Partilhar

Toy ou anão

25 abril 2016
Toy ou anão

O coelho Toy ou coelho anão é, há muito tempo, um pet muito popular. O seu tamanho reduzido, aspeto adorável e o seu caráter afável fazem dele o animal perfeito para quem vive em apartamento. Ele foi desenvolvido nos Países Baixos no início do século XX a partir de um pequeno coelho selvagem cruzado com raças domésticas até chegar a Inglaterra, onde os criadores conseguiram padronizar as cores e aparência do animal.

Origem
  • Europa
  • Países Baixos

Aspeto físico

O coelho toy ou anão é verdadeiramente pequeno, tendo um comprimento total em torno de 33 e 50 centímetros e atingindo um peso entre 0,8 e 1,5 kg em adulto.

O aspeto do coelho anão é muito doce, o que é notório apenas olhando para a sua fisionomia: é um coelho compacto e curto. Possui uma orelhas curtas e redondas, assim como um nariz pequeno e achatado que o tornam inconfundível.

Possui um pelo suave e curto que pode ser encontrado em uma variedade grande de cores muito diferentes, como o branco, marrom, cinzento ou preto.

Comportamento

Ao contrário de outros coelhos, o coelho Toy ou anão é, de certa forma, independente. Isto acontece porque é uma raça especialmente nervosa e medrosa. Para evitar o comportamento isolado do coelho, é essencial acostumá-lo à sua presença diariamente brincando e oferecendo guloseimas, para conseguir ter um coelho doce e amigável.

Agradecem muito os carinhos de quem confiam perto das orelhas e no lombo, sempre coma suavidade adequada.

Geralmente, têm medo de outros pets como cachorros e gatos. No entanto, com tempo e orientações adequadas, pode criar uma boa relação entre gato e coelho.

Cuidados

Os coelhos toy necessitam de uma série de cuidados gerais e também possuem alguns cuidados específicos. Por exemplo, é muito importante que o coelho toy tenha um lugar tranquilo e silencioso para descansar quando estiver na gaiola. Isole-o de correntes de ar, sol direto ou ruído excessivo. Procure fazer com que outros pets não se aproximem até que ele se acostume à sua presença.

Deve ter muito cuidado ao pegar no coelho, um gesto brusco ou uma captura mal feita podem facilmente provocar uma fratura.

Outro tipo de cuidado é a escovagem. Deve ser frequente, especialmente na época de muda do pelo. Não é conveniente que lhe dê banho, umas vez que os coelhos se limpam a eles mesmos. Apenas em casos de sujidade excessiva pode usar um pano úmido ou uma toalha umedecida para limpar o pelo do coelho.

Providencie brinquedos para que ele se ocupe sempre que fica aborrecido. Procure brinquetes adequados para coelhos no mercado. Este passo é importante pois nem todos os brinquedos são adequados para este mamífero que rói tudo.

A sua gaiola deve ser espaçosa com uma forragem de aparas de madeira, comedouros para feno e verduras, bebedouro e algo que ele possa usar como ninho para se sentir confortável. Também pode preparar um pequeno espaço para que se exercite. Não esqueça que, se o deixar correr pela casa, deve vigiá-lo pois pode acabar roendo um cabo e se machucar muito.

Além do que foi mencionado até agora, também deve prestar atenção à alimentação do coelho, que deve ser variada e adequada à sua idade.

Saúde

De seguida, pode encontrar uma lista das doenças mais comuns que acometem os coelhos anões:

  • Mixomatose: Consiste em uma virose transmitida por insetos como carrapatos, mosquitos ou motucas. Pode ser detetada através da inflamação da vulva nas fêmeas e com o aparecimento de pústulas em redor das mucosas do coelho. Pode chegar a provocar cegueira no seu pequeno pet. Deve consultar o veterinário que tentará aliviar os sintomas da doença com cuidados intensivos, uma vez que não tem tratamento.

  • Tularemia: É uma doença bacteriana que é transmitida através de ácaros e pulgas. Pode ser identificada através da perda de apetite do coelho. Consulte o veterinários se relacionar os parasitas com esse sintoma.
  • Raiva: Assim como os gatos e cachorros, o coelho também pode ter raiva. Embora seja raro, pode acontecer caso adote um coelho de origem estanha. Por esse motivo, recomendamos que consulte os conselhos para adotar um coelho.
  • Pneumonia: Geralmente, ocorre em épocas do ano com temperaturas baixas quando o pet fica exposto a correntes de ar. Se não proporcionar cuidados extra, o seu coelho pode piorar.
  • Crescimento anormal dos dentes: É comum quando o coelho não tem acesso a forragem ou elementos que possa roer, como faria na natureza.
  • Sarna: A sarna é provocada por ácaros, insetos que depositam ovos e se multiplicam a uma velocidade vertiginosa. Consulte o seu veterinário para que ele administre a vacina ivermectina.

Fotos de Toy ou anão

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Toy ou anão

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Toy ou anão

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
1 comentário
MARCIA
ONDE SE ENCONTRA

Toy ou anão
1 de 5
Toy ou anão

Voltar ao topo da página