Partilhar

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais?

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 13 novembro 2017
Os cachorros pressentem catástrofes ambientais?

Ver fichas de  Cachorros

Os cães, da mesma forma que acontece com outras espécies animais, possuem uma capacidade estranha de prevenir catástrofes naturais. Nós, humanos, mesmo com toda a tecnologia que temos ao nosso alcance, não conseguimos igualar ao instinto animal que os previne de terremotos, tsunamis, inundações, deslizamentos de terra, avalanches, etc.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe mostrar os motivos, alguns comprovados cientificamente, pelos quais se teoriza sobre a pergunta de se os cachorros pressentem catástrofes ambientais.

Também lhe pode interessar: Adaptação dos seres vivos ao ambiente

Os cães têm uma capacidade auditiva superior

O cão tem uma capacidade auditiva superior à do humano. Para além de conseguirem ouvir todos os sons que os seres humanos conseguem ouvir, são capazes de captar ultrassons e infrassons fora do alcance auditivo da raça humana. Os ultrassons são sons tão agudos que o ouvido humano é incapaz de detetar, mas os cachorros são capazes.

Os infrassons são sons tão graves que o nosso ouvido não é capaz de detetar, embora ocorra o paradoxo de que somos capazes de captar certos infrassons através da pele, ou ao sentir uma espécie de pressão no estômago. Os cachorros ouvem sem problemas os infrassons, mais uma forma que nos demonstra que os cães pressentem catástrofes, ou pelo menos têm a capacidade de o fazer.

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais? - Os cães têm uma capacidade auditiva superior

O olfato canino não tem limites

A capacidade olfativa dos cachorros é legendária. Não se trata apenas do fato deste sentido ser mil vezes superior ao nosso, o que é surpreendente é como processam de forma intuitiva a informação olfativa que percebem, e respondem em consequência corretamente.

De acordo com relatórios científicos, os cães são capazes de detetar subtis mudanças bruscas na composição química do ar, que prenunciam algum fenômeno atmosférico, ou catastrófico.

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais? - O olfato canino não tem limites

Um instinto inato

Compreender que os cães ao terem um ouvido e olfato melhores que os humanos, são capazes de ouvir e cheirar coisas que nós nunca vamos conseguir perceber, são coisas fáceis de entender.

No entanto, o que é difícil compreender é como o cachorro traduz esses sinais auditivos e olfativos em fortes premonições que os avisam de graves perigos horas antes dessas catástrofes ocorrerem. Sobretudo, tendo em conta que dado o pouco tempo que estão com a sua mãe é impossível que ela lhes possa ensinar algo relacionado com as catástrofes.

Podemos concluir que, as mudanças estranhas que os cachorros percebem provocam uma resposta no seu cérebro que os impulsiona a fugir e a afastar da zona onde pressentem a iminente catástrofe. É provável que o cachorro não conheça a natureza exata da sua premonição, mas o que tem claro é que tem de ir para longe e fugir o quanto antes do lugar onde se encontra.

É o seu instinto que o avisa? Os cachorros pressentem realmente catástrofes?

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais? - Um instinto inato

Os cães avisam

Um fenômeno que já foi observado com frequência, é que os cães ficam muito inquietos quando detetam a iminência da catástrofe, tentando comunicar isso aos seres humanos que os rodeiam.

Tentam com os seus avisos que os humanos se abriguem da catástrofe e se salvem. Infelizmente é comum os humanos ignorarem estes avisos desesperados por parte dos cachorros.

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais? - Os cães avisam

Geomagnetismo e ionização atmosférica

Outros dois fenômenos que se constataram de forma científica que ocorrem antes de um terremoto são alterações no geomagnetismo e a ionização atmosférica.

  • O geomagnetismo trata-se do campo magnético da terra que difere de uma zona para outra. Quando ocorrem mudanças no magnetismo de uma zona, é frequente ocorrer um terremoto. Os cães e outros animais conseguem perceber estas mudanças.
  • A atmosfera está ionizada, ou seja existem iões (átomos ou moléculas carregados eletricamente). Cada zona tem um determinado tipo de ionização na sua ionosfera, uma espécie de pegada elétrica no céu de cada zona.

Foi comprovado por satélites, que antes da sucessão de terremotos ocorrem alterações na ionosfera nas zonas que serão afetadas. Os cães são sensíveis a estas mudanças físicas e químicas no ar. Na China, além de outros métodos científicos, usam-se os animais e o seu comportamento como fonte de informação para a prevenção de terremotos.

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais? - Geomagnetismo e ionização atmosférica

Se deseja ler mais artigos parecidos a Os cachorros pressentem catástrofes ambientais?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Os cachorros pressentem catástrofes ambientais?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Os cachorros pressentem catástrofes ambientais?
1 de 6
Os cachorros pressentem catástrofes ambientais?

Voltar ao topo da página