Meu cachorro não come e está triste, o que fazer?

Meu cachorro não come e está triste, o que fazer?

Especialmente em dias muito quentes, às vezes, é normal o cão não demonstrar apetite entre uma refeição ou outra, visto que a porção diária de ração é fracionada ao longo do dia, ou até mesmo se recusar a comer porque não gostou ou enjoou da ração. Todavia, se o cachorro não quiser comer por 1 até o dia seguinte é sinal de que há algo errado com sua saúde. Principalmente, se além de não quiser comer, o cachorro demonstra estar triste, mais sonolento e sem ânimo para levantar quando chamado ou brincar.

As causas podem ser as mais diversas, e o PeritoAnimal preparou este artigo para você saber o que fazer quando seu cachorro não come e está triste.

Cachorro com falta de apetite e moleza

Se notar que seu cachorro olha para o pote de ração cheio, e não demonstra interesse, mesmo tendo passado da hora de ele comer, tente oferecer outros petiscos, ou até mesmo carne sem tempero, se ele ainda assim, não quiser come e não demonstra interesse nenhum é sinal de que algo não anda bem com sua saúde. Portanto, o próximo passo é levá-lo a uma consulta veterinária.

As causas para um cachorro apresentar falta de apetite podem ser as mais diversas, desde infecções virais, fúngicas ou bacterianas. E, para identificar a real causa do problema, são necessários exames diagnósticos e diferenciais, pois uma doença podem ter sintomas parecidos a ponto de serem confundidas uma com a outra, além disso, existem milhares de sintomas que apenas o médico veterinário tem o conhecimento técnico para propor o tratamento adequado após o fechamento do diagnóstico.

A grande maioria dos tutores só percebe que seu cão está perdendo peso quando este já apresenta um quadro severo de desidratação, pois cachorros com falta de apetite, geralmente, também não ingerem água, e para aqueles tutores que possuem mais de um cachorro torna-se mais complicado ainda perceber qual dos cachorros não está se alimentando bem. Por isso, é importante sempre ficar atento, e de preferência, observar até que os cães terminem a refeição. Desta forma, é mais fácil perceber quando um deles não demonstrar apetite, se notar que a falta de apetite persiste por um ou dois dias, leve-o ao veterinário para investigar a causa. A falta de apetite pode vir acompanhada de outros sintomas, como moleza, sonolência, vômitos ou diarreia, e nestes casos, a consulta veterinária é de urgência, pois se o animal não se alimenta e ainda perde líquidos devido ao vômito e a diarreia, ele chega a um quadro de desidratação mais rápido.

Uma das causas para a falta de apetite e moleza pode ser a Erliquiose, popularmente conhecida como Doença do carrapato, pois estes são alguns dos sintomas que a doença pode apresentar em seu estágio inicial, e que muitas vezes pode passar desapercebido pelos tutores. Para saber mais sobre a Doença do carrapato em cães - sintomas e tratamento, o PeritoAnimal preparou este outro artigo para você.

Outras causas ainda podem ser virais, como a Parvovirose ou até a Cinomose, em seus estágios iniciais. Intoxicações, problemas no fígado, rins e gastrite também podem fazer com que o cachorro apresente falta de apetite. Inclusive problemas dentários podem fazer com que o cão não se alimente, visto que pode estar sentindo dor devido a alguma ferida na boca ou no dente, e por isso não consegue se alimentar apesar de estar com fome. Verifique quais outros sintomas o seu cachorro apresenta e reporte tudo ao médico veterinário que o atenderá.

Cachorro desanimado não come

Alguns cães são tão mimados por seus donos, que realmente chegam ao ponto de fazerem manha quando enjoam de alguma ração. Então, é necessário que os tutores acompanhem o comportamento do cão, assim como analisar se houve alguma alteração na rotina do cachorro para que ele apresente falta de apetite.

Se o cachorro aparenta estar desanimado, pode ser que esteja passando por algum momento de estresse, por exemplo, ele está passando menos tempo com os donos, ou ainda, fazia exercícios e passeava com frequência e hoje, talvez por falta de tempo dos tutores, o cachorro passa mais tempo sozinho. Alterações na rotina do cachorro podem acarretar em um estado depressivo em que ele não come, torna-se apático, sonolento e desanimado. Então, após o médico veterinário descartar quaisquer doenças que ele possa ter, o problema pode ser comportamental.

O local em que seu cachorro come deve ser sempre calmo e limpo, portanto escolha um ambiente livre de barulho e sem distrações como outros cachorros na rua, crianças brincando, evite até mesmo, colocar o comedouro do seu cachorro ao lado da máquina de lavar, pois se ela estiver funcionando e começar a fazer barulho na hora em que seu cachorro estiver comendo e ele se assustar, ele pode não querer mais chegar perto do local novamente, e por isso não irá comer, mesmo com fome.

Outra dica é fracionar a porção diária em várias porções menores ao longo do dia, e estipular um horário para as refeições. Desta forma, torna-se mais fácil perceber quando o cachorro realmente não quer comer por algum problema de saúde ou porque apenas não está com fome, já que tem ração disponível o tempo todo.

Cachorro não quer comer e só bebe água

Em geral, a falta de apetite vem acompanhada da falta de ingestão de água. Todavia, o cachorro também pode não querer comer, porém bebe muita água, o que pode ser indicativo de problemas no trato digestivo, ou até mesmo alguma disfunção hormonal e problemas endócrinos, como a Diabetes Canina.

Cachorros que bebem muita água, também urinam em maior quantidade, então são sintomas correlacionados. E, apesar de um dos sintomas da Diabetes Canina ser o apetite em excesso - e não a falta dele - se o cachorro estiver muito descompensado da Diabetes, ele poderá apresentar falta de apetite e letargia. Para saber mais sobre a Diabetes em cães - sintomas e tratamento, veja este outro artigo do PeritoAnimal.

Por outro lado, se o cão não come e não bebe água, ele pode estar com problemas no trato gastrointestinal e necessitará de outros exames.

Cachorro não come, só bebe água e vomita

Falta de apetite, associada com a não ingestão de água e vômitos podem ser sintomas de doenças hepáticas, doenças do trato gastrointestinal ou intoxicações, portanto, leve o seu cachorro ao médico veterinário o mais rápido possível, antes que o quadro de desidratação piore, o que também piora o quadro da doença que ele pode estar enfrentando.

Cão doente - Sintomas

Deixar de comer e beber água são uns dos primeiros sintomas que o tutor observa quando o cão está doente. A falta de apetite, logo vem associada à desnutrição, já que o cão não se alimenta, logo perde peso. E são sintomas que podem ser agravados caso o cachorro apresente vômito e diarreia.

Outros sintomas de que o cão está doente ainda podem ser:

  • Letargia.
  • Febre.
  • Olhos fundos.
  • Gengivas brancas.
  • Pelagem opaca e seca.
  • Urina escura e fétida.
  • Diarreia com sangue.

Se notar quaisquer destes sintomas, seu cachorro precisará de atendimento veterinário, pois pode ser alguma doença grave que lhe custará a vida do seu cachorro, inclusive uma zoonose.

Remédio caseiro para abrir o apetite do cachorro

Após o médico veterinário ter descartado qualquer problema de saúde que pudesse estar tirando o apetite do seu cachorro, e ainda assim, ele demonstrar falta de apetite, o problema pode ser comportamental, e sendo este o caso, você primeiramente deve procurar entender porque o seu cachorro demonstra falta de apetite.

Por exemplo, você o acostumou a oferecer petiscos antes ou durante as refeições dele? Então, obviamente ele não estará com tanta fome na hora da refeição. Além do mais, após ter condicionado este comportamento, o cachorro entenderá que ele terá a refeição normal apenas após ganhar o petisco. Limite a quantidade de petiscos diários, e se possível, opte pelos petiscos naturais que além de serem mais saudáveis e livres de conservantes e corantes, possuem maior valor nutritivo.

Igualmente, um jejum prolongado também não é indicado, já que isto pode levar a complicações gástricas. Se o seu cão se recusa a comer a ração, tente trocar de marca, talvez ele apenas tenha enjoado daquela. Você ainda pode fazer uso de molhos naturais, como por exemplo, jogar caldo de peixe ou de frango por cima da ração para torná-la mais atrativa. Cães, assim como gatos, são predadores, então uma ótima dica é incentivar o cachorro a trabalhar para obter sua própria comida, o que é um bom incentivo a brincadeira, além de tornar o período em que seu cão fica sozinho em casa menos entediante e mais divertido, para isso, você pode fazer uso do Kong, ou algum outro brinquedo que libere os grãos de ração aos poucos conforme seu cão consegue movimentar o brinquedo. Faça com uma das porções oferecidas ao cão ao longo do dia, e ao final do dia, esteja certo de que terá um cão plenamente satisfeito.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu cachorro não come e está triste, o que fazer?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de alimentação.