menu
Partilhar

O que o polvo come?

 
Por María Luz Thomann, Bióloga e ornitóloga. 11 dezembro 2020
O que o polvo come?

Os polvos são animais moluscos cefalópodes e marinhos pertencentes à ordem Octopoda. Sua característica mais chamativa é a presença de 8 extremidades que saem do centro do seu corpo, onde se encontra a boca. Seu corpo tem um aspecto branco e gelatinoso, que os permite mudar de forma rapidamente e podem se adaptar a lugares como fendas em rochas. Os polvos são animais invertebrados peculiares, inteligentes e possuem uma visão muito desenvolvida, assim como um sistema nervoso extremamente complexo.

As diferentes espécies de polvos são habitantes de uma grande variedade de ambientes, como as zonas abissais de muitos mares, zonas entremarés, arrecifes de coral e até em zonas pelágicas. Da mesma forma, se encontram em todos os oceanos do mundo, podendo ser encontrado tanto em águas temperadas como em águas frias. Quer saber o que o polvo come? Pois continue lendo este artigo do PeritoAnimal e lhe contaremos tudo sobre a alimentação deste animal tão maravilhoso.

Também lhe pode interessar: Quantos corações tem um polvo?

Alimentação dos polvos

O polvo é um animal carnívoro, o que significa que ele se alimenta estritamente de alimentos de origem animal. A dieta dos cefalópodes é muito variável e quase todas as espécies são predadoras, mas em geral se pode distinguir dois modelos básicos:

  • Polvos que se alimentam de peixes: de um lado, estão os polvos que se alimentam principalmente de peixes e dentro deste grupo se encontram as espécies de vida pelágica, que são excelentes nadadoras.
  • Polvos que se alimentam de crustáceos: de outro lado, se encontram as espécies que baseiam sua alimentação principalmente, em crustáceos e neste grupo se encontram as espécies de vida bentônica, ou seja, que habitam o fundo do mar.

O que comem os polvos de outras espécies?

É importantes destacar que em muitas ocasiões o que o polvo come dependerá do habitat onde vivem e da profundidade, por exemplo:

  • Polvo comum (Octopus vulgaris): um habitante de águas abertas, se alimenta principalmente de crustáceos, gasterópodes, bivalves, peixes e ocasionalmente de outros cefalópodes menores.
  • Polvos do fundo do mar: outros, como os habitantes das profundezas marinhas podem consumir minhocas, poliquetos e caracóis.
  • Polvos de espécies bentônicas: As espécies bentônicas geralmente se movimentam entre rochas do fundo do mar enquanto vão tateando entre suas fendas em busca de alimento. Fazem isto graças à sua capacidade de adaptar seu formato, pois como vimos, o polvo é invertebrado, e à sua excelente visão.
O que o polvo come? - Alimentação dos polvos

Como os polvos caçam?

Os polvos possuem um comportamento de caça bastante sofisticado devido à capacidade de mimetizar-se com o seu entorno. Isso acontece graças aos pigmentos presentes em sua epiderme, que os permite passar totalmente despercebidos por suas presas, fazendo deles um dos organismos mais sigilosos do mundo animal.

São animais muito agéis e excelentes caçadores. Como eles podem se impulsionar emitindo um jato d'água, podem atacar rapidamente a sua presa enquanto a tomam com suas extremidades cobertas de ventosas e a levam até a boca. Geralmente, quando apanham uma presa, lhe injetam toxinas presentes em sua saliva (cefalotoxinas), as quais paralisam a presa em aproximadamente 35 segundos para logo após ser desmembrada.

No caso de moluscos bivalves, por exemplo, atuam separando as valvas com os tentáculos para poder injetar a saliva. O mesmo acontece no caso de caranguejos que possuem uma carapaça mais dura. Por outro lado, outras espécies sãos capazes de engolir as presas inteiras. .

Suas extremidades têm a capacidade de estender-se em qualquer direção de modo muito coordenado, o que os permite conseguir capturar as suas presas por meio de potentes ventosas cobertas de receptores gustativos. Finalmente, o polvo atrai a presa até sua boca, dotada de um forte bico de estrutura córnea (quitinosa), mediante o qual é capaz de rasgar a sua presa, incluindo até os fortes exoesqueletos de algumas presas, como é o caso dos crustáceos.

Por outro lado, cabe destacar que em espécies pertencentes ao gênero Stauroteuthis a maioria habitante do fundo do mar, parte das células musculares presentes nas ventosas dos tentáculos se encontram substituídas por fotóforos. Estas células capazes de emitir luz os permitem produzir bioluminescência, e deste modo ele é capaz de enganar a sua presa para dirigi-la à boca.

Um outro artigo do PeritoAnimal que talvez te interesse é este sobre como os peixes se reproduzem.

O que o polvo come? - Como os polvos caçam?

Digestão dos polvos

Como sabemos, o polvo é um animal carnívoro e se alimenta de uma grande variedade de animais. Devido a este tipo de dieta, seu metabolismo é altamente dependente de proteínas, uma vez que se trata do componente principal de fonte de energia e como formador de tecidos. O processo de digestão é realizado em duas etapas:

  • Fase extracelular: ocorre ao longo de todo o trato digestivo. Aqui atuam o bico e a rádula, que está dotada de músculos fortes que podem ser projetados para fora da boca e deste modo atuam como um aparato raspador. Ao mesmo tempo, as glândulas salivares secretam enzimas que começam uma pré-digestão do alimento.
  • Fase intracelular: ocorre exclusivamente na glândula digestiva. Nesta segunda etapa, o alimento pré-digerido passa o esófago e, logo, o estômago. Aqui a massa de alimento possegue sua degradação graças à presença de cílios. Uma vez que isso ocorre, a absorção de nutrientes acontece na glândula digestiva, e então o material não digerido é transportado para o intestino, onde será descartado em forma de pelotas fecais, ou seja, de bolas de alimento não digerido.

Agora que você já sabe o que o polvo come e como caça, talvez você se interesse por este outro artigo do PeritoAnimal que fala de 20 curiosidades sobre os polvos baseadas em estudos científicos. Além disso, no vídeo abaixo você confere os 7 animais marinhos mais raros do mundo:

Se deseja ler mais artigos parecidos a O que o polvo come?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • García, L. E. I. (2018). Fisiología digestiva y nutrición del pulpo Octopus bimaculoides. Tesis universitaria.
  • Guerra, Á. (1978). Sobre la alimentación y el comportamiento alimentario de Octopus vulgaris. Trabajo de investigación.
  • Josef, N., Amodio, P., Fiorito, G., & Shashar, N. (2012). Camouflaging in a complex environment—octopuses use specific features of their surroundings for background matching. PLoS One, 7(5), e37579.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

O que o polvo come?
1 de 3
O que o polvo come?

Voltar ao topo da página