Partilhar

Quanto tempo vive um gato?

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 13 novembro 2019
Quanto tempo vive um gato?

Ver fichas de  Gatos

Acolher um animal significa nos tornar responsáveis pela sua vida, por este motivo devemos conhecer bem o seu tempo de vida e até quando ele acompanhará a nossa família. Se não vamos conseguir cumprir com as suas necessidades, devemos procurar outro animal de estimação.

Os gatos são animais que vivem muitos anos e que podem nos acompanhar por muito tempo. Atualmente, graças à vacinação, às rações de alta qualidade e à proximidade do veterinário, esse tempo aumenta de forma considerável.

Quer saber quanto tempo vive um gato? Neste artigo do Perito Animal, você vai descobrir a média de vida assim como alguns truques e conselhos para melhorar e tentar aumentar a sua longevidade.

Quanto tempo vive um gato em média?

Como comentamos anteriormente, existem fatores que podem aumentar ou reduzir o tempo de vida de um gato. Entre eles, encontramos a alimentação, a ausência ou presença de doenças e os cuidados que recebem durante a sua vida.

Quanto tempo vive um gato doméstico?

Geralmente, podemos estimar que um gato doméstico vive entre 15 a 30 anos. Não podemos afirmar com exatidão quanto vai durar a vida de um gato, visto que com uma doença pode não durar os 15 anos e em determinados casos, pode chegar a superar os 30 anos de vida. Os gatos domésticos têm uma maior expectativa de vida em relação aos gatos de rua, que chegam a viver aproximadamente entre 3 a 8 anos de vida. No entanto, cada gato é único e a sua esperança de vida também.

Caso eles sejam bem cuidados e saudáveis, podem fazer companhia ao seu tutor durante décadas. Os tutores hoje em dia estão muito mais atentos com a saúde dos gatinhos. Como o acesso à informação aumentou de forma significativa nos últimos anos, ficou mais fácil ter o conhecimento sobre o que os gatos precisam para viver mais. EM seguida, te explicamos como fazer o seu gato viver mais e melhor.

Como aumentar o tempo de vida do seu gato

  1. Entre os cuidados de um gato, destacamos fundamentalmente a alimentação que deve ser de qualidade e conseguir suprir as suas necessidades nutricionais. Se você não sabe qual ração pode dar ao seu gato, consulte o seu veterinário. Em algumas ocasiões, quando envelhecem os gatos costumam precisar de um alimento específico, não apenas um light, mas sim um especial para problemas de coração ou para alergias, por exemplo.

  2. O tutor também precisa saber qual a quantidade ideal de comida para seu gato, pois comida em excesso pode provocar obesidade, algo muito prejudicial que reduz a esperança de vida (especialmente em gatos de idade avançada). Neste artigo do PeritoAnimal, você pode encontrar o Guia completo de cuidados para gatos idosos.

  3. Além disso, será importante que, de vez em quando, o gato se alimente de rações de comida úmida, porque devido ao fato de beber pouca água, o gato é um animal que precisa de uma forma de hidratação extra. Essa hidratação previne problemas urinários, por isso ofereça esse tipo de comida, ele vai adorar!

  4. Restringindo o acesso do pet ao exterior, você pode evitar o aparecimento de doenças graves. Caso o tutor queira que seu gato possa sair e entrar em casa livremente, é recomendado implantar um chip de localização nele.

  5. Manter a vacinação e vermifugação em dia é fundamental para aumentar a longevidade dos gatos. O veterinário é o especialista mais indicado para orientar o tutor sobre qual é o melhor esquema de vacinação para o seu felino, já que o protocolo de vacinação varia de acordo com as peculiaridades de cada pet.

  6. É essencial proporcionar uma higiene constante aos objetos do gato, incluindo a cama, os comedouros, caixa de areia, brinquedos e, muito importante: você deve mudar a água com muita regularidade.

  7. Além disso, o gato é um animal que requer atenção e carinho por parte dos seus tutores para ser bem socializado. Especialmente se ele tem sobrepeso, você deve estimular o gato a brincar e fazer exercício.

  8. A castração é essencial para aumentar o tempo de vida tanto dos gatos machos, quanto das gatas fêmeas. A castração evita problemas na uretra, diminui as chances de desenvolver tumores mamários e uterinos, além de outras infecções.

  9. É recomendado também tomar cuidados especiais para quem mora em apartamentos. Os gatos podem ser muito ativos e adoram saltar, por isso é importante colocar telas na varanda, as redes de segurança para prevenir qualquer acidente.

Que fatores podem reduzir a vida dos gatos?

Gatos com acesso à rua

Os gatos que passam mais tempo na rua estão sujeitos a contaminação e muitas mortes de gatos estão relacionadas com doenças sexualmente transmissíveis, já que podem acasalar com outros gatos de rua infectados. O contágio também pode ocorrer através do contato com o sangue. Nas ruas, é comum ver gatos machos brigando com outros para conseguir acasalar com uma fêmea. Nessas brigas, há arranhões e, consequentemente, contato com o sangue de ambos.

A exposição dos gatos nas ruas é tão prejudicial que a expectativa de vida dos que vivem na rua chega, em média, a apenas 3 anos. Na rua, eles ficam sujeitos aos maus tratos de pessoas mal intencionadas, além de atropelamentos e outros problemas.

O felino tem mais chances de desenvolver doenças renais que podem levar à morte, por não ingerir a quantidade e água suficiente para seu organismo. Esses bichinhos também sofrem com ambientes agitados ou desconhecidos. Eles podem ficar muito estressados e tristes com mais facilidade. Por isso, sua qualidade de vida pode diminuir, reduzindo assim sua longevidade. O estilo de vida que o gato leva será determinante para saber quanto tempo de vida ele terá.

A caixa de areia

A caixa de areia suja por muito tempo também pode trazer vários problemas para os gatos. Eles podem sofrer com infecções graves e doenças que podem levar a morte.

Problemas de saúde

Outro requisito indispensável para aumentar o tempo de vida do pet será estar atento à saúde do seu gato e recorrer ao veterinário diante de qualquer sintomas de doença. Algumas das doenças mais comuns em gatos são:

  • Alergia

  • Broncopneumonia
  • Gripe

  • Otite

  • Conjuntivite

  • Cataratas

  • Má digestão

Quanto tempo vive um gato? - Que fatores podem reduzir a vida dos gatos?

Como saber a idade do seu gato

É natural que os tutores tenham a curiosidade de saber a idade de seus gatinhos, comparados a nossa idade humana. Muito se fala sobre o assunto, mas poucas informações são de fato verdadeiras. Para chegar próximo da idade humana, precisamos levar em consideração que os gatinhos conseguem amadurecer rapidamente nos seus primeiros dois anos de vida.

Diante disso, podemos contar 15 anos da idade humana, como o primeiro ano de vida do gato e 10 anos da idade humana, para o segundo ano de vida do felino. A partir do terceiro ano do gatinho, é recomendado contar 4 anos de idade humana para cada ano seguinte do animal.

Esses cálculos podem te dar um número aproximado da idade que seu gatinho se encontra, para que você possa relacionar essa idade com o processo de amadurecimento e analisar os comportamentos que possam surgir devido a isso. Quando o envelhecimento vai chegando, o tutor deve estar atento para começar a tomar cuidados especiais. Assim como as pessoas com idade avançada precisam de maiores cuidados e visitas médicas com uma maior frequência, os gatos mais velhos também necessitam.

Se você quer saber a idade real do seu gato de acordo com o mundo animal, confira este artigo do PeritoAnimal: Como saber a idade de um gato

Se deseja ler mais artigos parecidos a Quanto tempo vive um gato?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Vídeos de Quanto tempo vive um gato?

1 de 3
Vídeos de Quanto tempo vive um gato?

Escrever comentário sobre Quanto tempo vive um gato?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
REGINA CELIA MEIRA
COMO FAÇO PARA MINHA GATA ENGRAVIDAR? ELA JÁ ENTROU E SAIU DO CIO E NÃO ENGRAVIDOU.

Quanto tempo vive um gato?
1 de 2
Quanto tempo vive um gato?

Voltar ao topo da página