Partilhar

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro

 
Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 22 novembro 2017
Hábitos e rotinas positivas para o cachorro

Ver fichas de  Cachorros

Muito se tem escrito sobre os hábitos e as rotinas positivas das pessoas, mas o que acontece com as rotinas dos nossos animais? Desde que domesticamos cachorros e gatos selvagens, alguma vez surgiu esta dúvida? São as rotinas que desenvolvem o direito de viver em sociedade?

Neste artigo do PeritoAnimal queremos falar-se sobre os hábitos e rotinas positivas para o cachorro que deve viver em uma sociedade humana. Vamos informá-lo sobre tudo o que precisa saber para o ajudar e tornar o seu dia a dia mais completo.

Também lhe pode interessar: O reforço positivo em cães

Horários específicos

Seguir horários específicos na hora de fazer os passeios, oferecer a comida ou na hora de sair para brincar, será fundamental que o nosso cachorro ter um comportamento estável e calmo. De forma instintiva, os cachorros sabem a que horas devem comer e quando devem reclamar com os seus donos para sair para passear. Cumprir com as suas necessidades básicas de forma ordenada irá ajudá-lo a organizar a sua vida e a do seu melhor amigo.

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro - Horários específicos

Habilidades caninas, adestramento e estimulação mental

Ensinar ao seu cachorro as ordens básicas de adestramento será fundamental para a sua segurança e para uma melhor comunicação com ele. No entanto, uma vez aprendidas, muitos donos deixam de trabalhar com seus cachorros. Este é um erro grave.

É muito importante referir que proporcionar ao nosso cachorro estimulação mental é indispensável para ser feliz e o seu cérebro estar constantemente estimulado. Pode utilizar brinquedos de inteligência (do tipo tabuleiro) ou o kong, mas a verdade é que também é importante trabalhar as diferentes habilidades caninas, mais conhecidas como truques. Um cão que trabalhe diariamente com seu dono será muito mais feliz e saberá se relacionar de forma muito mais positiva com ele.

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro - Habilidades caninas, adestramento e estimulação mental

A socialização diária

Seguir uma correta rotina de socialização com outros cachorros e pessoas é fundamental. Desde os seus ancestrais, o cão conserva a sua natureza social que se baseia na hierarquia entre os membros de uma matilha. Todos os grupos, família humana ou animal, contam como matilha. Sabemos que o que aprendem na fase de socialização do filhote faz com que se adapte melhor às diferentes mudanças de ambientes e desta forma aprende a tolerar o seu papel secundário perante o seu líder humano. Todos os cachorros deveriam poder se relacionar diariamente com outros indivíduos, independentemente da sua espécie. Os cachorros que não foram corretamente socializados podem sofrer de problemas de comportamento na sua fase adulta como medo, reatividade ou introversão.

Cuidado se o seu cachorro...

Os animais adotados na sua fase adulta costumam ter uma personalidade definida perante outros animais e/ou pessoas, será da responsabilidade do seu novo a readaptação no meio social em que tem de viver. O hábito de um cachorro se dar bem com pessoas e animais irá abrir portas a quase qualquer casa e a uma vida longa e feliz. Sempre que não seja possível levar a cabo uma vida normal, lembre-se que pode consultar um especialista.

Embora o seu cachorro não seja adotado, uma má experiência ou uma má socialização pode se converter em um cachorro agressivo ou reativo com outros cachorros e/ou pessoas ou ambiente. Este tipo de comportamentos geram tensão na família e dificultam a socialização diária, uma vez que não podemos levá-los a qualquer sítio, limita as suas liberdades e pode levar a uma frustração por parte dos donos. Deve trabalhar bastante neste ponto.

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro - A socialização diária

Tempo de brincadeira

Todos os cachorros deveriam poder desfrutar de, pelo menos, 15 ou 30 minutos diários de diversão em liberdade, como por exemplo, jogar à bola com ele no parque. Este hábito é fundamental para o ajudar a liberar o estresse e enriquecer o seu dia a dia de forma positiva.

No entanto, os cachorros devem aprender a diferenciar o que é jogar do que não é. Praticamente todos os cachorros destroem algo de valor para os seus donos em algum momento da sua vida, especialmente quando são filhotes. Não devemos deixar que isto seja um comportamento habitual. Eles devem aprender a reconhecer os seus brinquedos e os que nunca o foram, nem serão.

Para terminar com este hábito é fundamental interpretar por que o faz, se é porque o deixamos sozinho 12 horas por dia, pode fazê-lo para chamar a nossa atenção. Alguns cães preferem ser repreendidos ao invés de ignorados. Também pode acontecer não ter brinquedos suficientes.

O ideal é que os cachorros desfrutam de uma modalidade de jogo ativa no exterior (bola, frisbee, running) e que dentro de casa possam brincar com os diferentes mordedores e brinquedos. Reforçá-lo positivamente quando os utilizar será fundamental para entender que deve utilizar estes objetos e não os nossos sapatos.

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro - Tempo de brincadeira

Aceitar momentos de solidão

Quando se trata de filhotes, aceitar os momentos de solidão como hábitos e rotinas positivas para o cachorro costuma ser mais difícil. Antes de chegar a nós, o filhote foi separado da sua mãe e irmãos e, mesmo sabendo que é complicado para nós e para ele, o pequeno deve aprender a estar sozinho e superar a ansiedade de separação. Para isso, comece por o deixar sozinho pequenos períodos de tempo e desta forma, conseguirá fortalecer a sua confiança e tranquilidade emocional.

Nenhum cachorro deve estar condenado à solidão, lembre-se que eles são animais sociais que vivem em matilhas, pelo que a companhia é necessária. Se eles forem conscientes que apenas estarão sozinhos por um período de tempo (nunca superar as 8 horas de solidão), a resposta a este hábito nunca será negativa. A longo prazo, conseguirão distrair-se sozinhos, seja brincando, dormindo ou olhando por alguma janela, com a tranquilidade suficiente de que voltaremos e não, que foram abandonados.

No entanto, se deixamos o nosso cachorro sozinho demasiadas horas podem aparecer alguns problemas de comportamento, como destroços, fugidas ou uivos. Também podem aparecer se não cumprirmos corretamente com as necessidades básicas do nosso companheiro.

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro - Aceitar momentos de solidão

Passeios adaptados ao seu ritmo

Dentro dos hábitos e rotinas positivas para o cachorro também encontramos o momento do passeio. Como deve saber, os cachorros precisam de sair à rua para fazer as suas necessidades, mas também para continuarem se relacionando com outros cães e pessoas. É uma parte fundamental do seu dia a dia e imprescindível para ter uma vida feliz.

Além disso, durante o passeio os cachorros relaxam cheirando objetos, urinas e plantas de todo o tipo. Permitir este comportamento é muito importante, desde que o nosso cachorro tenha as vacinas em dia. Caso contrário, pode correr o risco de adoecer.

Não se esqueça de adaptar o ritmo de passeio: os cachorros idosos, os filhotes, os cães de patas curtas e os que estiverem doentes precisarão de um passeio tranquilo e relaxado, tal como as raças molossoides (Pug, Boxer, Boston Terrier, Dogue de Bordéus, entre outros). Por outro lado, os do tipo terrier ou lebrel desfrutarão de um passeio mais ativo e combinado com exercício físico.

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro - Passeios adaptados ao seu ritmo

Se deseja ler mais artigos parecidos a Hábitos e rotinas positivas para o cachorro, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Escrever comentário sobre Hábitos e rotinas positivas para o cachorro

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Hábitos e rotinas positivas para o cachorro
1 de 7
Hábitos e rotinas positivas para o cachorro

Voltar ao topo da página