Partilhar

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

 
Por Eduarda Piamore. 14 outubro 2019
Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

A Amazônia é o bioma do Brasil, ocupa mais de 40% do território nacional, e compreende a floresta mais extensa do mundo. A fauna e flora nativas de seus ecossistemas revelam uma incrível biodiversidade e muitos animais da Amazônia não podem ser encontrados em nenhum outro lugar do mundo. Embora todas estas espécies sejam fascinantes por sua raridade, algumas chamam ainda mais atenção por serem bastante diferentes.

Você é apaixonado pela natureza e quer saber mais sobre os animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira? Neste artigo do artigo do Perito Animal você encontrará curiosidades e imagens de animais típicos da Amazônia que se destacam pelo aspecto chamativo e pelas características peculiares de sua morfologia. Você também poderá conhecer algumas espécies únicas deste bioma que correm sério risco de extinção.

Também lhe pode interessar: 11 Raças de cachorros brasileiros

10 animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

Quando falamos sobre animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira, não necessariamente nos referimos a espécies – digamos assim – pouco atrativas segundo o padrão estético vigente na sociedade. Essa lista inclui animais belíssimos com características muito raras, que dificilmente se encontram em outras espécies.

De qualquer maneira o mais importante é que você descubra quais são os animais típicos da Amazônia, com características únicas que fazem com que este bioma seja um dos mais diversos do mundo. Veja a seguir algumas curiosidades sobre essas espécies pouco comuns.

Sapo vidro

Na verdade, não se trata somente de um animal estranho encontrado na Amazônia brasileira, mas sim de uma extensa família de anfíbios anuros pertencentes à família Centrolenidae. “Sapo vidro” é o nome popular usado para denominar várias espécies de sapos que se caracterizam pelo corpo translúcido.

A pele transparente permite observar à simples vista as vísceras, os músculos e os ossos destes anfíbios, fazendo com que ele mereça um lugar de destaque entre os animais estranhos da floresta amazônica. Também habitam o Paraguai, o norte da América do Sul e as florestas úmidas da América Central.

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Sapo vidro
Imagem: Reprodução/Jaime Culebras

Poraquê ou enguia elétrica

Um peixe que parece uma enorme serpente aquática e é capaz de emitir ondas elétricas? Sim, isso é possível quando falamos sobre os animais típicos da Amazônia. O poraquê (Electrophorus electricus), conhecido também como enguia elétrica, possui características tão peculiares que é a única espécie de peixe do gênero Gymnotidae.

A enguia consegue emitir ondas elétricas do interior do corpo para o exterior pois seu organismo possui um conjunto de células especiais que emitem poderosas descargas elétricas de até 600 W. Os poraquês utilizam esta fascinante habilidade para muitas funções, como caçar, se defender de predadores e se comunicar com outras enguias.

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Poraquê ou enguia elétrica
Imagem: Reprodução/Conexão planeta

Rãs ponta-de-flecha ou sapos venenosos

As rãs flechas são conhecidas e temidas como um dos animais da Amazônia mais perigosos. Apesar do pequeno tamanho, a pele desses anfíbios possui um poderoso veneno chamado batracotoxina, que costumava ser utilizado pelos índios nas pontas das flechas para provocar a rápida morte dos animais que caçavam para se alimentar e também dos inimigos que invadiam seu território.

Hoje em dia, estão registradas mais de 180 espécies de rãs ponta-de-flecha que conformam a superfamília Dendrobatidae. A espécie mais venenosa é a Rã flecha dourada (Phyllobates terribilis), cujo veneno poderia chegar a matar mais de 1000 pessoas. Não precisamos explicar por que está nesta lista de animais estranhos da floresta Amazônica, certo?

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Rãs ponta-de-flecha ou sapos venenosos

Jupará

Provavelmente, pouca gente imaginaria que um pequeno e adorável mamífero estaria entre os animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira. Porém, os juparás (Potos flavus) são animais endêmicos do continente americano, possuem características particulares que os diferenciam das outras espécies que conformam a família dos procionídeos. Por isso mesmo, é a única espécie dentro do gênero Potos.

No Brasil, é conhecido também como macaco da noite porque possui hábitos noturnos e pode resultar parecido a um mico. Mas na verdade, os juparás pertencem à mesma família dos guaxinins e dos quatis, e não têm parentescos com as espécies de macacos que habitam nas selvas brasileiras. Sua característica física mais destacada é a pelagem dourada e a longa cauda que utiliza para se sustentar nos galhos das árvores.

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Jupará

Lagarto Jesus ou basilisco

Por que batizariam um lagarto em homenagem a Jesus Cristo? Bem, porque este réptil tem a incrível capacidade de “caminhar” sobre as águas. Graças à combinação do pouco peso, da baixa densidade corporal, da anatomia de suas patas traseiras (que possuem membranas entre os dedos) e da velocidade que este pequeno lagarto pode alcançar ao se mover, torna-se possível que, ao invés de afundar como fariam praticamente todos os animais, possam correr sobre rios e outras massas de água. Uma extraordinária habilidade para escapar de predadores maiores e mais pesados.

O mais interessante é que esse, dentre os animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira, não é apenas uma espécie que possui esta habilidade. Na verdade, a família dos basiliscos compreende quatro espécies, sendo a mais comum Basiliscus basiliscus, mais conhecida como basilisco comum. Apesar de ser um dos animais que vivem na amazônia brasileira, os lagartos Jesus também vivem em outras selvas da América do Sul e Central.

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Lagarto Jesus ou basilisco

Jequitiranabóia

O jequitiranabóia (Fulgora laternaria) é conhecido, em inglês, como inseto cabeça de amendoim. Mas não é só o formato da cabeça que chama a atenção neste animal da Amazônia. Todo o aspecto deste inseto é bastante estranho e bem pouco atrativo, mas é por uma boa razão, se camuflar. Como é um bichinho pequeno e inofensivo, seu único mecanismo de defesa para escapar dos predadores é se camuflar entre as folhas, ramas e a terra do seu habitat natural.

Provavelmente, o formato da cabeça do jequitiranabóia tenta imitar a cabeça de um lagarto. Além disso, suas asas possuem duas manchas que se assemelham aos olhos das corujas. Estas estratégias são úteis para confundir e enganar os predadores.

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Jequitiranabóia

Anaconda ou sucuri verde

As anacondas ou sucuris são tão famosas que até se tornaram protagonistas nos telões. É um dos poucos animais estranhos da floresta amazônica que virou uma estrela de cinema. Porém, longe daquela imagem assassina pintada nos filmes, estas grandes cobras de hábitos semi-aquáticos são bastante reservadas e os ataques às pessoas são raros, produzindo-se geralmente quando a sucuri se sente ameaçada pela presença humana.

Atualmente, são reconhecidas quatro espécies de anacondas endêmicas da América do Sul. A anaconda verde que habita na Amazônia brasileira é a maior destas quatro espécies, podendo medir até 9 metros de comprimento e pesar mais de 200 quilos. Por esta razão, é considerada a cobra mais robusta e pesada do mundo, perdendo em tamanho somente para a pitão reticulada.

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Anaconda ou sucuri verde
Imagem: Reprodução/National Geographic

Formiga Cabo-Verde ou Paraponera

De todos os tipos de formigas que existem no mundo, a formiga cabo-verde (Paraponera clavata) chama a atenção por ser a maior espécie conhecida em todo o mundo. São tão grandes que podem ser confundidas com vespas, embora sejam incapazes de voar.

Além disso, é dona de uma poderosa picada, que pode ser até 30 vezes mais dolorosa que a de uma vespa. De fato, dizem que a dor provocada pela mordida de uma Paraponera é comparável ao impacto de uma bala e pode demorar mais de 24 horas para passar. Não é a toa que estes insetos também são chamados de formiga bala (principalmente em inglês e espanhol).

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira -  Formiga Cabo-Verde ou Paraponera

Candiru

À simples vista, o candiru (Vandellia cirrhosa) pode parecer um pequeno peixe inofensivo com um corpo transparente e nenhuma característica física realmente chamativa. Mas, por que pode ser considerado um dos animais mais estranhos da Amazônia brasileira? Esse animal é um dos poucos vertebrados hematófagos conhecidos, ou seja, se alimentam do sangue de outros animais.

Estes diminutos parentes dos bagres possuem uns espinhos em forma de gancho que utilizam para penetrar a pele de outros peixes, absorver o sangue e se sustentar firmemente. Embora seja mais raro, também podem se introduzir pelo canal urinário ou pelo ânus de banhistas e parasitá-los, uma situação dolorosa que geralmente requer cirurgia para ser solucionada.

Imagem:Reprodução/William Costa-Portal Amazônia

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Candiru
Imagem: Reprodução/William Costa-Portal Amazônia

Urutau

Uma ave pode ser um dos animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira? Sim, claro que sim. Principalmente quando se trata de um “pássaro fantasma” que é capaz de passar totalmente despercebido no meio do seu habitat natural. A cor e o padrão da plumagem do urutau comum (Nyctibius griseus) imita perfeitamente a aparência das cascas dos troncos de árvores secos, mortos ou quebrados.

Além disso, seus olhos possuem uma pequena fenda nas pálpebras através da qual o pássaro pode continuar enxergando mesmo de olhos fechados. Também demonstram uma impressionante capacidade de permanecer completamente imóveis por várias horas, inclusive quando detectam a presença de outros animais ou de pessoas. Esta habilidade permite que o urutau engane possíveis predadores e economize bastante energia em escapar.

Imagem:Reprodução/Omensageiro

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira - Urutau
Imagem: Reprodução/Omensageiro

Animais em extinção na Amazônia

De acordo com o Catálogo Taxonômico das Espécies do Brasil [1], realizado por iniciativa do Ministério do Meio Ambiente, a fauna brasileira compreende mais de 116 mil espécies registradas de animais vertebrados e invertebrados. Infelizmente, aproximadamente 10% destas espécies brasileiras estão em perigo de extinção e o bioma mais afetado é justamente a Amazônia.

Os estudos realizados pelo Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade [2] (ICMBio) entre 2010 e 2014 revelam que pelo menos 1050 animais da Amazônia correm risco de desaparecer nas próximas décadas. Entre os animais da Amazônia em extinção, é possível encontrar peixes, mamíferos, anfíbios, répteis, insetos, aves e animais invertebrados. Seria impossível falar sobre tantas espécies em tão poucas linhas. Porém, a seguir mencionaremos alguns animais emblemáticos deste bioma brasileiro que correm o risco de ser extintos:

  • Boto cor de rosa (Inia geoffrensis);
  • Gato-maracajá (Leopardus wiedii);
  • Ararajuba (Guaruba guarouba);
  • Gavião real (Harpia harpyja);
  • Peixe-Boi da Amazônia (Trichechus inunguis);
  • Chauá (Amazona rhodocorytha);
  • Onça-Pintada (Panthera onca);
  • Caiarara (Cebus kaapori);
  • Macaco-prego (Sapajus cay);
  • Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla);
  • Macaco-aranha (Ateles belzebuth);
  • Onça Parda (Puma concolor);
  • Ariranha (Pteronura brasiliensis);
  • Uacari (Cacajao hosomi);
  • Arapaçu (Dendrokolaptes kerthios);
  • Tucano de bico preto (Ramphastos vitellinus);
  • Sauim-de-coleira (Saguinus bicolor);
  • Arara-Azul (Anodorhynchus hyacinthinus);
  • Rato do cacau (Callistomys pictus);
  • Mico Leão Dourado (Leontopithecus Rosalia);
  • Doninha amazônica (Mustela africana);
  • Jaguatirica (Leopardus pardalis);
  • Lobo Guará (Chrysocyon brachyurus);
  • Pirarucu (Arapaima gigas);
  • Pica-pau de cara amarela (Dryocopos Galeatus).

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. Ministério do Meio Ambiente do Brasil. Catálogo Taxonômico da Fauna de Brasil. Disponível em: <http://fauna.jbrj.gov.br/fauna/listaBrasil/ConsultaPublicaUC/ConsultaPublicaUC.do>. Acesso em 14 Out. 2019.
  2. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Listas das Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção. Disponível em: <http://www.icmbio.gov.br/portal/faunabrasileira/lista-de-especies?start=400>. Acesso em: 14 Out. 2019.

Vídeos de Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

1 de 3
Vídeos de Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

Escrever comentário sobre Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira
Imagem: Reprodução/Jaime Culebras
Imagem: Reprodução/Conexão planeta
Imagem: Reprodução/National Geographic
Imagem: Reprodução/William Costa-Portal Amazônia
Imagem: Reprodução/Omensageiro
1 de 11
Animais estranhos encontrados na Amazônia brasileira

Voltar ao topo da página