menu
Partilhar

Viverrídeos (Viverridae) - Características, espécies e distribuição

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 19 agosto 2021
Viverrídeos (Viverridae) - Características, espécies e distribuição

Os viverrídeos são um grupo de mamíferos, originários do Velho Mundo. Eles vêm especificamente da África, Ásia e Madagascar e pertencem à família Viverridae e são caracterizados por serem carnívoros primitivos, portanto são parentes dos Miacidae, os ancestrais diretos da ordem carnívora. Eles têm uma ampla classificação e uma gama variada de pesos e tamanhos. São animais peculiares, exibindo uma mistura de características anatômicas, assim como a cor e os padrões do corpo. Isso não facilita o estabelecimento de semelhanças com um determinado grupo.

Neste artigo do PeritoAnimal apresentamos tudo sobre os viverrídeos, suas características, espécies e distribuição. Continue lendo!

Quais são os animais da família Viverridae?

Como mencionado, os animais da família Viverridae são mamíferos carnívoros, que são comumente conhecidos como civetas, ginetas e aliados. Seus corpos são pequenos a médios, pesam de 1 kg a 15 kg e possuem cerca de 100 cm de comprimento. Eles geralmente têm cabeças pequenas, orelhas curtas, assim como pontiagudas assim como o focinho, relativamente longo. O corpo de muitas das espécies tem padrões correspondentes a listras ou manchas, particularmente a cauda apresenta anéis com coloração que contrasta com o resto do corpo.

Uma característica particular da maioria dos viverrídeos é a presença de uma glândula perianal, que produz um odor bastante forte, em alguns casos capaz até de repelir os predadores.

Os animais da família Viverridae não são animais gregários, eles geralmente ficam sozinhos ou aos pares. Quase todas as espécies são arborícolas e noturnas. Eles se alimentam de pequenos animais, vários tipos de invertebrados e alguns até mesmo consomem carniça e frutas.

Classificação dos animais da família Viverridae

Os viverrídeos são um grupo diverso composto pelos seguintes gêneros:

  • Arctictis
  • Arctogalidia
  • Macrogalidia
  • Paguma
  • Paradoxurus
  • Chrotogale
  • Cynogale
  • Diplogale
  • Hemigalus
  • Prionodon
  • Civettictis
  • Genetta
  • Poiana
  • Viverra
  • Viverricula
  • Arctictis
  • Arctogalidia
  • Macrogalidia
  • Paguma
  • Paradoxurus
  • Chrotogale
  • Cynogale
  • Diplogale
  • Hemigalus
  • Prionodon
  • Civettictis
  • Genetta
  • Poiana
  • Viverra
  • Viverricula

Espécies de viverrídeos e suas características

Vamos conhecer as características de algumas espécies da família Viverridae:

Arctictis binturong

Chamado de binturong ou urso-gato-asiático, é uma espécie nativa da Ásia considerada em estado vulnerável de conservação por estarem ameaçados de extinção. Embora seja um animal arbóreo, tem um alto nível de atividade no solo, com traços físicos volumosos e pesados. Isto provavelmente o força a descer ao chão para se mover de uma árvore para outra.

Viverrídeos (Viverridae) - Características, espécies e distribuição - Espécies de viverrídeos e suas características

Arctogalidia trivirgata

Seu status atual é de menor preocupação em relação à conservação e é uma espécie nativa da Ásia. É frequentemente chamado de civeta-de-dentes-pequenos ou civeta-das-palmeiras-de-dentes-pequenos e é noturno e arbóreo. Embora possa alimentar-se de uma variedade de animais, é principalmente frugívora. Normalmente tem duas ninhadas por ano.

Imagem: Divulgação/Khao Yai National Park

Macrogalidia musschenbroekii

O status atual deste Viverridae é vulnerável, normalmente chamado de civete sulawesi, musang ou civeta-de-palma-marrom. É endêmico da Indonésia, solitário, arbóreo e muito ágil. Sua dieta é onívora, consumindo vários tipos de animais, mas principalmente roedores. Quanto às plantas, prefere a palmeira Arenga.

Paradoxurus hermaphroditus

O musang ou civeta-de-palmeira-asiática é amplamente distribuído em vários países asiáticos. É uma espécie adaptada à vida em áreas urbanas, por isso é comumente visto em telhados e arames nesses locais. Esse animal da família Viverridae come ratos, mas também plantas e frutas como café, abacaxi, melão e banana.

Chrotogale owstoni

Seu nome comum é civeta-de-palma-de-owston e está classificado como em perigo de extinção. Distribuído principalmente no leste do Laos, Vietnã e sul da China. É solitário, ativo no solo e se alimenta de invertebrados como minhocas e pequenos animais, como coelhos.

Cynogale bennettii

Classificada como espécie ameaçada de extinção, a civeta-lontra é nativa da Indonésia e da Malásia. É um animal principalmente noturno. Esta espécie é semi-aquática, por isso obtém seu alimento principalmente da água e consome peixes, moluscos, caranguejos e aves.

Civettictis civetta

Espécie conhecida como civeta ou civeta-africano, conta com diferentes posições quanto à sua classificação. No entanto, para alguns autores, pertence aos Viverridae. A civeta é nativa da África, onívora e não há detalhes sobre sua tendência populacional.

Imagem: paradoxusik.livejournal.com

Genetta angolensis

A geneta-angolana é nativa da África, e seu estado de coservação é considerado o menos preocupante. Possui uma dieta variada composta por vertebrados, invertebrados, carniça e frutas.

Imagem: ecoangola.com

Poiana richardsonii

Nativo de países como Camarões, República Centro-Africana, Congo, República Democrática do Congo e Guiné Equatorial. O oyan da África Central, também chamado popularmente de linsang da África Central, tem hábitos arbóreos e é onívoro. Este viverridae come pequenos pássaros, roedores, insetos e certas frutas.

Viverricula indica

A civeta-indiana-pequena está distribuída na China, Índia, no sul do continente e também em Madagascar. Habita terrenos urbanos, naturais ou não. Alimenta-se de cobras, ratos, pássaros, carniça e frutas.

Imagem: Rejaul karim.rk

Outras espécies de do grupo Viverridae:

  • Diplogale hosei
  • Hemigalus derbyanus
  • Prionodon linsang
  • Genetta abyssinica
  • Poiana leightoni
  • Viverra civettina
  • Viverra tangalunga
  • Paradoxurus jerdoni
  • Cynogale bennettii
  • Genetta bourloni

Habitat e distribuição dos viverrídeos

Os viverrídeos vivem desde o nível do mar até cerca de 400 m acima dele, com algumas poucas exceções. Eles se desenvolvem em uma importante variedade de ecossistemas, entre os quais podemos citar:

  • Florestas primárias e secundárias
  • Florestas perenes, semi-verdes, caducifólias, Montanhas
  • Planícies
  • Pastagens e florestas
  • Áreas de cultivo
  • Pântanos
  • Manguezais

Uma característica comum de várias espécies é sua capacidade de habitar espaços como reservas criadas pelo homem, bem como sua presença em lugares urbanos, onde podem se alimentar e se desenvolver.

Agora que você conhece muito melhor a família Viverridae, este outro artigo sobre animais da Ásia provavelmente vai te interessar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Viverrídeos (Viverridae) - Características, espécies e distribuição, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Schleif, M. 2013. Arctictis binturong. Animal Diversity Web. University of Michigan. Museum of Zoology. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Arctictis_binturong/>. Acesso em 19 de agosto de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Viverrídeos (Viverridae) - Características, espécies e distribuição
Imagem: Divulgação/Khao Yai National Park
Imagem: paradoxusik.livejournal.com
Imagem: ecoangola.com
Imagem: Rejaul karim.rk
1 de 6
Viverrídeos (Viverridae) - Características, espécies e distribuição

Voltar ao topo da página