Partilhar

Quando limpar a caixa de areia do gato?

Quando limpar a caixa de areia do gato?

Ver fichas de  Gatos

A caixa de areia ou liteira para gatos é um instrumento essencial para a higiene diária dos nossos felinos. Devemos garantir que a limpeza realizada seja adequada, com o objetivo de prevenir problemas de saúde e até mesmo distúrbios comportamentais relacionados à falta de higiene. Quanto a esse aspecto tão importante é comum que surjam dúvidas dos cuidadores ao escolher a areia, a própria caixa de areia, qual é o melhor local para instalá-la ou como e quando limpá-la.

Talvez você se pergunte com que frequência deve trocar a areia ou aglomerante, qual é a quantidade de areia recomendada ou com que regularidade trocar completamente a areia. Por isso, neste artigo do Perito Animal nos concentraremos em explicar quando devemos trocar a areia do nosso gato. Vamos ver, ainda, a importância de manter a higiene da caixa de areia e como preservá-la nas melhores condições.

Também lhe pode interessar: Como mudar a caixa de areia do gato de lugar

A importância da caixa de areia para os gatos

Desde bem pequenos, os gatinhos aprendem a usar a caixa de areia e, a menos que apresentem distúrbios de comportamento ou doenças específicas, eles continuam o uso durante toda a sua vida. Por isso, antes que o gato chegue a casa, é importante dedicar algum tempo e estudar como será, onde vamos localizá-la e que areia usaremos, como iremos comentar ao longo do artigo. Seja qual for a escolha, é essencial manter a areia limpa!

Além disso, verificar a caixa de areia diariamente nos fornece informações valiosas, pois, notamos imediatamente se o gato urina mais ou menos ou se tem diarreia, por exemplo. Existe, ainda, uma doença parasitária, a toxoplasmose, na qual o gato elimina certas formas do parasita pelas fezes que, ao permanecerem no ambiente por mais de 24 horas, podem causar infestações, portanto a importância da limpeza regular.

Da mesma forma, manter a caixa de areia limpa favorece o gato a utilizá-la sempre, já que alguns felinos se recusam a usar se considerarem que a areia está muito suja. Na próxima seção, veremos com que frequência deveria trocar a areia do gato, o que dependerá de vários fatores.

Quando limpar a caixa de areia do gato? - A importância da caixa de areia para os gatos

Os tipos de areia para gatos

Para determinar em que momento deve-se trocar a areia do gato, temos que considerar alguns fatores, tais como o número de gatos que temos e as suas caixas de areia. A recomendação é disponibilizar o mesmo número de caixas como de gatos, mais uma extra, e mesmo com um único gato, é aconselhável oferecer um par de caixas de areia. Nesses casos, podemos observar como uma caixa é destinada à urina e outra para as fezes, o que também influência no intervalo de troca da areia, já que a quantidade de urina sempre mancha mais a areia, pois, é mais frequente que os detritos sólidos.

O tipo de areia também será determinante na frequência da troca. No mercado poderemos encontrar, basicamente, os seguintes tipos de areia

  • Areia absorvente sanitária: encontramos em qualquer supermercado a um preço mais barato. Geralmente é bem aceita pelos gatos, porem, como não tem efeito aglutinante, mancha mais, a urina penetra na caixa de areia, é mais difícil de limpar e mantém maus odores. Nesta areia, teremos que remover as fezes e a urina diariamente, uma ou mais vezes por dia. Existem versões perfumadas.
  • Areia aglomerante: este tipo de areia é um pouco mais cara do que a anterior e tem a grande vantagem de compactar os resíduos, de modo que a limpeza é facilitada, pois, podemos coletar a urina em "bolos" fazendo com que a caixa de areia se mantenha mais pura. Na areia aglomerante para gatos, os odores não são eliminados e ela também requer uma limpeza diária.
  • Grânulos de areia ou cristais: composta de sílica. É mais cara, mas, tem a vantagem de manchar menos, sendo as fezes e a urina altamente absorvidas e compactadas, que, como afirmamos acima, facilita a limpeza. Além disso, essa areia branca mancha de amarelo em contato com a urina, o que também contribui para limpar com facilidade. O melhor dessa areia é a eliminação de odores ao extrair os resíduos e pode estar um longo período de tempo sem ser trocada, mas, isso dependera, como já falamos, do número de gatos que usa a caixa de areia. Alguns gatos a rejeitam.
  • Areia ecológica: talvez seja a mais nova e mais cara opção. É composta de fibras de madeira e também tem um efeito aglutinante como vantagem. Seu odor pode causar rejeição em alguns gatos e, além disso, por pesar menos, pode ficar retida nos pelos e patas.

Qual é a melhor areia para gatos? Baseando-se nessas características e nas circunstâncias vitais, devemos escolher a areia que melhor nos convêm. Se o nosso gato gosta e utiliza sem problemas, não temos que mudá-la. Por outro lado, se o felino não aceita a areia que escolhemos, podemos tentar substituí-la por outro tipo. Veja o nosso artigo completo sobre qual a melhor areia higiênica para gatos.

Como mudar o tipo de areia para gato? Podemos colocar diretamente, uma caixa de areia com a nova opção e observar se o gato aprova ou, ir substituindo a antiga pela nova na mesma caixa de areia, de acordo com o grau de aceitação do nosso gato.

É importante considerar que na limpeza da areia se distinguem duas ações básicas, que são a coleta diária de resíduos sólidos e líquidos e a troca completa da areia que faremos, como veremos na próxima seção, além da frequência que vai determinar o animal e o tipo de areia escolhido.

Com que frequência troco a areia do gato?

Pelo que já foi explicado, vemos que não se pode dar uma resposta única quando o assunto e a troca da areia do nosso gato, pois, vários fatores afetarão o seu nível de sujeira. O que recomendamos é coletar os detritos todos os dias.

Uma vez feito isso, teremos uma areia praticamente limpa, portanto, seguiremos os dois seguintes métodos:

  1. Toda vez que removemos a parte suja pode-se completar com mais areia limpa. Isso é mais comum quando usamos areias absorventes ou aglomerantes, já que eles são completamente comprometidos com mais frequência, cerca de 1 a 3 vezes por semana, pois, não impedem a emissão de odores. Também será mais apropriado colocar uma pequena quantidade de areia. Quanta areia se coloca para o gato? Sobre este assunto, recomendamos preencher a caixa de areia com uma camada que seja suficiente para o gato enterrar as suas fezes, mas, não devemos exagerar. Se a caixa de areia está aberta, o gato poderia remover com patas uma grande quantidade de areia para fora.
  2. Pode-se coletar as fezes e deixar o resto da areia durante o tempo que estiver limpa, de 1 a 4 semanas, dependendo do tipo que usamos, momento em que vamos jogá-la fora completamente e encher a caixa de areia. Este método é geralmente usado com areia de sílica em que se utiliza todo ou quase todo o pacote por caixa de areia e não é substituída até após cerca de 4 semanas, dependendo também do número de gatos que usam o banheiro.

Em alguns casos, mesmo realizando trocas regulares de areia, pode acontecer que ela apresente um mau odor. Nessas situações, recomendamos que você visite o nosso artigo e aprenda alguns truques para o mau cheiro da areia do gato. Além disso, você também pode descobrir como alternar o lugar da caixa de areia.

Quando limpar a caixa de areia do gato? - Com que frequência troco a areia do gato?

Como limpar a caixa de areia do gato

Após ver com que frequência deve-se trocar a areia do nosso gato, resta um último e importante passo, que é a limpeza do utensílio onde se deposita a areia, que pode ser uma caixa de areia aberta ou fechada, um tupperware ou qualquer recipiente de plástico semelhante.

Como já foi dito, a areia absorvente não aglomera, de modo que os líquidos transpassam até chegar a própria caixa de areia, permeando a urina, mesmo se removemos a areia. Portanto, toda vez que fizermos uma troca completa, é bom lavar a caixa de areia com água morna e um pouco de sabão. Para esta limpeza é controverso o uso de limpadores como alvejantes, pois, embora alguns gatos sejam atraídos pelo cheiro que os incentiva a usar a caixa de areia, outros os repelem. Pode-se testar a sensibilidade do gato, aproximando a garrafa de água sanitária ou algum objeto impregnado para observar a sua reação antes de usá-lo na sua caixa de areia.

Finalmente, as caixas de areia se deterioram com o tempo e o efeito dos arranhões e resíduos do nosso gato, por isso, é aconselhável renová-los quando notamos sinais de deterioração.

Agora que você já sabe como lavar a caixa de areia do seu gato, ponha de imediato em prática porque não há nada que o seu felino mais goste do que um banheiro acabadinho de limpar!

Se deseja ler mais artigos parecidos a Quando limpar a caixa de areia do gato?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Escrever comentário sobre Quando limpar a caixa de areia do gato?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Quando limpar a caixa de areia do gato?
1 de 3
Quando limpar a caixa de areia do gato?

Voltar ao topo da página