Remédios caseiros para a gripe em gatos

Remédios caseiros para a gripe em gatos

Você sabia que existem remédios caseiros para a gripe em gatos? Os felinos são propensos a doenças respiratórias e a mais comum é o resfriado. Você tem visto o seu gato menos ativo que o normal, ele fica procurando por uma fonte de calor, lacrimeja e espirra? O mais provável é que esteja com gripe. Esse é um problema leve, embora não menos importante.

No PeritoAnimal vamos te dar todas as informações sobre a gripe em gatos e os remédios caseiros que você pode oferecer para ajudar o processo de cura do seu gato gripado.

Gripe felina

A gripe em gatos pode ser simples e passageira, mas se você não ajudar o seu companheiro a superá-la tratando os sintomas, podem surgir complicações, provocandodoenças secundárias das vias respiratórias. Para a gripe felina não existe uma cura direta, ou seja, cura-se deixando que o vírus faça o seu processo e sofrendo os sintomas da forma mais leve possível até que a doença acabe, o que pode demorar cerca de 10 dias. Ao se tratar de uma doença leve, você pode tentar seguir um tratamento sintomático em casa, mas tendo sempre em conta que se o seu animal de estimação piorar, você deve levá-lo de imediato ao veterinário.

Em gatos adultos e saudáveis, o processo durará cerca de 10 dias, mas em gatos pequenos, mães lactantes, indivíduos doentes e gatos idosos, um simples resfriado pode complicar-se e derivar em problemas mais graves como por exemplo uma pneumonia. Por isso, recomendamos que se o seu gato se encontra dentro do perfil de algum dos exemplares mais fracos, perante uma gripe leve-o diretamente ao seu veterinário de confiança.

Contudo, se o seu gato gripado tiver, no geral, uma boa saúde e for adulto, você pode cuidar dele de forma mais tranquila e econômica, podendo ajudá-lo a superar a gripe antes dos 10 dias de média que o processo costuma durar.

O fato do seu bichano se resfriar indica-nos que o mais provável é que tenha estado com as defesas baixas devido a alguma carência na alimentação, pelo que você deve reforçar o sistema imunológico dele e confirmar que não tem outro problema ou doença que possa ter causado a diminuição das defesas.

A melhor prevenção é seguir o calendário de vacinação que o seu veterinário indicar. Além disso, você deve ter sempre cuidado com as correntes de ar e as mudanças de temperatura bruscas ao cuidar de um gato resfriado.

Gato fica gripado?

Esta doença nos gatos não tem nada ver com a que costuma ocorrer nos humanos, pelo que não nos podemos contagiar mutuamente. A gripe em gatos costuma ocorrer nos meses de inverno devido às temperaturas baixas, mas também é muito comum durante os meses de calor devido às correntes de ar e às mudanças de temperatura bruscas.

Como a maioria das doenças respiratórias que ocorrem nos gatos, a gripe, assim como o vírus da gripe felina, são doenças altamente contagiosas entre eles. Por isso, se você detectar que tem um gato gripado em casa e ele convive com outros gatos na sua casa ou o de vizinhos, você deverá isolá-lo o máximo possível durante o processo viral e, lavar bem as mãos antes e depois de estar com ele para que você não contamine os outros.

Sintomas da gripe felina

Para saber se você tem um gato gripado é importante estar atento aos sintomas de gripe em gatos. Por sorte, são bastante evidentes e claros:

  • Dificuldade na respiração
  • Secreção nasal e ocular
  • Febre
  • Espirro
  • Redução da atividade/pouca energia
  • Perda de apetite
  • Conjuntivite
  • Inchaço na terceira pálpebra
  • Irritação na garganta
  • Tosse

Remédios caseiros para gripe de gato

A seguir, vamos explicar uma série de remédios caseiros e cuidados básicos que podem ajudar a minimizar os sintomas de gripe em gatos. É bom prestar atenção de que não há uma fórmula mágica, esses remédios caseiros para a gripe felina são coisas que você pode e deve fazer tranquilamente para amenizar seus sintomas.

Saiba que a prescrição de medicamentos só pode ser realizada por um veterinário, assim como a recomedação de Vitamina C ao seu gato. Lembre-se que os gatos são muito sensíveis à medicação e correm o risco de serem intoxicados se você administrar remédios humanos e/ou sem indicação profissional. Por essa razão, consulte sempre um veterinário.

Mais do que aplicar remédios caseiros para gripe em gatos, é importante saber o que fazer e como tratar gripe em gatos:

  • Você deve ajudá-lo a comer, uma vez que sozinho vai comer muito pouco ou nada devido à falta de apetite que o processo viral causa. Como é fundamental que o animal continue se nutrindo para que o seu sistema imunológico se fortaleça, você deve ajudá-lo estimulando o apetite ou dando-lhe comida. Por causa da gripe em gato, será mais difícil para ele notar cheiros e sabores. Por isso, se você oferecer comida quente com muito mais cheiro ou comida fria que tenha um cheiro forte, como o atum enlatado, pode ser que o seu gato tenha mais vontade de comer. Você pode também adicionar caldo de frango na ração habitual que amolecerá a ração e dará muito mais sabor, facilitando assim a ingestão. Se reparar que ele demorou muito para engolir devido a uma irritação da garganta, recomendamos que triture a comida e assim será muito mais fácil para ele engoli-la e digeri-la. Se, ainda assim, ele não comer sozinho, você deve aproximar a comida da boca e nariz e, inclusive, abrir um pouco a boca e fazer com que prove um pouco da comida, talvez isso abra o apetite. Outra forma é passar uma pata dianteira na comida, pois logo em seguida o gato irá lambê-la para se limpar e pode ser que assim lhe dê vontade de começar a comer.
  • É muito importante que você lhe proporcione calor tanto com a temperatura ambiente como com cobertores nos quais ele possa se enroscar e dormir. Este é o melhor remédio caseiro para um gato gripado.
  • Você deve proporcionar-lhe água fresca em abundância, uma vez que este processo viral causa desidratação com facilidade.
  • Evite todas as possíveis correntes de ar que possam existir em casa. As correntes de ar são completamente indesejáveis pois costumam piorar o quadro de gripe felina e de um gato com nariz entupido.
  • Ajude-o a limpar os olhos e o nariz, para que não se acumulem lágrimas e mucos incômodos que formem crostas e causem problemas de higiene. Com uma gaze esterilizada e soro fisiológico, pode limpar o nariz e os olhos do seu gato, utilizando uma gaze diferente para cada olho e outra para o nariz, evitando assim possíveis contágios. Assim o gato gripado respirará e verá melhor. Além disso, se houver conjuntivite, será necessário limpar os olhos com alguma solução oftalmológica que o veterinário receitar. Se você notar que ele tem o nariz muito tapado, deverá administrar-lhe soro fisiológico dentro do nariz para favorecer a limpeza e descongestionamento.
  • Aumente a umidade do ambiente com um umidificador. Se você não tem um umidificador ou vaporizador, dê-lhe banhos de vapor. Por exemplo, pode deixar a água quente correr mantendo a porta e janela do banheiro fechadas, assim você terá bastante vapor no banheiro e o seu gato poderá respirar o vapor por uns 15 minutos, isso ajudará a mover e expulsar mucos. Nesse momento, é importante que você não deixe o seu gato sozinho no banheiro.
  • Deixe-o descansar muito e dormir tranquilamente. Não obrigue-o a brincar ou a sair na rua, pois ele precisa recuperar as forças.
  • Uma vez que tenha superado o processo, será bom que o ajude a prevenir possíveis recaídas. Você pode fazê-lo com suplementos naturais como a homeopatia para gatos que estimula o seu sistema imunológico, por exemplo os beta-glucanos.
  • Se, passados 4 ou 5 dias do processo viral, fazendo tudo aquilo que foi referido antes, o seu gato não melhorar, é importante consultar de imediato o veterinário, pois é provável que a condição tenha se complicado e deve ser tratada o quanto antes.

Agora que você sabe os principais remédios caseiros para gripe de gato, confira este vídeo em que explicamos 10 doenças comuns em gatos:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Remédios caseiros para a gripe em gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças respiratórias.