Partilhar

Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos

 
Por Ana Diaz Maqueda. 20 maio 2020
Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos

Em qualquer ecossistema, assim como existem cadeias alimentares onde encontramos organismos produtores vegetais (não existem animais produtores) e animais consumidores, existe também uma cadeia alimentar detritívora, cujo objetivo é transformar toda a matéria orgânica, proveniente da outra cadeia alimentar, em matéria inorgânica, tornando estes compostos novamente absorvíveis pelas plantas. Dentro desta cadeia encontramos seres decompositores ou detrítivoros, alguns dos quais são animais decompositores, embora a maioria deles sejam fungos ou bactérias.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos ver o que são seres decompositores e qual a importância do seu papel no ecossistema.

Também lhe pode interessar: Parasitismo - o que é, tipos e exemplos

O que são seres decompositores

Os seres decompositores são organismos heterótrofos que se alimentam de matéria orgânica em processo de decomposição ou de resíduos de outros animais, tais como as fezes. Estes organismos também são chamados saprófagos. A decomposição é um processo natural necessário nos ecossistemas para a renovação da matéria e da energia. É realizada por uma multiplicidade de organismos, muitos dos quais são bactérias decompositoras ou organismos quimiorganotróficos porque obtêm energia através de reacções químicas, utilizando matéria orgânica em decomposição como substrato.

Outro grupo muito importante de organismos são os fungos decompositores, tanto microscópicos como macroscópicos. Por último, embora normalmente estejam no início da cadeia detritívora, encontramos os animais decompositores, sendo que os animais carniceiros são um grupo importante.

Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos - O que são seres decompositores

Decompositores na cadeia alimentar

Em qualquer ecossistema, existe uma cadeira alimentar onde é possível encontrar seres produtores, consumidores e decompositores. Estes últimos atuam depois da morte dos seres produtores e de vários seres consumidores.

A matéria orgânica resultante de produtores e consumidores (fezes, biomassa e outros resíduos excretados pelo organismo) serve de alimento para decompositores como fungos e bactérias, sendo a sua fonte de energia e nutrientes.

Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos - Decompositores na cadeia alimentar

Importância dos decompositores na natureza

O papel dos decompositores para o equilíbrio ecológico de um ecossistema é fundamental. Eles possuem um papel extremamente importante no equilíbrio ecológico, uma vez que transformam a matéria orgânica em inorgânica, devolvendo assim os nutrientes ao ambiente. Isso vai permitir que esses nutrientes possam ser reaproveitados por outros seres que produzirão nova matéria orgânica.

Em suma, os seres decompositores se encarregam de reciclar a matéria orgânica na cadeia alimentar.

Tipos de seres decompositores

Existem principalmente três tipos de decompositores, classificados de acordo com a origem da matéria orgânica em decomposição, se é um cadáver ou partes dele, matéria vegetal morta ou fezes. De acordo com isto, os tipos que encontramos são:

Seres detritívoros

São os que se alimentam dos detritos ou das partes vegetais que se acumulam no solo, como folhas, raízes, ramos ou frutos, e que após a decomposição acabam formando o húmus, que é um solo muito rico em matéria orgânica.

Seres necrófagos

Estes organismos alimentam-se dos cadáveres ou partes do corpo de animais em decomposição. Normalmente, esta acção é iniciada por bactérias que facilitam a assimilação da matéria orgânica aos animais decompositores.

Seres coprófagos

São organismos, em sua maioria fungos e animais decompositores, que se alimentam de matéria orgânica que ainda pode ser assimilada a partir das fezes.

Animais decompositores

A definição de animais decompositores não é outra senão:

Os seres vivos pertencentes ao reino animal que se alimentam de matéria orgânica em decomposição.

Encontramos animais decompositores tanto no grupo de invertebrados como no grupo de vertebrados. Entre os primeiros, talvez o grupo mais importante sejam os insetos, de muitos tipos, como moscas, vespas ou escaravelhos. Onde encontramos mais exemplos de animais vertebrados decompositores nos grupos de mamíferos e aves.

Por outro lado, a abundância deste tipo de animais varia de acordo com o clima. Por exemplo, animais decompositores no deserto são raros, apenas alguns invertebrados. É em lugares úmidos onde podemos encontrar a maior diversidade destes organismos, sendo os animais decompositores da floresta os que apresentam maior diversidade.

Exemplos de animais decompositores

A seguir, apresentamos uma lista com exemplos de animais decompositores classificados por tipo:

Exemplos de animais detritívoros

  • As minhocas (Família Lumbricidae), desempenham um papel fundamental na formação do húmus.
  • Gastrópodes (Moluscos, Lemas e Caracóis). Muitos destes animais também se alimentam de plantas vivas, o que faz com que algumas se tornem pragas.
  • Oniscídeos ou bichos-de-conta (Subordem Oniscidea).

Exemplo de animais necrófagos

  • Dípteros ou moscas (Famílias Sarcophagidae, Calliphoridae, Phoridae ou Muscidae). Na ciência forense estes animais e os besouros são levados em conta para determinar a hora da morte.
  • Coleópteros ou besouros (Famílias Silphidae ou Dermestidae)
  • Hienas (Família Hyaenidae). Alguns ecólogos não incluiriam os animais carniceiros como parte da fauna necrófaga, mas a verdade é que eles desempenham um papel importante na decomposição de cadáveres.
  • Abutres (Família Accipitridae e Cathartidae)

Exemplos de animais coprófagos

  • Coleópteros ou escaravelhos (Famílias Scarabaeidae, Geotrupidae e Hybosoridae). Isto inclui os famosos escaravelhos rola-bosta.
  • Dípteros ou moscas (Famílias Calliphoridae, Sarcophagidae ou Muscidae). A mosca verde (Phaenicia sericata) é muito reconhecível sobre os excrementos dos animais.
  • Abutre-do-egito (Neophron percnopterus). Além de ser um necrófago, complementa sua dieta com fezes de vaca, para absorver os carotenoides (pigmento vegetal) que dão ao seu bico sua cor marcante.
Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos - Exemplos de animais decompositores

Se deseja ler mais artigos parecidos a Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Franco, D. P. M., Manzano, J. Q., & Cuevas, A. L. (2010). Métodos para identificar, diagnosticar y evaluar el grado de eutrofia. ContactoS, 78, 25-33.
  • Galante, E., & Marcos-García, M. A. (1997). Detritívoros Coprófagos y Necrófagos. Los Artrópodos y el Hombre. Sociedad Aragonesa de Entomología. Zaragoza.

Escrever comentário sobre Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos
1 de 4
Seres decompositores: o que são, tipos e exemplos

Voltar ao topo da página