Partilhar

Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 1 fevereiro 2019
Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Quem tem um cachorro tem um amigo incondicional e é por isso que o nosso pet merece o melhor e nós como proprietários devemos dar-lhe um contínuo e completo estado de bem-estar, mas infelizmente isto não passa apenas por dar-lhe uma alimentação adequada, levá-lo periodicamente ao veterinário e mimá-lo, uma vez que o nosso cão será sempre susceptível a sofrer várias doenças.

Por este motivo é importante que nos mantenhamos informados sobre que doenças podem afetar o nosso cão e através de que sintomas se podem manifestar. Deste modo podemos agir rápida e adequadamente, o que será vital para a sua recuperação.

Para facilitar esta tarefa, neste artigo do PeritoAnimal mostramos-lhe os sintomas e tratamento da parainfluenza canina.

Também lhe pode interessar: Gripe canina: causas, sintomas e tratamento

O que é a parainfluenza canina?

A parainfluenza canina é um vírus que pertence à família Paramyxoviridae, e junto com outros grupos de patogénicos é responsável pela traqueobronquite infecciosa canina, que popularmente se conhece como tosse dos canis.

Este vírus transmite-se por via aérea de um cão para o outro (por isso é que é comum encontrá-lo quando vários cães convivem, daí o nome de tosse dos canis), esta transmissão dá-se através de pequenas gotas que os cachorros segregam através do seu nariz e/ou boca.

O vírus parainfluenza canina fixa-se e replica-se nas células que recobrem a traqueia, os brônquios e os bronquíolos, a mucosa nasal e os gânglios linfáticos, causando principalmente um quadro clínico a nível respiratório.

Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento - O que é a parainfluenza canina?

Sintomas da parainfluenza canina

Devemos mencionar que a parainfluenza canina tem um período de incubação que oscila entre os 4 e os 7 dias, durante este período o cão não manifesta nenhum sintoma.

Quando o vírus já se está replicando, o sintomas mais evidente através do qual se manifesta a parainfluenza canina é uma tosse seca severa que finaliza com arcadas, no entanto, dependendo de cada caso também pode ter os seguintes sintomas:

  • Descarga nasal e ocular
  • Febre
  • Letargia
  • Perda de apetite
  • Broncopneumonia
  • Tosse
  • Vômitos
  • Expulsão de fleumas

O que fazer se penso que o meu cão tem influenza canina?

Se observar no seu cachorro alguns dos sintomas que mencionámos anteriormente deve ir ao veterinário com urgência para determinar a causa.

A parainfluenza canina é diagnosticada tomando uma amostra da mucosa nasal ou bucal com a finalidade de poder isolar e identificar o agente patogênico que está causando os sintomas. Também se pode realizar uma análise de sangue para comprovar se existe um aumento no sangue de determinados anticorpos.

Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento - O que fazer se penso que o meu cão tem influenza canina?

Tratamento da parainfluenza canina

O tratamento da parainfluenza canina costuma ser sintomático, uma vez que em um período aproximado de 10 dias o cão já deverá ter gerado anticorpos suficientes e terá vencido a doença, que devemos esclarecer que é benigna.

Como tratamento sintomático podem dar-se fármacos antipiréticos (para diminuir a febre) e expectorantes para aliviar a acumulação de mucosidade nas vias respiratórias.

No entanto, a lesão que produz a parainfluenza canina nas mucosas respiratórias é aproveitada por múltiplas bactérias para colonizar estas áreas e crescer, portanto, é habitual que o veterinário devida iniciar um tratamento com antibióticos para prevenir qualquer complicação.

Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento - Tratamento da parainfluenza canina

Prevenção da parainfluenza canina

A vacina contra a parainfluenza canina está incluída no programa de vacinação para cães, portanto, basta seguir adequadamente o calendário de vacinas para prevenir esta doença.

Além de tomar esta importante medida, se o nosso cachorro vai estar de forma contínua confinado com outros cães, por exemplo no caso de o deixarmos num hotel canino, então deve ser vacinado especificamente contra a tosse dos canis.

Esta vacina pode aplicar-se por via nasal ou intra-parental, e no caso de ser a primeira vacinação são precisas várias doses.

Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento - Prevenção da parainfluenza canina

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças virais.

Escrever comentário sobre Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
LUCIANA SILVA AMARAL
Pessoal, boa tarde!
Há anos resgato animais de rua , cuido , vacino , curo , castro e coloco pra adoção, porém, estou com 8 cães que estão ha uma semana , tossindo muito, falta de ar, vomitando uma espuma branca ( tipi clara de ovo batida), os mais velhos bastante ofegantes e com dificuldade de respirar. Já dei , omeprazol. bytril injetável, xarope de guaco, vita C, Ibuprofeno e nada. os mais novos estão reagindo melhor , porem os mais velhos estão bastantemente ofegastes. Me ajudem por favor meu salario já foi todo embora .
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Luciana! Ainda bem que existem pessoas como você. Infelizmente, sem ver os seus cachorros não conseguimos dar nenhum diagnóstico. Uma boa dica é buscar ajuda de ONGs ou Associações próximo da sua região que possam prestar atendimento profissional.
De qualquer maneira, temos um artigo sobre cachorro tossindo e vomitando gosma branca que pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/cachorro-tossindo-e-vomitando-gosma-branca-o-que-fazer-22735.html
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras aos cachorros e muita força à você para continuar com esse trabalho!
MARIA LUCIA HOLANDA
BOA NOITE.
PRECISO DE UMA ORIENTAÇÃO PRA SABER SE MINHA CACHORRA ESTA COM CALAZAR, POIS A MESMA ESTA COM AS UNHAS GRANDES DEMAIS E TEM DIAS QUE MAU SE LEVANTA COMO SE DOENDO AS PATAS DIANTEIRA QUE NÃO NOS DEIXA NEM PEGA. E TAMBÉM ESTA MEIA DESCAÍDA NÃO SEI SE FOI PORQUE A MESMA PARIU A 2 MESES, MAIS ESTOU COM MEDO DA MESMA ESTA COM CALAZAR. FICO NO AGUARDO DE UMA ORIENTAÇÃO
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Maria Lucia! A sua cachorra necessita atendimento veterinária com urgência. Ela precisa ser examinada para se poder chegar a um diagnóstico e iniciar um tratamento o quanto antes!

Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento
1 de 5
Parainfluenza canina - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página