menu
Partilhar

Galinha padovana

Atualizado: 30 março 2022
Galinha padovana

Entre as aves, encontramos as galinhas, aves que passaram por um processo de domesticação ao longo do tempo. Este processo deu origem a uma grande diversidade de raças, tanto que existem mais de 1.600 variedades em todo o mundo, entre as quais encontramos a galinha paduana ou a galinha padovana, como é conhecida em italiano.

Neste arquivo do PeritoAnimal mostramos todas as características da galinha padovana para que você possa aprender mais sobre esta curiosa raça. Boa leitura.

Origem
  • Europa
  • Itália

Origem da galinha padovana

Há alguma controvérsia sobre a origem da galinha padovana, uma vez que foi atribuída a raças originárias da Polônia e da Holanda, e é o famoso médico, astrônomo, alquimista e engenheiro Giovanni Dondi dell'Orologio, natural de Pádua, que, por volta de 1300, introduziu esta raça na região, que ele trouxe da Polônia para embelezar as plantações. No entanto, algumas referências indicam que não há registros deste fato. Assim, embora não possa ser absolutamente descartada, os documentos da época não mencionam nenhum contato da pessoa acima mencionada com a região polonesa. Portanto, considera-se que a raça é originária da Itália.

Características da galinha padovana

A galinha padovana é uma raça da subespécie Gallus gallus domesticus. Caracteriza-se por ser uma ave de porte médio, com fêmeas pesando entre 1,5 e 2 kg e machos pesando entre 1,8 e 2,3 kg. Tem uma cabeça de tamanho médio, sem crista, mas com uma pluma bastante volumosa, muito característica da raça. Os olhos tendem a ser grandes, redondos e marcantes, em sua maioria de cor marrom, mas em algumas variantes, como o branco, mudam para uma tonalidade alaranjada. Os orifícios respiratórios também são grandes. Além disso, tem um bico forte e um pouco curvado.

Por outro lado, a galinha padovana ou paduana não tem barbela ou dificilmente pode ser encontrada por causa de sua plumagem densa. O corpo é largo em direção aos ombros, mas se estreita em direção às costas, ao nível do dorso do corpo. A postura desta galinha é ereta, com o tronco um pouco alongado e com uma certa inclinação.

Existe dimorfismo sexual. O corpo das fêmeas é mais comprimido e mais baixo, tendo uma forma mais horizontal do que o dos machos. Os galos têm um tecido globular denso e as penas da cabeça são inclinadas, estreitas e pontiagudas. Nas galinhas, a pluma esférica, embora igualmente densa, é firme e as penas não se penduram. Em ambos, o pescoço possui uma boa plumagem.

As asas são fixadas ao corpo, de tamanho médio e dispostas horizontalmente. A cauda, por outro lado, é densa, mais larga nos galos, e o ângulo que forma nos galos é maior do que nas galinhas. A plumagem é bem desenvolvida e as pontas são arredondadas.

Existe uma variedade anã da galinha padovana, que tem as mesmas características das anteriores, mas difere em peso, com o galo variando de 0,8 a 1 kg, e a galinha de 0,7 a 0,9 kg.

Cores da galinha padovana

Embora a galinha padovana camurça ou a galinha padovana preta sejam as mais conhecidas, a verdade é que esta raça apresenta várias cores:

  • Preto
  • Branco
  • Tricolor
  • Cor gavião
  • Cinza pérola
  • Azul margeado
  • Dourado margeado com preto
  • Prateado margeado com preto
  • Camurça margeado com branco

Habitat da galinha padovana

A espécie Gallus gallus é originária da Ásia, especificamente do sul da região, mas posteriormente, com o processo de domesticação da ave, teve uma distribuição global e hoje, com a existência de tantas raças, é encontrada em muitos países.

Como já mencionamos, a raça de galinha padovana é nativa da Itália e tem sido considerada um animal de pomar, portanto, seu habitat está associado a esses espaços. Como qualquer ave, ela requer espaço suficiente para poder se mover livremente. Outro aspecto importante é que não deve ser mantido em locais úmidos, pois a exposição a tais condições pode afetá-la. Neste sentido, ela deve viver em espaços secos.

Personalidade da galinha padovana

Esta ave é descrita como tendo um comportamento elegante, que pode ser visto em seu andar. Também é referido como tendo uma personalidade confiante. Não é agressiva, tende a ter um comportamento bastante dócil e pode desenvolver relações de confiança com as pessoas, sujeito ao bom tratamento e cuidados que deve receber, como todos os animais.

Por outro lado, é um animal gregário, de modo que é criado em grupos de vários indivíduos onde existe uma hierarquia na organização.

Cuidados e alimentação da galinha padovana

Na natureza, os animais são capazes de se defenderem por si mesmos porque desenvolveram as adaptações necessárias para isso. Os animais domesticados, entretanto, são totalmente dependentes das pessoas porque a domesticação limitou sua capacidade de ser independente. A este respeito, a galinha padovana não é exceção e requer certos cuidados.

Um exemplo dos cuidados da galinha padovana é a necessidade de cortar a pluma abundante na cabeça, pois ela tende a crescer tanto que limita sua visão. Por outro lado, é importante que a galinha não seja mantida em áreas úmidas e que a disponibilidade de água seja controlada em um recipiente para evitar derramamento e molhar a área onde ela é mantida.

Quanto aos alimentos, a espécie é originalmente onívora, alimentando-se de vários grãos, cereais, insetos, minhocas ou larvas. Entretanto, como geralmente vive conosco como um animal de companhia, pode ser oferecida ração comercial, embora a galinha padovana, como em geral com estas aves, tenha necessidades nutricionais que incluem proteínas, carboidratos, gorduras e minerais, portanto qualquer ração comercial deve fornecer cada um destes componentes ou oferecer uma variedade de opções nutricionais através das quais ela possa suprir todas as suas necessidades. Naturalmente, a ração deve ser de alta qualidade. Uma galinha de tamanho médio requer cerca de 135 gramas de ração por dia.

Neste outro artigo falamos mais em profundidade sobre o cuidado destes animais: "Como criar galinha?".

Saúde da galinha padovana

Existem três aspectos principais para manter a saúde da galinha padovana. A primeira é o corte regular da pluma, pois se ela crescer demais, limita a visão da galinha, o que pode levar ao estresse e à desconfiança da galinha em relação à sua capacidade de se mover em seu próprio espaço.

Por outro lado, há a questão da umidade. É uma ave que pode adoecer se estiver em lugares úmidos, por isso é de vital importância que o lugar onde ela fique seja seco, para que na estação chuvosa sejam tomadas medidas apropriadas.

Finalmente, há a questão da alimentação. Como mencionamos, estes animais geralmente dependem de nossos cuidados e se alimentam quase exclusivamente do que é fornecido a eles. Neste sentido, uma galinha padovana que só recebe milho, por exemplo, não manterá uma boa saúde, pois lhe faltarão certos nutrientes. Portanto, é necessário oferecer alimentos variados e verdadeiramente nutritivos, bem como permitir que vagueiem pelo jardim ou quintal para consumir certos insetos ou vermes que são benéficos para elas.

Curiosidades da galinha padovana

A galinha padovana tem uma aparência bonita e atraente, de modo que tem sido considerada como um animal ornamental, no entanto, é sempre importante cuidar bem dela, como de qualquer outro animal de estimação, e em nenhum caso ela deve ser explorada.

Outra das curiosidades da galinha padovana é que a maturidade sexual é alcançada no caso da fêmea entre 5 e 6 meses, enquanto o galo está entre 6 e 7 meses. Além disso, estas galinhas põem um grande número de ovos por ano, que são brancos e pesam de 50 a 60 g. No entanto, as fêmeas não são muito boas em chocar.

Apesar de ser uma raça que se espalhou por vários países, já há algum tempo, tem sido relatada uma diminuição no número de indivíduos existentes.

Agora que você já sabe tudo sobre a galinha padovana, não perca este outro artigo em que te damos uma série de sugestões de nomes para galinhas.

Bibliografia
  • Mangoni, A. (2009). Notas sobre la avicultura: ¿la leyenda de que Giovanni Dondi dell'Orologio habría importado pollos copetudos desacreditada? Disponível em: <http://oryctesblog.blogspot.com/2009/09/appunti-di-avicoltura-sfatata-la.html>. Acesso em 30 de março de 2022.
  • Agraria.Org. Paduana – Padovana. Disponível em: <http://esp.agraria.org/pollos/padovana.htm Agraria.Org>. Acesso em 30 de março de 2022.
  • Atlas de razas de pollos de Padovana Nana: razas italianas con el estándar FIAV. Disponível em: <https://www.agraria.org/polli/padovana-nana.htm>. Acesso em 30 de março de 2022.
  • Gautier, Z. 2002. Gallus gallus. Animal Diversity Web. Disponível em: <https://animaldiversity.org/accounts/Gallus_gallus/>. Acesso em 30 de março de 2022.
  • Parés, P. y Berenguer, J. (2020). El análisis comparativo entre razas de gallinas mediterráneas en base a sus características morfológicas no refleja relaciones de origen ni aptitud. Disponível em: <http://www.scielo.org.pe/scielo.php?pid=S1609-91172020000200025&script=sci_arttext&tlng=pt>. Acesso em 30 de março de 2022.

Fotos de Galinha padovana

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Galinha padovana

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
Galinha padovana
1 de 6
Galinha padovana

Voltar ao topo da página