Partilhar

Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento

Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

A miastenia gravis em cães, ou miastenia grave, é uma doença neuromuscular rara. Neste artigo do PeritoAnimal, explicaremos quais são seus sintomas e qual tratamento é o mais apropriado. O sintoma mais característico dessa doença é a fraqueza muscular, que habitualmente é generalizada. Você deve saber que a miastenia grave pode ser tratada, embora o prognóstico dependa de cada caso. Alguns cachorros se recuperam, enquanto para outros, esse prognóstico é reservado. Continue lendo para saber mais sobre a miastenia gravis em cães: sintomas, diagnóstico e tratamento.

Também lhe pode interessar: Encefalite em cães: sintomas e tratamento

O que é a miastenia grave em cães

A miastenia grave ocorre quando há um déficit de receptores de acetilcolina. A acetilcolina é uma molécula de neurotransmissor produzida nos neurônios, que são as células do sistema nervoso, e que serve para transmitir o impulso nervoso. Seus receptores são encontrados, sobretudo, nas terminações neuromusculares do sistema nervoso central e periférico.

Quando o cachorro deseja mover um músculo, a acetilcolina é liberada, o que transmitirá a ordem do movimento através de seus receptores. Se estes estiverem presentes em um número insuficiente ou não funcionarem corretamente, o movimento muscular é afetado. E é isso que chamamos de miastenia grave. Existem várias apresentações desta doença, que são as seguintes:

  • Miastenia grave focal, que afeta apenas os músculos encarregados pela deglutição.
  • Miastenia grave congênita, herdada e descrita em raças como o jack russell terrier ou o springer spaniel.
  • Miastenia grave adquirida, que é imunomediada e mais frequente em golden retriever, pastor alemão, labrador retriever, teckel ou terrier escocês, embora possa ocorrer em qualquer raça.
  • Ser imunomediada significa que é causada pelo ataque de anticorpos do cachorro direcionados contra seus próprios receptores de acetilcolina, que os destrói. Geralmente isso ocorre em duas faixas etárias, de um a quatro e de nove a treze anos.

Sintomas da miastenia gravis em cães

O principal sintoma da miastenia grave em cães será a fraqueza muscular generalizada, que também vai piorar com o exercício. Isso pode ser observado mais claramente nas patas traseiras. O cachorro doente terá dificuldade em levantar e andar. Você vai notá-lo cambaleando.

Na miastenia grave, os problemas focais serão concentrados na deglutição, pois, neste caso, a doença afeta apenas os músculos envolvidos nessa função. O cachorro não consegue engolir sólidos e seu esôfago aumenta e dilata. Esses danos podem levar à pneumonia por aspiração, que ocorre quando o alimento passa para o sistema respiratório em vez do sistema digestivo e, eventualmente, atinge os pulmões.

Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento - Sintomas da miastenia gravis em cães

Tratamento da miastenia gravis em cães

Se você suspeita que seu cachorro sofre de miastenia grave, deve procurar o veterinário. Esse profissional pode chegar ao diagnóstico após realizar exames neurológicos. Existem vários testes que podem ser usados para confirmá-lo. O tratamento baseia-se na administração de medicamentos que aumentam a concentração de acetilcolina nos receptores, que controlam a fraqueza muscular característica dessa doença.

O medicamento pode ser oferecido ao cachorro por via oral ou injeções. A dose é programada de acordo com a atividade do cachorro, mas deve ser controlado marcando um rigoroso monitoramento veterinário. Em alguns cachorros, o tratamento será vitalício, enquanto outros podem deixar de precisar dele.

Na miastenia gravis focal, o megaesôfago também deve ser tratado. Para isso, é necessário monitorar a dieta e o aparecimento de complicações respiratórias, que devem ser observadas pelo veterinário ao primeiro sinal. A comida tem que ser líquida ou quase, e o alimentador deve ser colocado no alto.

Em alguns casos, a miastenia gravis adquirida é acompanhada do hipotiroidismo canino, que também precisa ser tratado com hormônios que substituem os que estão faltando. Finalmente, em uma pequena porcentagem de cachorros com miastenia grave, ela está relacionada a um tumor do timo, que é uma glândula que faz parte do sistema linfático do cachorro. Nesse caso, recomenda-se cirurgia para removê-lo.

A miastenia gravis em cães tem cura?

A miastenia gravis, se bem diagnosticada e tratada, tem um prognóstico de recuperação muito bom, embora dependa da resposta do cachorro. De fato, a recuperação pode ser completa. É ainda possível que o cachorro volte a engolir normalmente novamente no caso de miastenia grave focal. Contudo, para outras amostras, o megaesôfago envolve complicações que pioram o prognóstico. Além disso, alguns cachorros aparentemente controlados com medicamentos podem sofrer crises nas quais os sintomas são agravados.

Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento - A miastenia gravis em cães tem cura?

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças neurológicas.

Bibliografia
  • Carlson y Giffin. 2002. Manual práctico de veterinária canina. Madrid. Editorial el Drac.

Escrever comentário sobre Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Cristina Costa.
Minha cachorrinha tem um vício de a todo momento ficar roendo as patas dianteras.
Não sei se isso é um vício ou uma doença que ainda não consegui diagnosticar.
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Cristina! Temos um artigo sobre as causas de cachorro mordendo a pata, confira pois pode te ajudar com algumas informações: https://www.peritoanimal.com.br/por-que-meu-cachorro-morde-as-patas-21458.html
De qualquer forma, é muito importante que o seu cachorro seja visto por um médico veterinário de confiança.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!

Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento
1 de 3
Miastenia gravis em cães - Sintomas, diagnóstico e tratamento

Voltar ao topo da página