Por que dizem que os gatos têm 7 vidas?

Por que dizem que os gatos têm 7 vidas?

Quantas vezes você já ouviu ou usou a expressão "os gatos têm 7 vidas"? Existem várias teorias que explicam este conhecido mito. Além de esotéricas e milenares, são muito interessantes. No entanto, todos sabemos que, apesar da frande força e agilidade dos felinos, assim como qualquer outro animal, os gatos têm apenas uma vida.

A crença que os gatos têm 7 vidas é popular em praticamente todo o mundo. Na verdade, em países anglo-saxões como a Inglaterra, os gatos são conhecidos por terem 9 vidas. Afinal, no dito popular os gatos têm 7 ou 9 vidas?

Neste artigo do PeritoAnimal explicamos de onde vêm essas expressões, as diferentes hipóteses, e revelamos o mistério sobre o por que dizem que os gatos têm 7 vidas ou 9. Boa leitura!

Quantas vidas tem um gato: um crença ancestral

A crença de que os gatos têm 7 vidas é tão antiga como a civilização egípcia. No Egito nasceu a primeira teoria relacionada com o conceito oriental e espiritual da reencarnação. A reencarnação é uma crença espiritual que diz que quando uma pessoa morre, a sua alma passa para outro corpo em uma nova vida e que isto pode acontecer em várias ocasiões. Ou seja, o que morre é apenas o corpo, o espírito, por sua vez, permanece.

Os antigos egípcios tinham a convicção de que o gato era o animal que compartilhava esta capacidade com o homem e que ao culminar a sua sexta vida, na sétima, passaria a reencarnar na forma humana.

Portanto, quantas vidas tem um gato? De acordo com os antigos egípcios, 7. No entanto, segundo os ingleses, são 9 vidas. Mas há outras lendas que dizem que são 6. Ou seja, depende da crença e do país. No Brasil, usualmente dizemos que são 7 vidas, algo que nos foi passado há centenas de anos por meio da colonização de Portugal, onde também é dito que os gatos têm 7 vidas.

E já que estamos falando das vidas de um gato, você não pode deixar de assistir a este vídeo sobre a história Sam/Oskar, o gato que sobreviveu a três naufrágios:

Os gatos como símbolos mágicos

Algumas pessoas acreditam que os gatos são criaturas mágicas que estão elevados espiritualmente e utilizam a frase "os gatos têm 7 vidas" no sentido figurado, para expressar uma certa habilidade que os gatos têm, a nível sensorial, para perceber as alterações vibratórias em sete níveis diferentes ou para dizer que possuem sete níveis de consciência, capacidade com a que não contamos os seres humanos. Uma teoria um pouco complicada, não é mesmo?

Outra hipótese tem a ver com o próprio número 7. Em muitas culturas acredita-se que os números têm um significado próprio e particular. O 7 é considerado como o número da sorte e, como os felinos são animais sagrados, foi-lhes atribuído este dígito para representá-los dentro da numerologia.

Os gatos são como o Super-homem

Temos também a teoria de que todos os gatos são "supergatos". Estes fantásticos felinos têm habilidades quase sobrenaturais para sobreviverem a quedas extremas e a situações dramáticas que outra criaturas não viveram para contar. Contam com uma força, agilidade de resistência excepcional.

Dados científicos interessantes explicam que os gatos podem cair de pé quase 100% das vezes. Isto deve-se a um reflexo especial que têm que se chama "reflexo de endireitamento" que lhes permite girar muito rapidamente e se prepararem para a queda.

Outro estudo realizado por veterinários em Nova York em 1987 mostrou que 90% dos gatos que caíram de alturas significativas, de até 30 andares, conseguiram sobreviver. Quando os gatos caem, seus corpos ficam totalmente rígidos, o que ajuda a amortecer o choque da queda. Parece que eles têm sete chances de viver, mas na vida real, eles têm apenas uma.

Agora que você já sabe quantas vidas tem um gato - uma só - mas segundo crenças populares, 7,9 ou até menos, talvez possa te interessar esse outro artigo do PeritoAnimal sobre um super-gato que salvou um recém-nascido na Rússia.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que dizem que os gatos têm 7 vidas?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.