Partilhar

Mau hálito em cães - Como prevenir

Valoración: 5 (7 votos)
96 vezes partilhado
 
Vanessa Lopes - Redatora do PeritoAnimal
Mau hálito em cães - Como prevenir

Ver fichas de  Cachorros

De certeza que já aconteceu alguma vez o seu cachorro ter bocejado e você ter se apercebido que da sua boca sai um cheiro desagradável, isso conhece-se como halitose.

A halitose ou mau hálito é um mal comum nos nossos amigos cachorros, que nem sempre significa algo de grave pois nem sempre implica uma causa patológica, e por isso pode resolver-se aplicando medidas simples de higiene e alimentação.

Se o seu pet sofre deste problema é importante que possa descartar qualquer transtorno patológico de base, e na ausência deste, é necessário que saiba como resolver este problema desagradável. Por isso, neste artigo do PeritoAnimal vamos ajudá-lo com dicas para prevenir o mau hálito em cães.

Causas do mau hálito canino

A halitose canina pode ser causada por fatores de higiene, alimentação ou por transtornos patológicos.

  • Fatores de higiene e alimentação: A halitose é geralmente causada por uma higiene bucal insuficiente e/ou por hábitos alimentares pouco saudáveis.
  • Transtornos patológicos: A halitose também pode ser causada por infecções bucais assim como por doenças do fígado, rins ou aparelho digestivo, nestes casos, o mau hálito associa-se a uma sintomatologia diversa típica da condição que está causando este sinal.

Na ausência de doenças podemos tratar o mau hálito de forma natural e simples, atuando sobre a alimentação, a complementação nutricional e a limpeza bucal do nosso cachorro.

Hábitos alimentares contra o mau hálito

Para prevenir a halitose em cachorros é importante agir sobre a alimentação, uma vez que todos sabemos que a ração é o único alimento com o qual conseguimos cobrir todos os requisitos nutricionais do nosso pet, no entanto, por vezes o animal pode se ter habituado a hábitos nutricionais menos saudáveis.

Siga os seguintes conselhos para combater a halitose através da alimentação:

  • Uma dieta rica em carne pode causar mau hálito, devido aos restos de alimentos que ficam nos dentes, posteriormente são atacados por bactérias, o que causa o mau cheiro. Tente evitar a todo o custo este alimento.
  • Opte sempre por ração seca, deixando a comida enlatada para ocasiões esporádicas. Isto porque a ração seca é o alimento que deixa menos resíduos nos dentes, além disso as bolas da ração seca previnem a formação de tártaro e placa bacteriana.
  • O recipiente da comida deve estar sempre limpo, se ficarem restos de comida inicia-se um processo de putrefação que contribui negativamente para a halitose do cachorro quando este volta a comer.

Complementos nutricionais contra o mau hálito

Além de equilibrar a alimentação do seu pet, pode optar por complementos nutricionais que nos ajudarão a prevenir o mau hálito canino.

Neste caso quando falamos de complementos nutricionais estamos nos referindo àqueles aperitivos para cachorros que contêm substâncias que ajudam a manter uma adequada higiene oral. Além disso, este tipo de produtos são agradáveis para os cachorros, tanto pela sua forma como pelo seu sabor.

Também podemos usar brinquedos específicos para cachorros feitos com borracha natural, que são adequados para manter os dentes limpos.

A limpeza buca do nosso pet

Por norma, somos conscientes de que é necessário dar banho ao nosso cachorro, cortar-lhe as unhas, manter o seu pelo em bom estado... Tudo isto faz parte de uma rotina higiênica que não podemos omitir, o principal problema é que muitas vezes a limpeza bucal não faz parte desta rotina, quando esta ação é tão necessária como outra qualquer.

Um dos melhores conselhos para prevenir a halitose em cães é incluir a limpeza bucal na rotina de higiene do cachorro. Para isso, deve usar uma escova de dentes e, utilizá-la por um período curto de tempo durante as primeiras vezes, especialmente se o seu cachorro não estiver gostando.

É fundamental não usar uma pasta de dentes para humanos, pois estas contêm flúor, que é venenoso para os cachorros. Em qualquer loja de animais poderá encontrar uma pasta de dentes e uma escova adequada para o seu pet.

Sinais graves na halitose canina

Com os conselhos que lhe mostramos poderá combater o mau hálito em cães sempre que este não seja uma manifestação de uma patologia, uma vez que neste caso seria necessário consultar o veterinário para o seu cachorro receber o tratamento adequado.

Os sinais de alerta que podem indicar uma condição são os seguintes:

  • Cheiro doce ou frutado, poderia indicar cetose devido a diabetes.
  • Mau hálito acompanhado de gengivas ou olhos amarelos.
  • Mau hálito acompanhado de vômitos ou diarreia.
  • Falta de apetite e halitose poderiam indicar infecção bucal.

Se observar qualquer um destes sintomas não hesite em consultar o veterinário para que este analise o estado dos dentes do seu cachorro e possa realizar uma limpeza bucal se for necessário.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Mau hálito em cães - Como prevenir, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Higiene dental.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Mau hálito em cães - Como prevenir

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Mau hálito em cães - Como prevenir
1 de 6
Mau hálito em cães - Como prevenir