Partilhar

20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos

 
Nelson Ferreira - Redator do Perito Animal
20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos

O polvo é sem dúvida um dos animais marinhos mais fascinantes que existe. As complexas características físicas, a grande inteligência que possui ou a sua reprodução são alguns dos temas que mais têm despertado interesse em cientistas de todo o mundo, o que levou à elaboração de vários estudos.

Todos estes detalhes serviram de inspiração para escrever este artigo do PeritoAnimal, em que recompilamos um total de 20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos. Descubra em seguida mais coisas sobre este maravilhoso animal.

A surpreendente inteligência dos polvos

  1. O polvo, apesar de não ser especialmente longevo e de expressar um estilo de vida solitário, é capaz de aprender e ter um comportamento próprio da sua espécie por si mesmo.
  2. Tratam-se de animais muito inteligente, capazes de resolver problemas complexos, descriminar através de condicionamento clássico e aprender utilizando a observação.
  3. Também são capazes de aprender através de condicionamento operante. Demonstrou-se que se pode trabalhar a aprendizagem com eles utilizando recompensas positivas e consequências negativas.
  4. Foi demonstrada a sua capacidade cognitiva ao levar a cabo várias condutas dependendo do estímulo presente em função da sua sobrevivência.
  5. São capazes de transportar materiais para elaborar os seus próprios refúgios, embora tenham dificuldade de movimento e podem colocar em risco temporalmente a sua sobrevivência. Deste modo, têm a oportunidade de subsistir por mais tempo.
  6. Os polvos aplicam uma pressão significativamente diferente quando estão dispostos a manipular diferentes utensílios, presar ou, pelos contrário, quando agem de forma defensiva diante de predadores. Demonstrou-se que retêm as presas, como no caso dos peixes, com muito maior intensidade do que as ferramentas que possam utilizar para a sua proteção.
  7. Reconhecem e diferenciam os seus próprios tentáculos amputados dos outros membros da sua mesma espécie. Segundo um dos estudos consultados, 94% dos polvos não comia os seus próprios tentáculos, transportando-os apenas para o seu refúgio com o seu bico.
  8. O polvo pode imitar espécies do seu ambiente que são venenosas como uma forma de sobrevivência. Isso é possível devido à sua capacidade de memória de longo prazo, à aprendizagem e à memória reflexa defensiva, presente em qualquer animal.
  9. Tem facilitação pré-sináptica de serotonina, uma substância neurotransmissora que influencia no estado de ânimo, nas emoções e nos estados depressivos em um grande leque de animais. É por esta razão que "A declaração de Cambridge sobre a consciência" inclui o polvo como um animal que tem consciência de si mesmo.
  10. A organização da conduta motora do polvo e do comportamento inteligente que possui foi fundamental para a construção de robôs de grande capacidade, devido principalmente ao seu sistema biológico complexo.

Características físicas dos polvos

  1. Os polvos podem caminhas, nadar e agarrar-se a qualquer superfície graças às suas potentes e fortes ventosas. Para isso precisão de três corações, um que trabalha exclusivamente na sua cabeça e dois que bombeiam sangue para o resto do corpo.
  2. O polvo não pode enredar-se a su mesmo devido a uma substância na sua pele que o impede.
  3. Pode modificar o seu aspeto físico, tal como o fazem os camaleões, assim como a sua textura, em função do ambiente ou dos predadores presentes.
  4. É capaz de regenerar os seus tentáculos se estes forem amputados.
  5. Os braços do polvo são extremamente flexíveis e têm uma infinidade de movimentos. Para assegurar o seu correto controlo, move-se através de padrões estereotipados que reduzem a sua liberdade e permitem um maior domínio do corpo.
  6. A sua visão é daltônica, ou seja, têm dificuldade para discriminar matizes vermelhas, verdes e por vezes azuis.
  7. Os polvos têm em volta de 500.000.000 neurônios, os mesmo que possui um cachorro e seis vezes mais que um rato.
  8. Cada tentáculo do polvo possui em volta de 40 milhões de receptores químicos, assim sendo, considera-se que cada um, de forma individual, é um grande órgão sensorial.
  9. Ao carecer de ossos, o polvo utiliza os músculos como estrutura principal do corpo, através da rigidez e das contrações dos mesmos. É uma estratégia de controlo motor.
  10. Existe uma relação entre os receptores olfativos do cérebro do polvo e o seu sistema reprodutivo. São capazes de identificar os elementos químicos de outros polvo que flutuam na água, inclusive através das suas ventosas.

Bibliografia

Nir Nesher, Guy Levy, Frank W. Grasso, Binyamin Hochner "Self-Recognition Mechanism between Skin and Suckers Prevents Octopus Arms from Interfering with Each Other" CellPress May 15, 2014

Scott L. Hooper "Motor Control: The Importance of Stiffness" CellPress Nov 10, 2016

Caroline B. Albertin, Oleg Simakov, Therese Mitros, Z. Yan Wang, Judit R. Pungor, Eric Edsinger-Gonzales, Sydney Brenner, Clifton W. Ragsdale, Daniel S. Rokhsar "The octopus genome and the evolution of cephalopod neural and morphological novelties" Nature 524 Aug 13, 2015

Binyamin Hochner "An Embodied View of Octopus Neurobiology" CellPress Oct 1, 2012

Ilaria Zarrella, Giovanna Ponte, Elena Baldascino y Graziano Fiorito "Learning and memory in Octopus vulgaris: a case of biological plasticity" Current Opinion in Neurobiology, sciencedirect, 2015-12-01

Julian K. Finn, Tom Tregenza, Mark D. Norman "Defensive tool use in a coconut-carrying octopus" CellPress Oct 10, 2009

Se deseja ler mais artigos parecidos a 20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre 20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos
1 de 3
20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos