Partilhar

O Pitbull é um cachorro perigoso?

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 14 março 2018
O Pitbull é um cachorro perigoso?

Ver fichas de  Cachorros

Os cães Pitbull são considerados muitas vezes cães perigosos, o que nos leva não só a criar um claro preconceito, como também nos leva a pensar que existem cachorros bons e maus e que nós não somos responsáveis disso.

Mas felizmente são muitos os fãs desta raça, já que este cachorro, assim como qualquer outro, merece uma casa, um bom ambiente e uma família disposta a receber tudo aquilo que um pet pode dar.

O que precisa saber é que antes de adotar um cachorro que possui determinadas necessidades é preciso se informar, por isso neste artigo do PeritoAnimal vamos tentar esclarecer todas as dúvidas sobre a questão de se o Pitbull é um cachorro perigoso ou não.

Também lhe pode interessar: 10 mitos sobre o Pitbull

Donos potencialmente perigosos

Em muitos países o Pitbull é considerado como um cão potencialmente perigoso. Esta legislação tem como objetivo promover e estabelecer determinadas regras de comportamento, uma vez que diz que os cachorros que fazem parte desta lista deverão passear apenas com uma focinheira, guia curta e sob a responsabilidade do dono, o qual também deve obter uma licença que conta com uma série de requisitos.

Garantir um dono responsável, saudável e comprometido com as necessidades do animal é necessário quando nos referimos a cães musculosos e de caráter genuíno, mas utilizar o termo de cães perigosos é um erro grave, pois são alguns donos os que são verdadeiramente perigosos para a sociedade. Lembre-se por exemplo das lutas de cães que ainda fazem parte da nossa realidade, ainda que seja de forma clandestina.

Então, porque é que nos questionamos tantas vezes se o Pitbull é um cachorro perigoso? Porque simplesmente julgamos esta raça pelas suas qualidades físicas, entre as quais podemos destacar uma musculatura desenvolvida e uma grande aptidão atlética.

Alguns cães pequenos, como o Yorkshire Terrier ou o Pequinês podem chegar a ser verdadeiramente resmungões e inclusive chegarem a morder, tal como qualquer outro cachorro que não esteja devidamente adestrado. Assim, a única coisa que nos leva a pensar que um cachorro é mais perigoso que outro são as suas qualidades físicas, porque obviamente que o ataque de um cão musculado e de mordida forte não é igual ao de um cão pequeno.

Portante, a principal diferença reside nas caraterísticas físicas e do dono, sendo este a peça chave para determinar o comportamento do cachorro.

O comportamento do Pitbull

Temos tendência a acreditar que o Pitbull é um cão com um comportamento naturalmente agressivo, mas esta ideia é errada pois o Pitbull é um cachorro de caráter equilibrado, atento, fiel e inteligente.

Além disso, possuem uma grande inquietude pela aprendizagem, o que se complementa perfeitamente com uma tendência que lhes facilita a obediência.

Como muitos outros cachorros, o Pitbull é brincalhão com a sua família e sente ânsia pelo momento do dia de exercício e lazer, claro que são carinhosos e precisam dos cuidados normais que qualquer outro cachorro precisa em todos os aspetos, físico, social e psicológico.

O Pitbull é um cachorro perigoso? - O comportamento do Pitbull

Antes de adotar um Pitbull

O Pitbull não é um cachorro perigoso, por isso este tipo de afirmações não deveriam ter influência na sua decisão de adotar um pet com estas caraterísticas, no entanto, antes de se comprometer deve ter em conta o seguinte:

  • Trata-se de um cachorro que precisa de exercício físico constantemente, por isso deve contar com um espaço grande e deve ter a possibilidade de disciplinar o seu cachorro e de lhe proporcionar todos os passeios e jogos que este precisa.
  • Se tem crianças pequenas deve ter alguns cuidados, pois apesar do Pitbull não ser agressivo, devido ao seu corpo musculado e força pode machucar as crianças durante uma brincadeira, por isso é preciso a supervisão de um adulto.
  • Sempre que receber o amor suficiente é um cão doce com as pessoas, mas por vezes não acontece o mesmo com os animais se não lhe for proporcionada a socialização adequada desde que é um filhote.

Se o seu estilo de vida é compatível com o caráter deste cachorro, não hesite e adote um Pitbull, são muitos os donos que ficam surpreendidos com a nobreza e carisma desta raça.

O Pitbull é um cachorro perigoso? - Antes de adotar um Pitbull

Decidiu adotar um Pitbull?

Se decidiu adotar um Pitbull como um novo membro da família, deve conhecer quais são os cuidados que os filhotes de cachorros precisam, do mesmo modo quando iniciar as tarefas de adestramento canino recomendamos que conheça e utilize o reforço positivo nos processos de aprendizagem.

Independentemente dos aspetos técnicos, uma das primeiras necessidades do seu pet será o seu nome (que é a chave para iniciar o adestramento), para facilitar a sua decisão pode consultar a nossa lista de nomes para cachorros Pitbull.

O Pitbull é um cachorro perigoso? - Decidiu adotar um Pitbull?

Se deseja ler mais artigos parecidos a O Pitbull é um cachorro perigoso?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre O Pitbull é um cachorro perigoso?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
9 comentários
A sua avaliação:
tiago
eu achei muito legal as respotas
Willian
Quero adotar uma por bull fêmea ela é mansa é eu tenho um menino pequeno em casa será que é perigoso eu posso pegar sem medo
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Willian! Tal como referido no artigo: o Pitbull não é um cachorro perigoso, por isso este tipo de afirmações não deveriam ter influência na sua decisão de adotar um pet com estas caraterísticas, no entanto, antes de se comprometer deve ter em conta o seguinte,trata-se de um cachorro que precisa de exercício físico constantemente, por isso deve contar com um espaço grande e deve ter a possibilidade de disciplinar o seu cachorro e de lhe proporcionar todos os passeios e jogos que este precisa, se tem crianças pequenas deve ter alguns cuidados, pois apesar do Pitbull não ser agressivo, devido ao seu corpo musculado e força pode machucar as crianças durante uma brincadeira, por isso é preciso a supervisão de um adulto, sempre que receber o amor suficiente é um cão doce com as pessoas, mas por vezes não acontece o mesmo com os animais se não lhe for proporcionada a socialização adequada desde que é um filhote.
Se o seu estilo de vida é compatível com o caráter deste cachorro, não hesite e adote um Pitbull, são muitos os donos que ficam surpreendidos com a nobreza e carisma desta raça.
Se você quiser saber mais como socializar o sue cachorro, confira nosso artigo: https://www.peritoanimal.com.br/a-socializacao-do-cachorro-21654.html
A sua avaliação:
Sofia FrancoBernardes
o Pitbull nao e de jeito algum perigoso pois eu tenho e ela e fofa demais adora carinho pega tudo o que ver brincalhona o unico problema e que ,se dono nao souber educar ele nao sera educado por isso e que se conhece por cachorro estremamente perigoso espero que gostem bjs
A sua avaliação:
Marco Aurelio
Incrivel, muito obrigado pela explicação.
jesse liveira
tenho um pitbul e um cão de primeira linha muito docio com meus filhos e as pessoas que visitam minha casa
Sheron
Tenho criança posso também ter um pit bull?
Maria Janaína Silva
Compramos uma pitbull com apenas 28 dias de vida. Ela precisava de cuidados. As 3 primeiras noite dormiu comigo. Quando estava com 15 meses tive minha primeira filha. Foi amor incondicional, tive minha segunda filha é o amor dela com as meninas sempre muito intenso. Morreu a dois meses, com 10,5 anos. É como se tivesse perdido um pedacinho de nós. Um animal dócil, inteligente e amado.
Andres Avelino Garcia Fernandez
Mariana mas o que fazer com quem cria e não adestra permite e até insentiva que ataque outros animais? Por isso me parece que o melhor é não permitir que o mesmo seja criado no Brasil. Qual sua opinião a respeito.?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Andres! A minha opinião é que o problema não estás nos cachorros mas sim nas pessoas. Nesses casos, na minha opinião, a lei deveria penalizar essas pessoas e os cachorros deveriam mudar de tutores para serem devidamente adestrados e terem uma segunda oportunidade. Ou seja, não estou de acordo com a proibição mas sim de acordo que nem toda a gente deveria ter cachorros.
Andres Avelino Garcia Fernandez
Se o cão da raça Pitbul mão é perigoso como explicar o comportamento agressivo de alguns que não podem ver animais menores que quer matar como coelhos, gatos e mesmo outros cães menores da raça Poodell por exemplo.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Andres! Na maioria dos casos isso se deve a uma falha no adestramento do cachorro. Como qualquer cachorro, eles precisam ser sociabilizados desde filhotes e adestrados para conviverem harmoniosamente com outros animais da espécie deles e não só. Todo o cão grande e forte precisa, para além de amor e carinho, de uma educação. É preciso educar o cachorro a se comportar corretamente, recompensando-o por isso. Por isso, o PeritoAnimal reforça sempre que é essencial usar técnicas de reforço positivo na educação de todos os animais.
Fabio
Por mais adestrado que um cachorro Pitbull seja ele é sim passivo de um belo dia atacar alguém. É questão de instinto. E que não seja você a pessoa a ser a dona nem a atacada.

O Pitbull é um cachorro perigoso?
1 de 4
O Pitbull é um cachorro perigoso?

Voltar ao topo da página