Partilhar

A capivara como animal de estimação

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. 20 setembro 2016
A capivara como animal de estimação

Se deseja ter uma capivara como animal de estimação é imprescindível que existam um jardim em sua casa no qual possa instalar uma piscina de plástico com algum tamanho. Se observar que a morfologia do animal perceberá que se trata de uma espécie claramente aquática: olhos e orelhas no cimo da cabeça e membranas entre os dedos das patas. Se deseja que a sua capivara seja feliz e saudável deve proporcionar-lhe um habitat adequado. Continue lendo este artigo do Perito Animal e descubra os cuidados básicos para ter uma capivara como animal de estimação.

Também lhe pode interessar: A raposa como animal de estimação

Características das capivaras

As capivaras são animais procedentes da América do Sul e América Central. São os maiores roedores que existe e dividem-se em duas espécies: Hydrochoerus hydrochaeris isthmius, que é a mais pequena de ambas as espécies, e a Hydrochoreus hydrochaeris hydrochaeris, que tem uma tamanho maior. As capivaras podem chegar a pesar até 65 kg, no caso das fêmeas maiores. Os machos pesam 10 a 15 kg a menos.

A capivara como animal de estimação - Características das capivaras

Alimentação das capivaras

As capivaras alimentam-se de ervas, algas lacustres e ocasionalmente, tal como as cobaias, dos seus próprios detritos para aproveitarem mais a fundo o alimento. As fezes finais têm uma forma oval e são secas. Em cativeiro comem melancia, milho, alface, e um amplo leque de frutas e verduras.

As capivaras não produzem por si mesmas a vitamina C, por isso, quando em cativeiro devemos dar-lhes complementos com a finalidade de evitar o escorbuto, ou proporcionar-lhes alimentação rica nesta vitamina.

A capivara como animal de estimação - Alimentação das capivaras

A capivara como animal de estimação

A capivara pode ser domesticada. É um animal limpo e afável se cumprir uma série de regras muito importantes. Em primeiros lugar há que ter em conta que as capivaras vivem em grupo. Só alguns machos têm uma vida solitária.

Assim sendo, se só quer adotar um exemplar é preferível que este seja macho. Se poder ter vários: macho e fêmea, ou fêmea e fêmea podem ser uma boa combinação.

Em qualquer dos casos os machos devem ser esterilizados, para evitar que se tornem agressivos ao chegar à idade adulta. Os machos são territoriais. A esterilização deve ser feita entre os 6 e os 9 meses.

A capivara como animal de estimação - A capivara como animal de estimação

Conselhos e cuidados para as capivaras como animais de estimação

A aquisição das capivaras como animais de estimação deve ser feita em lojas de animais com garantias. Fuja das compras na Internet e sem garantias.

As capivaras são animais propensos a insolações, uma vez que o seu pelo em algumas zonas é escasso. Por isso mesmo é que elas se rebolam na lama para se protegerem da radiação solar.

A saúde das capivaras domésticas

As capivaras como animais de estimação têm o dobro da esperança de vida dos seus companheiros em estado selvagem. Em cativeiro podem chegar a viver até 12 anos. Se o seu habitat for ideal não são difíceis de cuidar. No entanto, se pretende ter capivaras em um apartamento, esqueça! Em um apartamento não têm a possibilidade de tomar banho em um charco quando precisam de se refrescar, facilmente podem sofrer alterações cutânea, que podem inclusivamente levar à morte.

É imprescindível que um veterinário controle a saúde da capivara, tal como o faria se o seu animal de estimação fosse um cachorro ou um gato.

A capivara como animal de estimação - A saúde das capivaras domésticas

Domesticação das capivaras

As capivaras são domesticáveis. São animais inteligentes, que lhes pode ensinar truques e vários comportamentos. Pedir comida, sentar-se e demonstrar o seu afeto, entre muitas outras coisas.

As capivaras têm uma ampla gama de sons para demonstrar a sua satisfação, estado de alerta, submissão e muitos mais sons específicos.

Conclusão sobre a ideia de adotar uma capivara

As capivaras podem ser animais de companhia perfeitos se lhes conseguir cobrir as suas necessidades específicas: um lugar para se abrigarem, grama, palha e uma piscina rasa para se refrescarem. A alimentação também é um ponto crucial, mas não se trata de um tema caro que impeça a sua adoção como animal de estimação.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A capivara como animal de estimação, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Escrever comentário sobre A capivara como animal de estimação

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
mauro vargas
Onde encontro criatórios licenciados que vendam capivaras?
GUBETRAN CLAUDIOMAR DE SOUZA
Fui chamado para fazer a captura de uma capivara ferida e nao sei o que usar como remédio ou aplicação para se fazer o necessário como cuidados.
se possivel ajude-me e a ela também, ela é uma menina co 27kg, 80cm de comprimento e 40cm de altura.
LUCIANA
gostaria de saber o procedimento para comprar um casal de capivara com chip e autorização, obrigada!

A capivara como animal de estimação
1 de 5
A capivara como animal de estimação

Voltar ao topo da página