenções veterinárias como a desparasitação, sempre seguindo a orientação deste profissional. Outra medida básica é esterilizar ou castrar os gatos. Desta forma, evitamos não só o nascimento incessante de novas ninhadas, mas também prevenimos doenças que são transmitidas durante a cópula e as lutas territoriais, tão graves quanto a imunodeficiência felina. Algumas prefeituras realizam campanhas de esterilização e controle de colônias felinas que vale a pena conhecer. Com essas medidas, você garante que os gatos de rua estejam em melhores condições. Observá-los diariamente e fazer com que confiem em você também te permite tratar pequenos problemas de saúde, sempre seguindo as recomendações do veterinário.

No caso de gatos com graves problemas de saúde, mesmo que pertençam a uma colônia controlada, eles devem ser recolhidos. Tirá-los da rua é provavelmente sua única chance de sobrevivência. Se você não pode assumir essa responsabilidade, entre em contato com uma associação de proteção animal.

Como desparasitar gatos de rua

Especialmente nas áreas em que há colônias controladas de gatos, a prefeitura geralmente fornecerá os produtos necessários para desparasitar os gatos, bem como começará a campanha de esterilização correspondente. Se não houver uma colônia controlada, você pode desparasitar gatos de rua usando coleiras antiparasitárias ou comprimidos que podem ser misturados com a comida que você deixa para eles. Claro, neste último caso, você deve se certificar de que cada gato tome seu comprimido.

As associações de animais também podem te ajudar a desparasitar gatos de rua.

Como recolher gatos de rua

Para atrair gatos de rua a fim de esterilizá-los, vermifugá-los ou adotá-los, é necessário saber que a maioria deles desconfia das pessoas e é agressiva em qualquer tentativa de captura. Portanto, é melhor usar uma gaiola projetada especificamente para capturar gatos sem causar nenhum dano a eles. Uma vez obtida a gaiola, você deve colocá-la em um local estratégico, com a porta aberta e comida dentro, e aguardar.

Assim que o gato for capturado, você deve agir rapidamente para evitar que o animal fique mais estressado do que o necessário. Além disso, lembre-se de que não deve ficar lá dentro por muitas horas.

Colônias de gatos de rua

O programa Capturar-Esterilizar-Devolver (CED) é o melhor método para controlar as colônias de gatos de rua, uma vez que envolve que os gatinhos sejam recolhidos da rua, esterilizados (com um pequeno corte na orelha para que possam ser identificados como esterilizados), vermifugados e colocados de novo na colônia após serem alimentandos. Os gatos filhotes e mais dóceis podem ser encaminhados para adoção.

Várias ONGs do Brasil como a Associação Animais de Rua ou a Bicho Brother seguem esse programa e podem te informar mais a respeito caso você encontre uma colônia.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como ajudar gatos de rua?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Bibliografia
  • Morris, Desmond. (1988). Observe a su gato. Barcelona. Plaza y Janés.

Escrever comentário sobre Como ajudar gatos de rua?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como ajudar gatos de rua?
1 de 2
Como ajudar gatos de rua?

Voltar ao topo da página