Partilhar

As 4 espécies de anaconda

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. 19 julho 2016
As 4 espécies de anaconda

As anacondas pertencem à família das jiboias, ou seja são serpentes constritoras (matam as suas presas asfixiando-as entre os seus anéis). As anacondas são as serpentes mais pesadas do mundo, e as em comprimentos apenas atrás da pitão reticulada.

Atualmente existem registros de anacondas com 9 metros de comprimentos, e 250 kg de peso. No entanto, registros ainda mais antigos falam de medidas e pesos superiores.

Se prosseguir a leitura deste artigo do Perito Animal, poderá descobrir as 4 espécies de anaconda que vivem na América do Sul.

Anaconda-verde ou Sucuri-verde

A anaconda-verde, Eunectes murinus, é a maior das 4 anacondas que vivem no continente sul-americano. As fêmeas são muito maiores (mais do dobro) que os machos, num exemplo muito claro de dimorfismo sexual.

O seu habitat são os rios tropicais da América do Sul. É uma excelente nadadora que se alimenta de peixes, pássaros, capivaras, antas, ratão-do-banhado e eventualmente onças, que por seu lado são também os seus principais predadores.

A cor da anaconda-verde é o verde escuro com marcais ovais negras e ocres nos flancos. O ventre é mais claro e no final da cauda existem uns desenhos amarelos e negros que singularizam cada exemplar.

As 4 espécies de anaconda - Anaconda-verde ou Sucuri-verde

Anaconda Boliviana ou Sucuri-da-bolívia

A anaconda boliviana, Eunectes beniensis, é semelhante em tamanho e cor à anaconda-verde. No entanto, as manchas negras estão espaçadas e são maiores que na anaconda-verde.

Esta espécie de sucuri só vive nos pântanos e bosques das terras baixas e úmidas bolivianas, mais concretamente nos departamentos desabitados de Pando e Beni. Nestes lugares existem pântanos e savanas de inundação sem vegetação arbórea.

As presas habituais da anaconda boliviana são os pássaros, grandes roedores, veados, queixadas e peixes. Esta anaconda não corre perigo de extinção.

As 4 espécies de anaconda - Anaconda Boliviana ou Sucuri-da-bolívia

Sucuri-amarela

A sucuri-amarela, Eunectes notaeus, é muito mais pequena que a anaconda-verde e que a anaconda boliviana. Habitualmente as fêmeas não excedem os 4 metros, com um peso de 40 kg, embora existam registros antigos que asseguram a existência de exemplares de 7 metros.

A cor difere das outras anacondas, é de um tom amarelado e verde. No entanto, as manchas ovais negras e o ventre de um ventre de um tom mais pálido é comum a todas elas.

A sucuri-amarela alimenta-se de porcos-selvagens, aves, veados, ratão-do-banhado, capivaras e peixes. O seu habitat são os mangues, córregos, rios de águas lentas e bancos de areia com vegetação. A situação da sucuri-amarela é de ameaça, uma vez que está sujeita à caça furtiva como alimento devido à sua carne e pele.

Uma curiosidade deste tipo de anaconda é que nos povoados indígenas é frequente que tenham uma anaconda viva entre eles para os livrar dos roedores. E daí a dedução de que não temem ser atacados por esta grande serpente.

As 4 espécies de anaconda - Sucuri-amarela

Sucuri-malhada

A sucuri-malhada, Eunectes deschauenseei, é de menor tamanho que a sucuri-da-bolívia e que a sucuri-verde. Habitualmente são supera os 4 metros de comprimento. A sua cor é amarelada com uma profusão de manchas e listras negras. O seu ventre é amarelado ou creme.

Distribuí-se por ampla região que abarca o nordeste brasileiro, a Guiana Francesa e o Suriname. Habita os pântanos, lagos e mangues. Encontram-se exemplares desde o nível do mar até 300 metros de altitude.

A sua alimentação baseia-se em capivaras, queixadas, aves, peixes e excepcionalmente também em caimões pequenos, uma vez que os camões pequenos atacam as anacondas para as comerem.

A destruição do seu habitar por parte das explorações agrícolas e a matança por parte dos criadores de gado para protegerem o seu gado, têm feito desaparecer esta espécie, estando atualmente em um estado de ameaça.

As 4 espécies de anaconda - Sucuri-malhada

Curiosidades da anacondas

  • As anacondas tem um enorme dimorfismo sexual, uma vez que as fêmeas medem e pesam mais do dobro do que os machos.

  • Em épocas de escassez de caça as fêmeas comem os machos.

  • As anacondas são vivíparas, ou seja, não põem ovos. Dão á luz pequenas anacondas capazes de caçar desde o primeiro dia.

  • As anacondas são grandes nadadoras e a disposição elevada das suas narinas e olhos, permite-lhes aproximarem-se das suas presas com o corpo totalmente submerso. Um vigorosa mordida de presa e um veloz enroscamento em volta do corpo da vítima é a sua habitual forma de caça. Depois de matarem a presa engolem-na de uma só vez e inteira. Outra forma de caça é deixarem-se cair de uma árvore sobre a sua presa, a qual em muitas ocasiões matam pela tremenda pancada devido ao seu grande peso.
As 4 espécies de anaconda - Curiosidades da anacondas

Se deseja ler mais artigos parecidos a As 4 espécies de anaconda, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre As 4 espécies de anaconda

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

As 4 espécies de anaconda
1 de 6
As 4 espécies de anaconda

Voltar ao topo da página