Partilhar

Os gatos sabem quando temos medo?

 
Por Liliana Ramos, Jornalista especializada em mundo animal. Atualizado: 8 novembro 2018
Os gatos sabem quando temos medo?

Ver fichas de  Gatos

Quando nos referimos a medos ou fobias, devemos mencionar especialmente a fobia a gatos ou ailurofobia, que se trata de um medo irracional de gatos. Normalmente, está associado ao desconhecimento da espécie e a todos os mitos que a ela se associam. Mas isso tem impacto no nosso gato? Pode afetar ele?

No PeritoAnimal vamos responder à sua pergunta: os gatos percebem quando temos medo? Muitas pessoas nem sequer querem se aproximar deles e ao tentarem fazê-lo, têm tanto medo que acabam por desistir. Vamos ver algumas técnicas para melhorar esta situação tanto para o felino como para o humano melhorando assim a relação entre eles!

Também lhe pode interessar: Porque os gatos têm medo de pepino

O que significa ailurofobia?

É o medo extremo e irracional de gatos. A palavra vem do grego ailouros (gato) e phobos (medo). É muito comum nas pessoas que não conhecem a espécie ou que não gostam muito de animais, sendo que neste último caso costumam ter medo não apenas desta espécie.

Como a maioria das fobias é criada pelo subconsciente como mecanismo de defesa, não é muito fácil de controlar, pois se trata de um problema psicológico. São várias as causas que podem provocar este problema:

  • Más experiências na infância. As recordações ficam gravadas no subconsciente surgindo perante a presença do animal. Também pode ter observado o medo dos pais em relação a esta espécie e ter adotado o comportamento como próprio.
  • Não ter interesse em conhecer os gatos, o que se revela num medo leve ou desprezo, já que nunca teve contacto com gatos e prefere ignorá-los.
  • Má sorte. Há pessoas que acreditam em falsos mitos de que os gatos trazem má sorte ou que estão relacionados com bruxarias ou com o diabo.
Os gatos sabem quando temos medo? - O que significa ailurofobia?

Sintomas nos humanos

Quando existe esta fobia ou medo de gatos, temos uma série de ações que realizamos por vezes sem reparar, mas os gatos percebem. Temos diferentes graus de medo, sendo alguns muito leve, pessoas que nem tocam nem dão carinho, simplesmente passam e ignoram, ou em outro extremos temos os que dizem "por favor feche o seu gato, tenho muito medo".

No caso de uma pessoa que sofre de muito medo em relação aos gatos, tem uma série de sintomas que são provocados pela presença destes animais:

  • Palpitações
  • Tremores ou agitação
  • Alergia nasal ou tosse
  • Náuseas e indisposição
  • Sensação de asfixia

Estas podem ser algumas das reações mais visíveis em pessoas perante a presença de um gato, muito semelhantes a um ataque de pânico. Elas devem ser tratadas por psicólogos para conseguirem superar a fobia. Mas, curiosamente, nos casos de medo mais leve, é habitual observarmos que o felino se aproxima mais dessas pessoas. O que faz com que se aproximem mais das pessoas que têm medo deles ou resistem ao toque?

Os gatos sabem quando temos medo? - Sintomas nos humanos

Os gatos cheiram o medo

Já todos nós ouvimos alguma vez que tanto os gatos como os cachorros sentem o medo. É um mito ou a realidade? É uma realidade, especialmente considerando que são predadores e precisam de conseguir o seu alimento para sobreviver.

Quando temos medo de algo transpiramos e regra geral esse suor é frio. As mãos e a nuca suam e acompanhando este estranho suor, libertamos a famosa adrenalina, que os nossos "caçadores" podem reconhecer a quilômetros de distância. É algo que não podemos controlar, do mesmo jeito que o gato sente a presença de um ratinho ou quando um leão percebe a presença de um veado.

Contudo, não é exatamente a adrenalina que liberta cheiro, mas sim as feromonas que o corpo liberta perante uma situação de stress. Aqui devemos ainda ressaltar que as feromonas são geralmente detetadas por indivíduos da mesma espécie, por isso nem sempre o gato nota um cheiro diferente. Então o que faz com que o gato detete rapidamente o medo nas pessoas?

Na verdade, são as atitudes que nos denunciam. Quando temos plena confiança no animal tentamos estabelecer contacto visual para lhe tocar ou brincar, mas quando temos medo, baixamos o olhar e tentamos ignorar. Quando o gato não estabelece contacto visual connosco, interpreta como um sinal de amizade e se aproxima. Assim explicamos porque é que se aproximam de pessoas que os temem e não os querem por perto. Faz parte da linguagem corporal dos gatos, realizamos sem dar conta e o gato interpreta de uma forma positiva.

O olhar dos gatos forma parte da linguagem corporal deles, tanto com os da sua própria espécie como com outras espécies. Quando os gatos enfrentam outros gatos costumam manter o contacto visual, tal como quando estão a caçar uma presa. Nos documentários, vemos os leões com o olhar fixo na "futura presa" e rastejando até ela.

Quando nós estabelecemos um contacto visual muito forte com um gato, especialmente quando ele não nos conhece, é provável que se esconda ou nos ignore, já que nos interpreta como uma ameaça. Por outro lado, se tentarmos ignorar, mais ele se vai aproximar já que não representamos nenhum perigo para ele.

Os gatos sabem quando temos medo? - Os gatos cheiram o medo

Se deseja ler mais artigos parecidos a Os gatos sabem quando temos medo?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Os gatos sabem quando temos medo?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Os gatos sabem quando temos medo?
1 de 4
Os gatos sabem quando temos medo?

Voltar ao topo da página